Tags:
Atlas: África do Sul

Dicas de como viajar para a África do Sul

Foi na África do Sul que minha vida mudou para sempre. Era janeiro de 2011, poucos meses depois da Copa do Mundo. Num típico dia de verão, eu me deitei na areia da praia e encarei a Table Mountain, na Cidade do Cabo. Quando eu me levantei, resolvi que um dia iria viver ali. A vida ainda não me levou para esse caminho, mas tenho certeza que eu e Cape Town – o nome da cidade em inglês – nos encontraremos novamente.

E que nesse momento eu vou chamar a África do Sul de “casa”, mesmo que por apenas alguns meses. O que me fez querer viver um tempo lá? Basta olhar as fotos deste post para entender os meus motivos. E acredite, pode ser que você tenha o mesmo sentimento quando visitar o país. Neste artigo, daremos dicas de como planejar sua viagem para a África do Sul. Espero que você possa tirar suas próprias conclusões quando se deitar nas areias de Cape Town.

Como Chegar

A maneira mais cômoda é num voo direto para o país. A South Africa Airways tem saídas diárias de São Paulo. O destino é o Aeroporto Internacional O R Tambo, em Joanesburgo, o mais movimentado de toda a África. Eu comprei minhas passagens com dois meses de antecedência e paguei cerca de R$ 2 mil. É importante ressaltar que o voo de ida foi poucos dias antes antes do réveillon e que essa viagem foi feita há cerca de 2 anos. Como não me canso de sonhar com a possibilidade de uma segunda visita ao país, vivo procurando passagens para lá e sempre achei valores parecidos, algumas vezes até bem menores. A viagem dura cerca de oito horas. Veja como é voar com a South Africa nesse post, do blog Melhores Destinos.

onde ficar em cape town

Visto e vacina

Brasileiros não precisam de visto para ficar por até 90 dias na África do Sul, seja para turismo, intercâmbio ou negócios. Quem pretende ficar mais tempo deve procurar a Embaixada da África do Sul no Brasil.

Em todo caso, a Embaixada lembra que sempre é preciso ter passaporte “com validade de até 1 mês da data de retorno ao Brasil, com pelo menos 2 páginas em branco” Além disso, é preciso ter comprovante de vacinação internacional contra febre amarela. Como de costume, é necessário tomar a vacina pelo menos dez dias antes do embarque. O comprovante válido pode ser obtido nos vários postos da Anvisa espalhados pelo Brasil. Crianças abaixo de um ano de idade estão isentas da vacina.

E uma dica importante: Não deixe de contratar um bom seguro de viagem para a África do Sul. Saiba como escolher um seguro eficiente para países africanos e garanta um cupom de desconto

Qual o idioma falado na África do Sul?

O país tem onze línguas oficiais. O inglês e o africâner – uma língua que se originou do holandês e que é falada principalmente por brancos – são algumas delas. Zulu e o Choça são os dois idiomas mais falados na África do Sul.

Turistas normalmente se comunicam em inglês e não tem dificuldades para fazer isso. Vale lembrar que a há 100 anos a África do Sul era colônia britânica. O idioma dos colonizadores é até hoje o mais usado nos negócios e no dia a dia.

Precauções

A malária está presente em algumas partes do país. Por isso, o site da Embaixada da África do Sul no Brasil sugere que turistas tomem remédio contra malária 24 horas antes de entrar em alguns parques e reservas ambientais, em especial Limpopo, Mpumalanga e KwaZulu-Natal. Também não deixe de usar repelente contra mosquitos quando estiver nesses locais. Para saber quais são as áreas de risco de malária na África do Sul clique aqui.

A água que sai das torneiras do país é perfeitamente segura – uma das melhores do mundo – e pode ser ingerida tranquilamente, a menos que seja dado algum aviso contrário.

O que fazer em Cape Town

Dinheiro

A moeda nacional é o Rand, cujo símbolo internacional é ZAR. Um Real vale cerca de 4 Rands, dependendo da cotação do dia, o que torna o custo de vida na África do Sul baixo, em comparação com o do Brasil. As cédulas são de R200.00, R100.00, R50.00, R20.00 e R10.00. Não há nenhuma dificuldade de achar caixas eletrônicos ou pagar contas com cartão de crédito internacional. Mas lembre-se: para evitar problemas, nunca viaje para o exterior com apenas uma fonte de dinheiro!

Fuso horário na África do Sul

São cinco horas à frente do horário oficial de Brasília. Ou seja, quando for 19 horas na capital federal, os ponteiros marcarão meia-noite na África do Sul. Vale lembrar que a diferença cai durante o horário brasileiro de verão.

Gorjeta

Assim como no Brasil, é esperado que você deixe gorjeta de pelo menos 10% do valor gasto em restaurantes, só que lá essa taxa não costuma vir embutida na conta. Nada de tentar economizar aí! A Naty, que já trabalhou como garçonete, já sentiu na pele como é contar com uma boa gorjeta e só receber só moedinhas de baixo valor. Por isso, não seja sacana com quem te serviu. Tire o escorpião do bolso e valorize o trabalho dos sul-africanos.

Telefone e internet

O código internacional da África do Sul é o 27. Alguns dos códigos de área, segundo a Embaixada do país no Brasil, são: Pretoria (012), Cape Town (021), Johannesburgo (011), Port Elizabeth (041) e Durban (031). É relativamente fácil achar internet wi-fi grátis em hotéis e restaurantes.

África do Sul Cidade do Cabo

Dirigir na África do Sul

O país é grande, a distância entre as cidades também e o transporte público é ineficiente. As estradas, por outro lado, são bem conservadas. Por tudo isso, alugar um carro para se locomover pela África do Sul pode ser uma ótima alternativa. Mas é preciso ter carteira de habilitação internacional e estar preparado para dirigir na mão errada de direção – a tal da mão inglesa. Veja como alugar um carro na África do Sul no blog Preciso Viajar.

Outros Transportes

Se a distância for grande e você não tiver intenção de parar no meio do caminho, prefira viajar de avião. Além disso, é possível viajar de trem ou ônibus. Nós testamos e recomendamos o Baz Bus, um ônibus voltado para mochileiros que para na porta de alguns albergues.

Não deixe de anotar:

Os telefones e endereços da Embaixada e dos Consulados brasileiros na África do Sul.

Embaixada Brasileira em Pretória:

177 Dyer Road, Hillcrest Office Park, Woodpecker Place, Hillcrest

Telefones: + 27 (12) 366 52 00 e + 27 (82) 653 64 68 (apenas para casos de emergência).

e-mail: [email protected]

Facebook: http://www.facebook.com/Brasemb.Pretoria

Consulado Geral do Brasil na Cidade do Cabo

Endereço: 22 Riebeek Street, Triangle House – 2º andar

Telefones: +27 (21) 421-4040 ou +27 82 0778496 (apenas para casos de emergência).

e-mail: [email protected]


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

38 comentários sobre o texto “Dicas de como viajar para a África do Sul

  1. Olá, Rafael!
    Não conheço a Africa do Sul e não falo inglês, mesmo assim gostaria de viajar para lá,
    como turista mesmo e passar uma semana. Acha que terei dificuldades, indo sozinha, mas por agência de viagem e
    dá para suportar essa semana?

    Grata,
    Neusa.

    1. Oi, Carla. É um país grande, Carla. Dá pra ficar um mês inteiro por lá tranquilamente.

      Namíbia, Zimbabwe e Moçambique estão ali pertinho.

      Abraço.

      1. Meu nome é Alessandra, tenho loucura pra conhecer a África do Sul, meu sonho tenho vontade de fazer trabalhos voluntários sem esse luxxo do BRASIL , Apenas ajudar sem penssar em retorno.

  2. Olá Rafael!
    Sei que é difícil, mas seria muito complicado você informar uma média de gastos com alimentação e transporte por dia em Cape Town? Por exemplo,uma refeição básica lá, quanto custa?
    Pretendo ir para Cape Town este ano, e pretendo que esta seja uma viagem bem econômica, me hospedando em hosteis e etc. Então, neste caso, sem grandes luxos, apenas o básico de alimentação e alguns passeios.
    Será que R200 por dia é suficiente para fazer algumas refeições e utilizar transportes?

    Abraços!

  3. Eai Rafael , boa tarde!

    Você sabe quem ou onde procurar informações para um intercâmbio de 6 meses na Africa do Sul, se vale a pena pra quem quer aprender o inglês?

    Desde ja agradeço.

    1. Oi, Murilo.

      Vale sim. Muita gente vai para lá para estudar inglês. Sei que a Central do Intercâmbio trabalha com pacotes para lá.

      Abraço.

  4. Olá Rafael, tudo bem ?

    Estou embarcando para um intercâmbio em Cape Town, e nÃo sei nada de lá.
    Se puder me ajudar, como quanto precisarei levar aproximadamente para passar um mês, com alimentação e alguns passeios.
    Estava em dúvida sobre Diblin ou África do Sul, e escolhi África, erro ter feito a escola certa.

    Um Abraço

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.