fbpx

9 países que não precisam de passaporte para viajar

Viajar para o exterior não precisa ser burocrático. Se alguns países, como os Estados Unidos, dão trabalho e medo no viajante por conta da exigência de visto. Mas nem tudo precisa se assim tão complicado: há alguns países que não precisam de passaporte para viajar! Isso mesmo, você pode passar pela imigração e curtir as férias portando apenas o seu documento de identidade brasileiro.

Não é preciso ter nem passaporte para viajar por nove países da América do Sul. Por conta de acordos diplomáticos com o Brasil, nesses casos basta apresentar seu RG, o documento de identidade.

passaporte brasileiro

Foto: Divulgação/Polícia Federal

Na América do Sul, apenas as Guianas, o Suriname e as llhas Britânicas no sul do continente (incluindo as Malvinas, que são causa de problemas com a Argentina) exigem passaporte de viajantes brasileiros. No entanto, situação de visto estão sempre mudando. Para ter acesso a informações atualizadas, aconselhamos a olhar a tabela do Itamaraty antes de viajar.

Veja também:
5 roteiros de mochilão pela América do Sul
Viagem pela América Latina: guia completo do México à Argentina

ESTRADA - ARGENTINA - Cachi

Quais são os países que não precisam de passaporte para viajar?

  • Argentina

Buenos Aires te espera e é logo ali. A nossa capital vizinha é bonita, charmosa, animada e relativamente barata para brasileiros. Além disso, que tal conhecer as vinícolas de Mendoza, os lagos de Bariloche, o norte andino ou as belezas da Patagônia? Toda a Argentina, um dos países mais lindos do mundo, te recebe de braços abertos. E sem passaporte. Veja aqui mais dicas de viagem para a Argentina.

  • Bolívia

De La Paz ao Salar de Uiny: a Bolívia é incrível e muito barata. Com cultura indígena presente e riquíssima, paisagens que parecem ter saído de um filme de ficção científica e um povo alegre e receptivo, a Bolívia é, para muita gente, o destino favorito na América do Sul. E o melhor: sequer precisamos de passaporte para viajar para lá. Se você quer conhecer um lugar diferente, ter experiências únicas e gastar pouco, esse pode ser o destino para você. Não deixe de ler o texto em que explicamos, número a número, quanto custa viajar pela América do Sul.

  • Chile

Comece por Santiago. Corra para as colinas para esquinar, caso seja inverno, ou vá apreciar a vista para os Andes e a animação da cidade, caso seja verão. Não se esqueça das vinícolas, do Atacama e da Patagônia: o Chile é lindo, tem ecossistemas diversos e os voos para lá estão frequentemente com boas tarifas. Veja mais dicas de viagem para o Chile!

  • Colômbia

A capital Bogotá é rica em cultura urbana, gastronomia, história e arte, mas sem perder o calor e a simpatia do povo colombiano. O país tem ainda praias caribenhas em Cartagena, San Andrés e Santa Marta; floresta amazônica e montanhas andinas. É diversidade para sulamericano nenhum botar defeito.

E se você ainda se assusta com esse nome, saiba que o histórico de violência advinda do narcotráfego já ficou para trás há mais de uma década e hoje a gente pode aproveitar as riquezas desse país único e, porque não, mágico? Veja algumas ideias de roteiros de viagem pela Colômbia.

  • Equador

O Equador é o menor país da América do Sul, mas não fica pra trás quando o tema é riqueza cultural e, claro, natural. É no país que fica o famoso arquipélago de Galápagos, símbolo da biodiversidade e muito conhecido por ser o local onde Darwin desenvolveu melhor sua teoria da evolução. Mas essa não é a única opção para os amantes da natureza: o país ainda tem 14 vulcões dentro de seu território, litoral, floresta Amazônica e montanhas nevadas.

  • Paraguai

O Paraguai é muito mais que a área logo após a Ponte da Amizade – na realidade, aquela  região da Ciudad del Este não representa em nada o que é o país. Apesar de ser conhecido pelas compras baratas (e ter a má fama de oferecer produtos de qualidade duvidosa, outro estereótipo), o país ainda tem muito a mostrar em termos de história, belezas naturais e vida noturna. Que tal ir para lá? Promoções para Assunção, capital do país, são frequentes.

  • Peru

Lima foi capital da América Espanhola, o que deixou a cidade lotada de construções históricas. Antes disso, porém, o Peru foi também a capital do Império Inca, e os resquícios históricos dessas duas eras tornam deste um dos países mais interessantes e visitados do mundo. Além de Machu Picchu e Cuzco, só para citar duas de suas maiores estrelas, o país também conta com cidades como Puno, Iquitos e as linha Nazca. Isso para não mencionar a gastronomia única. Veja algumas dicas de viagem para o Peru.

  • Uruguai

Outra viagem simples e que não fica cara. E cabe num final de semana prolongado. Montevidéu, Punta del Este e Colônia del Sacramento podem ser visitadas em quatro dias. Ou você pode combiná-las com Buenos Aires, que está a uma hora do Uruguai. Aqui temos um roteiro pronto para explorar o Uruguai de carro.

  • Venezuela

Entre as Ilha da Marguerita, o arquipélago de San roque e parte do Monte Roraima, a Venezuela tem muito mais a oferecer do que nos mostram os noticiários. Nós temos pouco conteúdo sobre a Venezuela aqui no 360 – apenas um post, fruto de uma passagem de poucas horas por Caracas. Mas temos certeza que o país rende uma viagem e tanto.

Documentos exigidos nos países que não precisam de passaporte

Para viajar para os países que não precisam de passaporte na América do Sul, é apenas apresentar o documento de identidade ao oficial de imigração, conforme dito acima. Mas atenção: é importante que o documento esteja em bom estado de conservação, ou seja, nada de carteira rasgada ou desmanchando, e que a foto seja atual.

Segundo o Itamaraty, o documento precisa ter até 10 anos de emissão, mas é bom entender isso mais como uma base para o que seria “foto atual” do que outra coisa. Se você mudou muito e a foto não se parece com você, mesmo que o documento tenha menos de 10 anos, é melhor tirar outro RG. Carteira de Motorista e outros documentos não são aceitos.

No momento de entrada no país, você receberá um papel informando a data de ingresso e o tempo de permanência legal que você tem direito. Guarde-o e apresente-o novamente no momento de deixar o país. Caso você o perca durante a viagem, será necessário pagar uma multa. O valor dessa multa varia em cada lugar.

Para evitar esse tipo de transtorno, ainda é possível visitar esses países apresentando seu passaporte. Nesse caso, você receberá um carimbo, como em qualquer outro país do mundo.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Rafael

Siga minhas viagens também no perfil @rafael7camara no Instagram - Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014, voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

45 comentários sobre o texto “9 países que não precisam de passaporte para viajar

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.