fbpx

O que fazer em Cartagena das Índias, na Colômbia

Escolher o que fazer em Cartagena das Índias, na Colômbia, pode ser um desafio: o lugar esbanja história, charme e uma atmosfera única que a diferencia de outros destinos caribenhos. Tanta beleza e badalação se traduzem em diversas atrações turísticas e uma vontade doida de quero-mais, em especial se você só tiver tempo para uma visita rápida. Soma-se a isso a possibilidade de um banho de águas azul-caribe, característica da região, a apenas poucos quilômetros da costa e você vai entender porque a cidade apaixona. Embora as praias de Cartagena não sejam famosas pela beleza, a cidade está a apenas uma hora de barco de verdadeiros paraíso, como as Islas del Rosário.

Por tudo isso, vai por mim: tire uns dia para ver Cartagena com calma, tomar uma água de coco e ver o sol se por atrás da muralha. Ninguém nunca se arrependeu de ficar tempo demais por ali.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e indispensável em qualquer viagem. Não fique desprotegido na Colômbia. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício com nosso código de desconto.

Cartagena das Indias Colombia

O que fazer em Cartagena das Índias

Porta de entrada para o Caribe, com Cartagena das Índias não tem tempo ruim: a cidade pode ser visitada o ano inteiro. A crescente oferta de voos a preços bem camaradas para Cartagena e Bogotá também veio colocar lenha na fogueira. Em tempos de dólar nas alturas, quando a Colômbia se destaca ainda mais por seus preços convidativos. Clicando nos links acima, você será levado para os posts de cada uma dessas atrações. Abaixo montamos um super-guia com o que fazer em Cartagena das Índias.

Atrações dentro da cidade amuralhada de Cartagena das Índias

Na hora de escolher o que fazer em Cartagena, a cidade amuralhada se destaca. Se você só tiver tempo para fazer uma coisa em Cartagena, vá direto ao centro histórico. Cercado por 13 km de muralhas fortificadas, construídas a partir do século 16 para proteger a cidade dos ataques inimigos (os piratas do Caribe!) que estavam de olho na crescente riqueza gerada pelo porto e comércio local, o lugar é repleto de casarões históricos, bares e restaurantes simpáticos e ruazinhas para lá de charmosas.

Casarão no Centro Histórico de Cartagena

Um dia é suficiente para se ter uma visão geral da cidade amuralhada, mas a atmosfera mágica que já inspirou até mesmo o escritor Gabriel García Márquez é um convite quase irresistível para ficar mais tempo. Por isso, programe-se para percorrer a região com calma, a pé ou de bicicleta, explorar cada um de seus becos e se encantar a cada esquina.

Fachada de casa em Cartagena

As principais atrações dentro do centro histórico de Cartagena são:

atrações do centro histórico de cartagena

  • Porta do Relógio – Principal entrada para a cidade amuralhada.
  • Plaza de los Coches – Um antigo mercado de escravos, fica do lado da Porta do Relógio. Hoje o lugar reúne vendedores de quitutes típicos e artesanato local.
  • Palácio da Inquisição – O lugar onde eram julgados os crimes contra a fé católica, no século 17. Lá dentro você vai encontrar uma exposição sobre o tema.
  • Parque Bolívar – Uma praça repleta de árvores, excelente para descansar um pouco ou se proteger do sol em dias mais quentes. No centro fica uma estátua do libertador Simón Bolívar.
  • Praça de San Pedro Claver – Fica em frente a uma igreja de mesmo nome e é circulada por bares, restaurantes, joalherias e lojas de artesanato. Ali ficam expostas algumas esculturas feitas de sucata assinadas pelo artista Enrique Grau.
  • Teatro Heredia – Teatro construído no padrão europeu do século 18 e 19. Infelizmente não conseguimos entrar para ver de perto o interior, que dizem ser bem luxuoso.
  • Baluartes das muralhas – A muralha é uma atração a parte. Como um de seus lados é voltado para o mar do Caribe, é o lugar perfeito para relaxar e assistir ao pôr do sol. Não deixe de sentar-se ali em um fim de tarde e relaxar com a bela vista.

O que fazer em Cartagena: fim de tarde sobre as muralhas

O que fazer em Cartagena: atrações fora da cidade amuralhada

Castillo San Felipe de Barajas

Fortaleza construída no século 16, no alto da colina de San Lazaro. Foi, no passado, um ponto estratégico para combater atacantes que chegassem tanto por terra quanto por mar. Devido ao seu complexo labirinto de túneis internos e um sistema defensivo que tornava a vida dos invasores bastante complicada, o Castillo é considerado a obra-prima da arquitetura militar na América Espanhola. Não é à toa que ele nunca foi tomado por ninguém, apesar das inúmeras tentativas.

O que fazer em Cartagena das Índias: Castillo San Felipe de Barajas

Até hoje, San Felipe de Barajas é uma das construções que mais se destacam na parte antiga de Cartagena. Lá dentro, os destaques são as muralhas e baluartes, de onde é possível tirar boas fotos da cidade, e a visita a alguns dos túneis do sistema defensivo.

Eles são conectados de forma estratégica para facilitar evacuações e distribuição de suprimentos, além de confundir os invasores e dar uma boa vantagem aos defensores do castelo, uma vez que eles podiam ouvir os passos dos inimigos – e até mesmo vê-los – muito antes que eles se dessem conta.

E, por falar nisso, a acústica do lugar funcionava de forma perfeita. Os passos e vozes dos atacantes reverberavam pela construção e chegavam ao ouvido dos guardas com uma boa vantagem. Através de saídas de ar localizadas em locais estratégicos, eles podiam avisar rapidamente aos companheiros em outras partes do castelo sobre qualquer invasor que se aproximasse.

Se você não tiver um guia, aconselho o aluguel de um audioguide (10.000 pesos colombianos, ou 3,50 dólares) para que você entenda melhor a construção. A entrada no castelo custa 25.000 pesos colombianos (estudantes pagam meia). E preste atenção na dica: entre fevereiro e novembro a visitação é gratuita nos últimos domingos do mês.

Localização e funcionamento: Av. Antônio de Arevalo, San Lazaro – aberto todos os dias de 8h às 18h.

Rumba en Chiva

Uma mistura entre meio de transporte, city tour e balada, o Rumba en Chiva é uma sensação em Cartagena. O ônibus colorido e sem janelas vai andando pela cidade enquanto os passageiros se divertem ao som da rumba e apreciam cervejas e cuba libre à vontade.

O passeio é comandado por um guia turístico que tem como principal objetivo entreter e animar a festa. Com algumas paradas rápidas para esticar as pernas no meio do caminho, o destino final é, em geral, a cidade murada.

Chiva Rumba Bus em Cartagena das Índias, Colômbia

O tour pode ser reservado diretamente com o seu hotel, albergue ou cruzeiro, comprado em agências de turismo (no centro histórico tem algumas) ou nesse site. Espere pagar cerca de 45.000 pesos colombianos (15 dólares). Tem um post completo sobre o Rumba en Chiva aqui.

Convento Santa Cruz de la Popa

Convento em Cartagena das Índias Colombia

Outra construção da época colonial, o Convento Santa Cruz de la Popa está localizado no ponto mais alto de Cartagena. Dali, é possível admirar – e tirar boas fotos – o panorama da cidade. O belo claustro florido e a igrejinha consagrada à Virgen de la Candelaria também valem a visita. A entrada custa 10.000 pesos colombianos para adultos (5 dólares) e 8.000 para crianças. O convento abre todos os dias, das 8:30 às 17:30.

Fim de tarde em Getsemaní

Antigamente considerado um bairro marginal, residência de pescadores e imigrantes de todas as partes do país que chegavam no porto de Cartagena, Getsemaní é hoje um dos bairros mais vibrantes da cidade, que ainda preserva uma atmosfera autêntica há muito perdida dentro dos limites do centro histórico. Por ali as galerias de arte se multiplicam, e o próprio bairro parece uma galeria a céu aberto: em 2013, chegou a ser a sede do Festival Internacional de Arte Urbana, um dos mais importantes do tipo. Os murais se espalham por suas ruas com mensagens de artistas locais e do mundo inteiro.

Arte de Rua em Getsemaní, Cartagena

O que fazer em Cartagena: ver a arte de rua no bairro Getsemaní

Todos os fins de tarde, a Plaza Trinindad, coração do bairro, se enche de turistas, artistas de rua e moradores locais para jogar conversa fora e matar a fome em uma das muitas barraquinhas de comida de rua. Veja nosso post completo sobre o bairro Getsemaní.

Onde comer em Cartagena das Índias

Restaurante El Santísimo

Decoração descolada e um cardápio variado que busca contemplar os sabores caribenhos, especialmente peixes e frutos do mar. Tem planos completos de refeições por preços únicos. Pergunte ao garçom pelo plano “Milagro”.

Endereço: Calle 38, Centro Histórico de Cartagena das Índias

El Coro

O bar do hotel Sofitel Legend Santa Clara, localizado no centro histórico da cidade. O prédio foi, no passado, um antigo convento, que teve sua fachada e espaços preservados. Bem embaixo do local onde fica o bar, uma cripta foi descoberta e incorporada ao ambiente. Gabriel García Marquez foi em pessoa cobrir esse descobrimento para o jornal da cidade, onde na época ele atuava como um jovem repórter. O incidente o inspirou a escrever o livro Do Amor e Outros Demônios. Tem uma ótima carta de cervejas e drinks, além de música ao vivo tocando quase todas as noites. É verdade que não é dos lugares mais baratos, mas as bebidas sempre vêm com pequenos tapas para acompanhar.

Endereço: Calle del Torno 39-29

Onde ficar em Cartagena das Índias

O centro histórico é o lugar favorito dos turistas na hora de procurar hospedagem em Cartagena das Índias. Ficar dentro dos limites da cidade amuralhada, em um dos muitos hotéis que funcionam dentro dos antigos casarões coloniais tem seu charme, mas também tem seu preço. Destaque para os belos hotéis boutique Santo Domingo e o El Marqués, mas viajantes econômicos também encontram seu lugar no Calamari Hostal Boutique, o Aqualina B&B, o Puertas de Cartagena e o Torre del Reloj.

Uma alternativa para quem quer economizar sem perder a experiências é se hospedar no bairro de Getsemaní, vizinho ao centro.Uma boa opção por ali é o hostel Piano House Getsemani, localizado na praça principal do bairro e a apenas 10 minutos do centro histórico. Veja mais dicas de hospedagem no post Onde ficar em Cartagena das Índias.

Encontre hotéis em Cartagena das Índias


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

52 comentários sobre o texto “O que fazer em Cartagena das Índias, na Colômbia

  1. Oi Natá lia, tudo bem?

    Estou lendo seus posts sobre esta região, orbigada por compartilhar informações tão legais. Farei um cruzeiro pela Pullmantur saindo de Cartagena. Ficarei dois dias em Cartagena. Quanto em dinheiro você acha interessante levar, pensando na cidade de Cartagena e no cruzeiro (que será parecido com o que você fez também)? Vale a pena comprar pesos ou usar somente dólares?
    Obrigada!

    1. Patrícia, como fiquei pouco tempo não tenho ideia da quantidade de dinheiro que você vai precisar. Se você for ficar pouco tempo pode sacar só um pouquinho de pesos. Dólares não são aceitos em todos os lugares…

      Abraços

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.