Tags:
Atlas: Bahia, Brasil

Comida baiana: 6 pratos típicos do estado

Tem dendê, leite de coco, gengibre e pimenta – a comida baiana é cheia de traços inconfundíveis, herança africana que marcou, entre muitas outras coisas, a mesa do estado. Mas basta sair do recôncavo e seguir para o interior para perceber que a culinária de um dos maiores estados brasileiros vai além. Os gostos e sabores do sertão têm também grande influência portuguesa e, claro, toques indígenas.

Vamos conhecer alguns dos pratos típicos da comida típica da Bahia? No texto também compartilhamos referências para as receitas da culinária baiana.

Veja também: Morro de São Paulo, um paraíso na Bahia
Praias do nordeste – seis roteiros para você viajar
Comida mineira – 7 pratos típicos do estado

Os principais pratos típicos da comida baiana

  • Moqueca baiana

A briga é antiga, a ponto de já ter sido transformada em disputa nas redes sociais. Bahia e Espírito Santo se orgulham de suas moquecas – e garantem que a deles é bem melhor que a do vizinho. Como este texto é sobre a Bahia, melhor puxar o pirão para o nordeste, mas num artigo sobre a culinária capixaba o foco será no ES, pode apostar.

Ao contrário da irmã sudestina, a moqueca baiana tem dendê, leite de coco e pimentões. O peixe pode ser robalo, badejo, cação ou garoupa – e dá pra ter também moqueca de aratu e camarão. E favor não confundir a moqueca com peixada – esse prato, que tem um pezinho em Angola, outro em Portugal e influência indígena no pirão, já é algo diferente e tipicamente brasileiro. Veja uma receita de moqueca baiana.

  • Acarajé

Talvez a comida típica mais famosa da Bahia, o acarajé é um bolinho de feijão frito em azeite de dendê, recheado com camarão, vatapá, caruru e muito bem temperado.

Embora tenha fincado raízes e ganhado um estilo próprio na Bahia, o acarajé também segue firme e forte na África – é parte do café da manhã dos nigerianos e tem um nome diferente para cada uma de suas variações em outros países. É kosai no norte da Nigéria, koose em Gana e akara em outras partes do continente. Veja uma receita de acarajé.

Leia também: Acarajé, o bolinho de feijão que é uma oferenda sagrada

Pratos típicos da Bahia

Foto: Por lazyllama, Shutterstock.com

  • Vatapá

Outro prato de raízes africanas, esse de origem iorubá, o vatapá está presente em vários estados do nordeste brasileiro e até mesmo no norte – variações da receita podem ser encontradas no Amapá, no Amazonas e principalmente no Pará. Mas é na Bahia que o vatapá fez sua fama.

É um prato cremoso, preparado com farinha de rosca, fubá, pimenta, gengibre, cebola, alho, tomate, leite de coco, azeite de dendê e camarão. É um recheio tradicional do acarajé. Veja uma receita de vatapá!

comida baiana

Foto: shutterstock.com

  • Tapioca

De origem indígena, a tapioca é outro prato que não é exclusividade de nenhum estado brasileiro e que está presente nas mesas de várias regiões do país. Mas assim como outras receitas, a tapioca – também chamada de beiju – tem um capítulo especial na Bahia.

Feita com farinha de mandioca, a tapioca pode ser parte do café da manhã, do almoço ou do jantar. A iguaria tem dezenas de variações – pode ser devorada somente com manteiga ou com os mais variados recheios, de salgados a doces. Na Bahia, carne seca e camarão são alguns dos recheios mais comuns. Veja uma receita de doce de tapioca à moda baiana.

  • Abará

Nem só para Acarajé vivem os bolinhos de feijão-fradinho. O abará é outro prato típico da comida baiana, mas com uma diferença fundamental: enquanto o acarajé é frito, o abará é cozido em banho-maria. Os acompanhamentos também são parecidos e podem incluir vatapá, camarão e caruru. O abará costuma ser servido enrolado em folhas de bananeira.

Assim como outros pratos típicos baianos, o abará tem origem na africa. A comida faz parte do ritual do candomblé e seu nome tem origem num termo iorubá. Veja uma receita de abará.

comida baiana pratos típicos

Foto: Por ILRanieri, Shutterstock

  • Caruru

Um companheiro tradicional do acarajé. É o caruru, outro prato de origem africana – esse cozido de quiabos é também uma comida ritual do candomblé. Pode levar cebola, castanha, amendoim, gengibre, camarão seco e dendê.

Ao chegar no Brasil, a receita africana se misturou com os costumes indígenas, levando ao prato que existe hoje. O caruru é consumido em terras verde e amarelas desde o Brasil Colônia e há relatos de sua presença já nos anos 1600. Veja uma receita de caruru.

Outros pratos típicos da comida baiana

A ideia deste texto era só dar um gostinho da incrível culinária baiana. Faltou falar de várias receitas do estado, como o sarapatel, feito com os miúdos do porco, o arroz de hauçá, servido com carne de sol e camarão, e de iguarias como o acaçá e o xinxim de galinha. Sentiu falta de alguma receita? Deixe sua sugestão nos comentários!


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 comentários sobre o texto “Comida baiana: 6 pratos típicos do estado

  1. Bom dia, Prezados
    Meu nome é Aparecida Araújo, sou aluna do Mestrado em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sediada na capital Natal, Rio Grande do Norte.

    O objetivo do meu contato é para que possa contribuir a partir da sua percepção como blogueiro (a) com a minha pesquisa de Mestrado, que tem como questão central a “Influência dos blogs de viagem na decisão de compra do destino Natal: Um estudo exploratório na percepção de turistas e blogueiros.

    Para tanto de modo geral, gostaria que respondesse as perguntas abaixo
    1. Que elementos você acha que devem estar presentes em um blog de viagem?
    2. Na sua visão como é a experiência do turista ao utilizar seu blog de viagem?
    3. Na sua visão, que elementos presentes nos blogs de viagem podem influenciar a decisão de compra do turista na escolha do destino turístico?

    Agradeço desde de já.

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.