Turismo na Tailândia: 15 melhores lugares para conhecer

O turismo na Tailândia é um destaque no Sudeste Asiático. 10 em cada 10 viajantes que se aventuram pela Ásia sonham em pisar por lá. E não é sem motivo, afinal o país entrou no imaginário mundial  por conta das praias paradisíacas, templos fantásticos e festas de varar a noite. E lá que fica “A Praia”, inclusive. É a Maya Beach mostrada na foto abaixo – que fica nas ilhas Phi Phi e foi imortalizada no filme estrelado por Leonardo DiCaprio, em 2000.

Mas o país oferece muito mais. Por isso, fizemos uma lista com 15 lugares que você precisa conhecer quando for fazer turismo na Tailândia. E só pegar nossas dicas, planejar o roteiro e começar a viagem.

Seguro Viagem: Ásia
AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA) Assistência médica USD 35.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 45/dia*

Mapa do turismo na Tailândia

No mapa abaixo marcamos a localização dos principais destinos turísticos da Tailândia.

Turismo na Tailândia: os lugares mais bonitos para visitar

Melhores praias para conhecer na Tailândia: Golfo da Tailândia

1. Parque Nacional Koh Chang

Localizado próximo à fronteira com o Camboja, o Parque Nacional Koh Chang é formado por um arquipélago de 52 ilhas e 650 quilômetros quadrados de floresta tropical e ecossistemas aquáticos.

Turismo na Tailândia - Koh Chang

Até mais ou menos 20 anos atrás, o lugar recebia pouquíssimos viajantes estrangeiros. Esse cenário já mudou um pouco, mas a área de preservação ainda mantém uma boa parcela de natureza intocada. Nas regiões habitadas, ainda é possível encontrar aquela cara de vila de pescadores perdida no tempo.

A principal ilha do arquipélago é Koh Chang, onde se centralizam boa parte da infraestrutura turística e do agito da região. Já Koh Kood, embora tenha vilas, é mais deserta e têm alguns resorts construídos ao longo de suas praias. Mas é só. É uma boa opção para casais em lua de mel que buscam um esconderijo do resto do mundo.

Leia mais:
O que fazer em Koh Chang e no Parque Nacional
O que fazer em Koh Kood

2. Koh Samui

Parte de outro arquipélago, Koh Samui é a maior e mais importante ilha dessa região mais ao sul do Golfo da Tailândia. É ali que se concentram os melhores resorts beira-mar, restaurantes, spas, vida noturna, opções de transportes e lojas.

Turismo na Tailândia: Koh Samui

A ilha também não deixa a desejar quando o assunto é praia com espreguiçadeiras e é um dos destinos mais requisitados por mergulhadores profissionais e amadores. Dali também é fácil encontrar passeios bate-volta às ilhas e regiões vizinhas, como o Ang Thong National Marine Park.

Koh Samui pode ser acessada por uma aeroporto e há voos diários de Bangkok.

Leia também: As ilhas paradisíacas do Golfo da Tailândia

3. Koh Tao

Pequena e despovoada, Koh Tao é a ilha mais rústica desse arquipélago, mas atrai gente do mundo inteiro devido a sua rica vida marinha. Esse é um dos destinos mais baratos do mundo para conseguir um certificado de mergulho!

Turismo na tailândia: Koh Tao

Grande parte das pessoas param ali para excursões de um dia e voltam para dormir em Koh Samui. Quem resolver ficar pode procurar hospedagem na praia de Haad Sairee, que concentra a pouca infra-estrutura turística local.

4. Koh Pha Ngan

Koh Pha Ngan já é bem conhecida dos turistas na Tailândia por causa de sua famosa Full Moon Party, mas nem só de agito vive a ilha. Ao norte, praias como Bottle Beach e Thong Nai Pan Noi se encarregam de levar paz e tranquilidade a quem procura, e há ainda alguns bons resorts de meditação no local. Já o interior é formado por uma selva tropical densa e é praticamente inabitado.

A Full Moon Party ocorre todos os meses na praia de Haad Rin. Há outras festas menos populares na ilha, como a Half Moon Party.

Melhores praias para conhecer na Tailândia: Mar de Andaman

5. Phi Phi Leh e Maya Bay

Simplesmente o principal cartão-postal da Tailândia. Estamos falando da Maya Bay, a praia mais famosa das Ilhas Phi Phi, no Mar de Andaman. Maya Bay fica em Phi Phi Leh, uma das ilhas do arquipélago, e ficou famosa internacionalmente com o filme “A Praia”.

Essa ilha é uma reserva ambiental, o que significa que não existe infraestrutura turística. Por isso, para passar a noite em May Bay é preciso acampar. Mas Phi Phi Don, ilha de “apoio” que conta hotéis e restaurantes, é tão bonita quanto.

Diversas agências fazem o traslado de barco saindo de Phuket ou de Krabi, mas nem precisa se animar! Desde 2019, Maya Bay foi fechada pelo governo da Tailândia para impedir a deteriorização causada pelo turismo. A medida é por tempo indeterminado, mas acredita-se que a interdição dure cerca de dois anos.

6. Khao Phing Kan

Você pode até não ter reconhecido o nome acima, mas talvez já tenha visto o lugar da foto abaixo. O nome oficial é Khao Phing Kan, mas desde 1974 (e do filme 007 contra o Homem com a Pistola de Ouro) esse lugar é chamado simplesmente de ilha do James Bond.

A fama também cobrou seu preço: os barcos estão proibidos de se aproximar demais da área, apenas o suficiente para algumas boas fotos. Atividades como caiaque e mergulho na área circundante, no entanto, ainda são permitidas.

Turismo na Tailândia - James Bond Island

7. Krabi

Um dos destinos mais famosos da Tailândia, Krabi combina bem com aquele imagem de praias de mar azul, areia branca, salpicadas de palmeiras e com um ou outro longtail boat colorindo a paisagem.

Turismo na Tailândia - Krabi

É lá que ficam praias famosas, como Railay e Ao Nang e também de onde saem diversos passeios para ilhas próximas, como Ko Phi Phi e Koh Lanta.

8. Trang

Trang fica ao sul das províncias de Krabi e Phuket e, ao contrário das vizinhas famosas, ainda preserva o privilégio de ser desconhecida entre os turistas estrangeiros na Tailândia.

Por isso, ainda está repleta de ilhas tranquilas e praticamente inexploradas e muita natureza, como cavernas e floresta tropical. Por ali, ainda há uma forte atmosfera de vila, na qual a vida que passa devagar. É em Trang que fica o Hat Chao Mai National Park e suas praias paradisíacas e desertas.

Praia paradisíaca na província de Trang, Tailândia

Há diversas expedições para as ilhas da região operadas por agências locais, tanto no esquema bate-volta quanto para quem quer passar a noite. A região é famosa pela prática de snorkeling e de mergulho.

Leia também: O que fazer em Trang

9. Koh Lipe

Pequena e cercada de corais, Koh Lipe está mais perto da Malásia que do resto da Tailândia. Para se ter uma ideia, partindo de Koh Phi Phi, Krabi ou Phuket são pelo menos quatro horas de barco. Já de Langkawi, no país vizinho, o trajeto demora apenas 1h30.

Turismo na Tailândia - Koh Lipe

Talvez pelo trampo para chegar até lá, Koh Lipe conseguiu se manter afastada da agitação turística e não recebe tantos visitantes quanto outras ilhas da Tailândia, apesar do mar azulzinho e das praias de areia branca. O lugar tem apenas três praias: Pattaya, Sunrise e Sunset, e a grande atração são as excursões de snorkeling para as ilhotas vizinhas.

À noite, não há grandes festas e agitos, mas o pessoal se reúne para comer e tomar algo na Walking Street, o centrinho local.

Melhores templos e lugares históricos para visitar na Tailândia

10. Bangkok

Não dá para pensar na Tailândia sem colocar Bangkok no roteiro. A cidade virou sede do Reino de Sião no século 18, depois que os birmaneses devastaram Ayutthaya. Das belezas da cidade, destaque para o Wat Pho, templo onde fica o o Buda Inclinado, uma gigantesca estátua com quase 50 metros.

Grande Palácio de Bangkok

E não faltam templos e palácios em Bangkok. Outro muito legal é o Wat Arun, o templo do amanhecer que fica às margens do rio. E não dá para deixar de falar do Palácio Real, que serviu de residência oficial aos monarcas do Reino do Sião e, mais tarde, da Tailândia, entre 1782 a 1925. Hoje o complexo de construções ainda é usado para eventos oficiais da realeza.

Como toda boa metrópole, Bangkok tem também opções modernas. Por ali, as festas são de varar a noite. Tanto nos rooftops, boates e secrets bars da cidade, quanto nos bares da Khaosan Road. Esse é também um excelente lugar para provar a autêntica comida de rua tailandesa e para fazer aquela massagem relaxante.

Leia mais sobre as atrações de Bangkok aqui. Também temos um post inteiro sobre as melhores regiões da cidade para se hospedar.

11. Ayutthaya

Ayutthaya foi capital do Reino de Sião por cerca de 400 anos e a maior cidade do planeta em 1760, quando tinha um milhão de habitantes. No Wat Mahathat, um dos mais bonitos templos que visitamos, a cabeça de uma estátua de Buda permanece de pé, envolta pelas raízes de uma árvore.

Turismo na Tailândia: Ayutthaya

Em 1767, Ayutthaya foi saqueada e completamente destruída pelos exércitos da Birmânia. As marcas da invasão estão por todos os lados, seja no antigo Palácio Real, praticamente transformado em pó; ou na decapitação em série das estátuas de Buda. Poucas restaram intactas.

Por tudo isso, te garantimos que Ayutthaya é um dos lugares mais legais da Tailândia. A cidade fica pertinho de Bangkok, sendo possível conhecê-la durante uma viagem de bate e volta.

12. Kanchanaburi

Outro bate-volta possível de Bangkok, Kanchanaburi é famosa pela linha de trem que a liga ao Myanmar. Já foi muito utilizada em guerras, como rota de fuga e de escoamento de suprimentos. É ali que fica a ponte do rio Kwai, que entrou para a história por ter sido construída pro prisioneiros de guerra japoneses. As obras causaram tantas mortes que o lugar acabou conhecido como Death Railway.

Kanchanaburi - Turismo na Tailândia

Kanchanaburi também é conhecida pela Erawan Park, um parque nacional repleto de cachoeiras com água azul piscina. A coloração se deve ao calcário encontrado ali.

13. Sukhothai

Sukhothai fica a meio caminho entre Bangkok e Chiang Mai, o que a torna uma parada conveniente no longo caminho entre as duas cidades. Primeira capital do Reino de Sião, o local ainda preserva um Parque Histórico muito bem conservado que reconta seus dias de glória.

Sukhothai: templos e ruínas históricas

É recomendável alugar uma bicicleta para percorrer o parque. Diversas lojas bem ao lado da entrada que alugam cobram apenas 30 baht pela bike. O parque fica ainda mais bonito ao por do sol, quando os templos se tingem de laranja.

14. Chiang Mai

Cerca de 700 quilômetros separam Bangkok de Chiang Mai, segunda maior cidade da Tailândia, no norte do país. Chiang Mai foi construída dentro de uma imensa muralha que serviria de defesa caso os vizinhos birmaneses resolvessem atacar de repente. Dentro e fora das muralhas, os turistas podem fazer várias atividades, seja andar de bicicleta, conhecer templos budistas ou até encarar um rafting no rio que corta a região.

O que fazer em Chiang Mai

Perto de Chiang Mai fica o Parque Nacional Doi Inthanon, onde está o ponto mais alto da Tailândia, templos coloridos, trilhas e cachoeiras. É nas montanhas também que temos a oportunidade de entrar em contato com o modo de vida da Tailândia rural através do turismo de base comunitária. Por ali, vilas como Mae Klang Luang e Mae Mae Kampong oferecem a oportunidade de dormir em casa de moradores locais e visitar fazendas orgânicas.

Você pode ler mais sobre o que fazer em Chiang Mai clicando aqui.

15. Chiang Rai

Ainda mais ao norte do país e quase na tríplice fronteira com Laos e Myanmar fica Chiang Rai, casa do Wat Rong Khun, ou o Templo Branco, como dizem os turistas.

Não é uma construção histórica – foi erguido no final da década de 1990, quase um produto do século 21. Mas olha como o templo é espetacular:

Chiang Rai - Turismo na Tailândia

Excursões de um ou dois dias partem diariamente de Chiang Mai para conhecer o templo branco. Alguns incluem também uma parada no povoado de Pai.

Turismo na Tailândia: o que mais você precisa saber

Uma das coisas mais legais da Tailândia é que o país cabe no bolso do viajante brasileiro. Com custo de vida bem mais em conta que o nosso e cheia de atrações, a Tailândia costuma ser vista como o paraíso dos viajante. O país pode te encantar de uma forma surpreendente ou te deixar irritado – em alguns momentos a exploração massiva do turismo na Tailândia acaba sendo mais prejudicial que benéfica para o país.

Para ter uma experiência legal, evite contratar muitas excursões de grupo. Se não for possível pagar um guia privado ou um grupo pequeno, tente fazer as coisas por conta própria. Fugir da rota turística tradicional ajuda a evitar lugares descaracterizados e muito cheios. Pesquise um pouco antes de bater o martelo no seu roteiro (nosso erro na nossa primeira passagem por lá foi não fazer isso).

Aqui no blog temos diversos textos que podem te ajudar a planejar uma viagem dos sonhos para a Tailândia:

*Foto destacada: Rene Ehrhardt, Wikimedia Commons.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

34 comentários sobre o texto “Turismo na Tailândia: 15 melhores lugares para conhecer

  1. ola rafael tudo bem?
    quero ir para a tailandia final de junho/2017.
    você que conhece bem ai poderia me passar algumas dicas de lugares bons com boas praias e hoteis legais para ficar?
    irei com minha esposa apenas, mas não tenho ideia de onde ficar localizado, como vou sempre para o caribe, prefiro lugares de sossegados com praias belas e bons passeios.

    se puder me ajudar agradeço.

  2. Olá, gostaria de saber em qual época do ano vocês foram e pegaram essa chuva.
    Estou pensando em ir no final de julho e estou com medo de pegar período de chuva e não conseguir conhecer os melhores pontos turísticos.

    Obrigada

  3. Olá Rafael, bom dia, estou querendo conhecer a Tailândia com um grupo de amigos e ainda não sei o que fica melhor, agência ou conta própria. Como funciona a estadia, nós reservamos o hotel somente em Bangkok ou temos que reservar em todos os lugares que queremos conhecer?

    1. Oi Silvana. Tailandia é mesmo um país muito barato! Comprar com uma agência de viagens pode ser muito cômodo e muitas vezes, ainda mais barato.
      Sou agente de viagens, TGK TRAVEL. Existem diversas promoções FANTASTICAS para a Tailandia. Roteiros de 10 dias, por menos de USD 700, por exemplo. Pesquise bem.

      1. Caro Felipe , ví os seus comentários sobre o pacote para Tailândia, entretanto no site da sua agência TGK Travel, o pacote oferecido é de 3900 US$ e não incluí nem as passagens aéreas dos trechos da excursão.
        Será que a sua informação está correta, ou foi apenas uma forma de divulgar a sua agência de turismo?

  4. Estou programando uma viagem para Tailândia e fique chocada com a verdade por trás dos “passeios” com elefantes. Isso tem que ser divulgado, todos têm que saber, é uma crueldade o que fazem com esses bichinho… Com certeza um passeio que não farei… Mas todos deveriam conhecer

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.