Tags:
Atlas: Itália

Precisa fazer seguro viagem para a Itália? Dicas para escolher o melhor

Para quem planeja viajar para a Itália, fica a dúvida da necessidade de contratar um seguro, já que isso acaba gerando um custo extra. Em primeiro lugar, um fato: é obrigatório ter um seguro viagem para a Itália. Neste texto, vou explicar exatamente quais são as regras para visitar o país e as melhores opções de coberturas – incluindo como conseguir o famoso seguro do INSS.

Leia também: 12 roteiros de viagem pela Itália
Como alugar carro na Itália e dicas para evitar multas

Documentos exigidos na imigração italiana

A Itália faz parte do Tratado de Schengen e todos os 26 países que assinaram esse acordo, apesar de não exigirem visto para quem fica até 90 dias no continente, como turista, determinaram uma lista de obrigações para passar pela imigração:

  • Passaporte com 3 meses de validade, até a data do término da viagem
  • Passagens de ida e de volta
  • Comprovante de acomodação (reserva de hotel ou carta-convite)
  • Comprovante de meios de se sustentar durante a viagem (dinheiro, cartão de crédito, VTM)
  • Seguro de Viagem obrigatório, com cobertura mínima de 30 mil euros

Quanto custa um seguro de viagem para Itália?

Tendo em vista a necessidade de cobertura de 30 mil euros, lembre-se também de se preocupar, ao contratar o seguro, com a proteção da bagagem, compensação em caso de acidentes, repatriamento sanitário e cancelamento da viagem.

Nós recomendamos pesquisar a melhor opção num buscador que avalia várias empresas concorrentes, que é a Seguros Promo. Também oferecemos um cupom de desconto de 5% para os nossos leitores: 360MERIDIANOS05

Seguro Viagem: Europa
TA 40 Especial - Internacional TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 10/dia*
Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Affinity 60 Mundo (exceto EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 19/dia*
AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA AC 50 *COM FRANQUIA (Exceto EUA) + TELEMEDICINA Assistência médica USD 50.000 Bagagem extraviada USD 600 (COMPLEMENTAR) R$ 9/dia*

florenca italia seguro viagem

O Seguro Saúde do INSS ou CDAM

O Certificado de Direito à Assistência Médica no Exterior é um documento que pode ser obtido para quem viaja por países com os quais o Brasil possui um acordo bilateral, de forma que você – brasileiro – tem o direito ao atendimento no sistema de saúde do país visitado.

A Itália é um dos signatários desse acordo, de forma que quem vai viajar para lá pode fazer uso disso. Ou seja, com o CDAM você tem acesso ao sistema público de saúde italiano, caso tenha necessidade.

Os documentos que você precisa ter para pedir o CDAM são:

  • RG
  • CPF
  • Passaporte Válido
  • Comprovante de Residência no Brasil
  • Comprovante de Vínculo com o INSS (carteira de trabalho, contrato, contracheque, guia de contribuinte, comprovante de aposentadoria, contrato social são alguns exemplos).

Leia o post que explica exatamente como fazer o pedido do CDAM ou renová-lo.

Como ficou claro pela lista de documentos, é obrigatório o vínculo com o INSS, de forma que se você, por qualquer motivo, não está com as contribuições em dia, então não conseguirá solicitar o CDAM.

O CDAM substitui a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem?

Sim, o CDAM serve como documento comprovativo para a exigência da imigração italiana de um seguro saúde. Porém, vale a pena ficar atento a um detalhe muito importante: ele só vale dentro da Itália! Ou seja, se a sua viagem chegar, sair ou passar por outro país da União Europeia, você PRECISA contratar um seguro de viagem para esses lugares.

Além disso, o CDAM cobre somente suas necessidades de saúde, de forma que você não estará protegido e nem receberá indenização caso sua bagagem seja extraviada, a viagem cancelada ou passe por qualquer um desses perrengues que a gente prefere acreditar que não vão acontecer, mas que sempre são um risco.

Por isso, vale a pena, mesmo que você tenha o CDAM, fazer a cotação de um seguro de viagem que não doa muito no bolso. Uma boa opção é o Assist Trip 40, que sai por menos de R$ 10 reais por dia de viagem com o nosso cupom de desconto.

Qual a melhor opção de seguro viagem para quem vai estudar na Itália ou pedir a cidadania italiana?

Quem pretende ficar na Itália por mais tempo, mesmo com visto, também tem o seguro de viagem como documento obrigatório. Há opções de coberturas de longa duração e que têm custo/benefício melhor.

Por exemplo, a Assist Card oferece produtos específicos para longa duração: o Long Stay Daily, para viagens de 61 a 364 dias, e o Long Stay Anual, para 365 dias consecutivos de viagem. As tarifas saem a partir de R$ 1000 para seis meses e podem ser divididas em até 10 vezes.

Existem também seguros de viagem focados em estudantes. São o GTA Student e o Affinity Student. A opção mais barata é o GTA 30 STUDENT EURO ASSIST.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comentários sobre o texto “Precisa fazer seguro viagem para a Itália? Dicas para escolher o melhor

  1. Boa tarde meu nome é Lídia Helena, acabei de chegar da Itália, fiz todo o procedimento, passaporte em dia, carta convite, dinheiro, seguro e passagem de volta. Foi minha primeira viagem como turista. Comprei passagem e seguro para 90 dias. Fiz minha imigração na Alemanha.
    Tudo certo, nenhum problema.
    Sendo que passei 7 meses. Ao invés de 90 dias que equivalem 210 dias aproximados.
    Saí por Lisboa, não tive nenhum problema.

    A pergunta é fica gravado no sistema a data que entrei e saí da Europa. Computa a quantidade de dias?
    Se eu quiser voltar para Europa, pode dá problema?
    Preciso trocar o passaporte?
    Por que devo voltar em agosto desse ano, quero saber se posso ter problema na imigração?

    1. Oi Lúcia,

      Sim, você pode ter problemas com a imigração por conta dos carimbos no seu passaporte que provam que você excedeu a quantidade de dias permitidos.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.