Um intercâmbio na Romênia

Lugar de intercâmbio é na Europa, certo? Talvez. E se for, não precisa ser num país convencional. A Raquel Silva, por exemplo, resolveu morar por um tempo na Romênia! Assim como a equipe do 360meridianos, o intercâmbio dela é pela AIESEC, uma organização apartidária, independente, educacional, sem fins lucrativos e totalmente formada e gerenciada por estudantes universitários. Veja abaixo o relato da Raquel. 

No final de 2012 senti a necessidade de mais uma experiência de vida e fui atrás da AIESEC para realizar uma intercâmbio profissional. Sou formada em Relações Públicas e hoje estou na Romênia, trabalhando em uma empresa de Telecomunicação – a KeepCalling -, na área de Marketing. E estou bem feliz!

foto intercambio romenia

E por que Romênia? Ah! Quanto mais diferente, melhor! É assim que planejo o que me motiva nas viagens que realizo e com esse pensamento escolhi uma cidade chamada Sibiu para mais uma aventura.

intercambio romenia

Sibiu fica no “estado” da Transilvânia… Ahhhh! aposto que agora ficou bem mais fácil de me localizar, certo? hahaha. Pois foi bem assim que comuniquei aos meus familiares e amigos para onde estava indo, em uma palavra: Drácula!! Na verdade, a cidade e o castelo desse grande personagem é Brasov, bem pertinho daqui. Já a capital do país é Bucareste, vejam no mapa:

mapa romênia

Mapa: Escritório de Turismo da Romênia 

Sibiu foi considerada em 2007 a Capital Cultural da Europa. Hoje, é palco de grandes festivais internacionais, principalmente no verão. Cheguei tem cerca de dois meses apenas (30 de Maio/2013) e já sinto que passou mais tempo diante de tudo que participei em todos os finais de semana, exemplo: Festival internacional de Cinema, Teatro, eventos internacionais como Red Bull Romaniacs, Fashion Week, Sibiu Cycling Tour e ainda teremos Sibiu Rally! Demais, não é?!

Vai fazer intercâmbio? Saiba como transferir dinheiro para o exterior com menos taxas

E sim, foi uma incrível surpresa descobrir que nesse lado do globo, onde muitos me falaram para não vir pois é a parte considerada “não tão segura“ da Europa, tem tanto o que fazer. E falo mais – o povo é simplesmente MARAVILHOSO, pelo menos nessa parte do país.

romenia intercambio

A língua, o romeno, tem a base no latim. Logo, algumas palavras e expressões são iguais, literalmente, ao nosso português. Por isso, na maioria das vezes entendo o assunto das conversas em geral, mas a maior parte da população (adultos e jovens) sabe falar o inglês, o que torna a comunicação bem fácil. Eles são bem hospitaleiros, adoram festas, beber, dançar e têm a mesma energia que nós, brasileiros.

O centro da cidade, conhecido como “Piata Mare” e “Piata Mica” (praça grande e praça pequena) é onde se concentram inúmeros pubs (Baladas), restaurantes e lojas. Os romenos amam cozinhar e comer bem, são exigentes nesse assunto, adoram saladas, sopas (e muito!), churrascos, diversos tipos de molhos e muita pizza.

Como sou baiana, amo comida com gosto e muita pimenta, estou no lugar certo, mas confesso que no início foi um pouco complicado me acostumar a comer, por exemplo, alguns pratos acompanhados com pão e biscoito, e não o arroz, massa ou feijão de cada dia. Porém, “Mãe, estou me alimentando muito bem”!

Pensei em trazer a nossa linda e única cachaça para presentear o pessoal do trabalho e quem eu iria encontrar por aqui, só que depois de umas pesquisas, percebi que não seria algo tão diferente da realidade deles. Eles tem a “Palinca” e “Țuica” que são, basicamente, a mesma água ardente que temos e acredito que até mais forte! Mais uma vez, a Romênia me surpreendendo!

E para agradar? Resolvi trazer souvenirs bem baianos. Como eles têm sim um lado de superstição, daí a influência da religião e cultura católica, ortodoxa e cigana, quanto mais história e mistério por trás de algum símbolo, melhor! E ah, por favor, saiba o seu signo, pois esse é um assunto bem comum e que interessa por aqui, mas não rola preconceito nem algo parecido. Eles são curiosos e adoram o novo.

intercambio romenia

Ainda não visitei outra cidade, falta tempo mesmo, mas Brasov, Cluj, Bucareste e Constanta (cidade litorânea) são meus destinos por aqui. A maioria das cidades são rodeadas de montanhas, então passar um final de semana acampando, escalando ou até hospedado em alguma cabana é muito comum, na realidade uma atividade que eles curtem demais e entendo o porquê, afinal é cada vista mais linda que a outra!

Agora me perguntem: “qual a parte ruim, Raquel?” Pois até então só falei coisa boa… Bem, é o transporte. Eles possuem uma infraestrutura relativamente boa, mas um pouco atrás da realidade da Europa como um todo. Posso dizer que quem está pensando em passar por aqui em um mochilão, por exemplo, vai ter que gastar um pouco mais de tempo do que nos outros países.

A melhor maneira de rodar pela Romênia é alugando um carro (Por falar em carro, só uma observação, os motoristas adoram correr e as vezes não respeitam a sinalização, cuidado!) pois o trem é bem antigo e nada rápido, porém barato. Viajar internamente de avião é caro, já que poucos romenos viajam nesse tipo de transporte, o que deixa os preços mais altos do que o normal. O ônibus é eficiente e aqui se usa muito táxi, que é barato, e claro, a bicicleta.

viagem a romênia

Na Romênia uma categoria comum para acomodação é a “Pensuine”. Isso mesmo, a velha e boa pensão para o português. Há hostels, mas em pouca quantidade. Me informei que aqui não é um bom mercado para essas empresas, pois o pessoal gosta de privacidade quando viaja e as pensões, que têm poucos quartos e geralmente donos bem amigáveis que fazem de tudo para agradar os seus hospedes, trazem um pouco do ambiente “família” que romenos adoram. Por outro lado, alugar um apartamento é algo bem simples e viável para quem deseja ficar um tempinho maior por aqui.

A moeda é o RON, como é internacionalmente conhecido, localmente chamado de “Lei” ( 1 = “Leu” e  2 ou + = “Lei”).  Apesar de fazer parte da União Europeia, o país tem a sua própria moeda que é BEM barata, assim como o custo de vida em geral.

Ao mesmo tempo em que a Romênia é diferente em algumas coisas e longe do Brasil, para mim é similar e perto em muitas outras. Estou muito surpresa em descobrir esse país e cada dia mais feliz com a minha decisão! Vale a pena mesmo dar uma passadinha e saber mais sobre o Leste Europeu como um todo! Quem desejar trocar figurinhas ou saber mais, pode me contatar!

Um Beijo Brazil!! E venham para a Romênia!! Aprovado e recomentado com selo de qualidade!! =D

Intercâmbio na romênia

Leia outros relatos de intercambistas da Aiesec aqui


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




AIESEC

Uma organização apartidária, independente, educacional, sem fins lucrativos e totalmente formada e gerenciada por estudantes universitários.

  • 360 nas redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

57 comentários sobre o texto “Um intercâmbio na Romênia

  1. Olá Raquel, gostei bastante o que você escreveu, parabéns.
    Eu gostaria de saber se vale a pena fazer um intercâmbio pela Aiesec para aprimorar o inglês. O que você poder da de informação da Romênia agradeceria. Obrigado.

  2. Ola Raquel , queria saber mais informações de como foi o intercâmbio para Romênia como custos ,trabalho etc , pretendo fazer para Romênia com a AISEC . Poderia me mandar uma forma de contato , whatsapp , email ou skype … [email protected]

  3. Oii Raquel, Pretendo fazer intercambio social pela AIESEC para a Romênia, porém nossa moeda aqui está desvalorizada. Qual o custo de se viver na Romênia, mais ou menos? Pretendo ir no fim de 2016

    1. Olá Daniela!

      Obrigada pela leitura e que legal um trabalho voluntário na Romênia!!! Vale demais!
      Então, gosto muito desse site para conversão de moedas: http://www.oanda.com/lang/pt/currency/converter/ a regra geral de intercâmbio para custo de vida/mês na maioria das cidades, até incluindo Londres que é super cara, é de 800 da moeda local, mas isso sem luxos, para cobrir os gastos básicos. Hoje, 800 do “Novo Lei” (moeda Romena) está 731 reais. Logo, acho que pode fazer sua média de valores assim. só que gosto de lembrar que se tratando de AIESEC depende do que a empresa que vai realizar o programa estará lhe oferecendo, pois sei que há empresas que dão várias coisas e outras, só o básico mesmo.
      Espero ter ajudado, se não nos falarmos mais: BOA TRIP!!!! E qualquer coisa, pode me enviar um e-mail: [email protected]
      Abraços 🙂

  4. Oi Raquel, tudo bem? Muito legal seu depoimento! Parabéns! Estou querendo morar em outro país, já morei na Irlanda a uns dois anos e estou pensando em ir pra Romênia, sem volta dessa vez. Se puder me passar algumas informações agradeceria muuito! Vou te mandar por email ok?
    Obrigado desde já!

  5. ola Raquel adorei o post, queria eu mais informações sobre o intercâmbio, custo de vida, estou pensando em tentar a imigração para a Romenia mas antes quero conhecer o idioma. Obrigado!!!

  6. Raquel, amei seus comentários. Você sabe sobre a cidade de Iasi ? Gostaria de informações, busquei no Google encontrei quase nada. Obrigada

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.