Costa Amalfitana: roteiro de viagem e guia de cidades

Costa Amalfitana: roteiro de viagem e guia de cidades

A Costa Amalfitana, no sul da Itália, é o sonho de consumo de muitos viajantes, principalmente aqueles que buscam um destino romântico com paisagens de tirar o fôlego. Mar azul, casas coloridas e montanhas compõem o cenário do local. Aproveitando a minha visita recente a região, compilei neste post todas as informações necessárias para quem pretende montar um roteiro de viagem pela Costa Amalfitana.

Costa Amalfitana: dicas práticas

Quando ir para a Costa Amalfitana?

Apesar de teoricamente esse ser um destino de praia, as praias em si não são as maiores atrações, pelo menos não para nós brasileiros ou os portugueses. A areia é escura e de pedrinha, com pouco espaço para banhistas. O mar é sim calmo e limpo, mas nada se compara com as belezas do Nordeste Brasileiro ou do Algarve. Por isso, a não ser que você more num país completamente sem praia, o melhor da Costa Amalfitana está nas paisagens, nas comidas, nos passeios, e não em sentar na areia de biquíni.

Costa Amalfitana Roteiro

Ou seja, a Costa Amalfitana não necessariamente é um destino de verão. Eu, por exemplo, fui em outubro, já no outono, e curti. Mas é preciso ter em mente que as chuvas podem atrapalhar o passeio. No meu caso, choveu o suficiente para impossibilitar conhecer a Ilha de Capri. Mas é uma questão de sorte. Em dezembro de 2015 eu estive em Nápoles por 4 dias e não choveu em nenhum deles. Enfim, tenha em mente que no outono e inverno na Europa há possibilidades grandes de chuvas torrenciais e vários estabelecimentos fechados no período, principalmente no inverno (de novembro a março). Ao mesmo tempo, hospedagens podem estar mais baratas e os restaurantes e ruas menos lotados.

Já na primavera e verão vai estar tudo aberto e as chuvas dão uma trégua. No alto verão, de julho a agosto, espere muita, mas muita lotação e preços mais altos. Nos outros meses continua cheio, mas é um pouco mais tranquilo. Eu arriscaria dizer que a melhor época para ir é no meio da primavera (porque essa é a melhor época para visitar a Europa em geral também). De abril a junho as cores ficam lindas e o clima está ameno

Como chegar na Costa Amalfitana?

Para quem está de transporte público, partindo de qualquer cidade italiana, seu objetivo é chegar a Sorrento ou Salerno, as duas cidades que ficam nas extremidades da costa. Qualquer trem que vá para essas cidades fará o trajeto  via Nápoles, com a diferença que o trem rápido (Freccia) segue até Salerno e para ir para Sorrento é preciso descer e fazer baldeação num trem regional ou pegar uma ferry. Recomendo comprar a passagem de trem com antecedência no site da Trenitália para garantir com desconto, que chega a 50% do valor da passagem, então vale muito a pena.

Costa Amalfitana Roteiro

Saiba mais: Como viajar de trem pela Europa

De Sorrento ou Salerno – caso você não for se hospedar numa dessas cidades – dá para chegar nas cidades da Costa Amalfitana, como Amalfi ou Positano de ônibus local, da Sita Bus, ou de barco. Tenha em mente que uma passagem de ônibus custa em torno de 2 euros e a de ferry por volta de 10 a 15 por pessoa.

Quem vai de carro está a cerca de 275 km distante de Roma e uns 60km de Nápoles.

Como se locomover na Costa Amalfitana?

De carro, de ônibus ou de barco. As três opções são possíveis.

Para quem vai dirigir, a pergunta mais frequente nos comentários certamente será: é seguro? E a minha resposta: depende do motorista. Imagine uma estrada cheia de curvas, bastante estreita e que em vários momentos só dá para circular um carro. E tem vários ônibus fazendo esse trajeto durante o dia. Isso quer dizer que dirigir bem devagar é obrigatório, porque várias vezes não dá para saber o que vem depois da curva. E prepare-se também para, às vezes, ter que dar ré em trechos bizarros para dar passagem para veículos maiores. E também em ficar de olho nos espelhos ao longo da rodovia. Quem está dirigindo não vai conseguir apreciar com calma a paisagem.

Se resolver alugar um carro, recomendamos que faça a comparação na Rentcars, maior site do mercado, que compara os preços em dezenas de locadoras e está presente em mais de 60 países – assim você pode garantir valores abaixo dos oferecidos no balcão. A Rentcars é parceira do 360, então reservando por aqui você ainda ajuda o blog (e a gente agradece). 🙂

Fora isso, de carro é sem dúvida a forma mais confortável e rápida de se deslocar. Eu não gostaria de dirigir naquela estrada, mas se tivesse alguém para viajar comigo e bancar o motorista, investiria certamente no aluguel do carro.

Quem vai de ônibus tem como lado positivo o fato deles circularem para todas as vilas em muitos horários, serem baratos – a média de preço das passagens entre as cidades é €2,40 – e não precisar dirigir. Além disso, as paisagens são lindas. Tente, se possível, ficar num lugar na janela do lado do motorista, se você estiver no sentido Salerno -> Positano, e do outro lado, caso faça o trajeto contrário. A vista do lado do mar é sempre a mais bonita.

Costa Amalfitana Roteiro Vista Estrada

Ao mesmo tempo, para quem enjoa pode ser meio difícil aguentar as curvas e dizem que na alta temporada os ônibus ficam tão lotados que é preciso ir em pé esmagado naquele calorão. Para mim, que fui em outubro, a pior parte era a demora. Por exemplo, de Amalfi para Positano gastamos 1h. Logo, de Salerno, onde estava hospedada, até Positano, contando que era preciso fazer baldeação em Amalfi, foram 2 horas gastas. Se não estivesse chovendo e eu quisesse ir até Sorrento, por exemplo, seriam quase 3 horas de viagem.

De barco, ou Ferry, é a opção com as melhores paisagens. Vale não só como transporte de uma vila para outra, mas como um passeio em si, para ver toda a costa de um ângulo diferente. Tenha em mente que em dias de mar bravo esse meio de transporte torna-se inviável. Além disso, o sistema de balsas só funciona entre abril e outubro. Quem enjoa com facilidade também pode ter dificuldades, apesar de que, na minha experiência, enjoei mais nos ônibus, porque eles demoravam mais do que o barco para chegar no destino.

Costa Amalfitana Roteiro Barco

O trajeto entre Amalfi e Salerno levou 20 minutos e custou 8 euros por pessoa. De Positano para Salerno foram 30 minutos e 12 euros por pessoa. Ou seja, a locomoção somente de barco talvez seja a mais cara das três opções. Porém, é o único jeito de chegar em Capri: o passeio saindo de Sorrento (cidade mais perto da Ilha) leva uns 20 minutos.

Quanto custa uma viagem para a Costa Amalfitana?

A Costa Amalfitana definitivamente não é o destino mais barato da Itália, porém é perfeitamente possível fazer uma viagem econômica e confortável: gastei uma média de 60 euros por dia, incluindo hospedagem, transporte, passeios e alimentação.

Costa Amalfitana Roteiro Positano

Os valores são baseados na minha viagem feita em outubro (ou seja, na “média” temporada) com a minha mãe: ficamos num apartamento em Salerno, só usamos transporte público e só comemos fora no almoço. Dá para economizar ainda mais para quem ficar em hostel e não tomar sei lá, um gelato todos os dias. E, claro, quem estiver indo de lua de mel ou numa viagem mais romântica vai gastar mais, principalmente com hospedagem.

Onde se hospedar na Costa Amalfitana?

Eu já escrevi um post completíssimo com dicas de onde ficar na Costa Amalfitana, explicando, cidade a cidade, qual é a melhor opção para cada tipo de viajante. Corre lá para conferir!

Eu me hospedei em Salerno, num apartamento por 60 euros a diária para duas pessoas e nota nove no Booking. Se voltasse à Costa, minha opção de hospedagem seria em Ravello, porque me encantei demais com aquela cidade e a vista lá de cima.

Costa Amalfitana Roteiro Ravello

Costa Amalfitana: roteiro de viagem

Eu dedicaria de três a quatro dias para a Costa Amalfitana. A quantidade de dias que você vai ficar por lá está também intimamente ligada com a possibilidade de alugar ou não um carro . É que se o seu deslocamento for todo de transporte público (ônibus Sita ou ferryboat) serão gastas muitas horas nos trajetos e baldeações.

Por exemplo, de carro é possível  conhecer Positano, Amalfi e Ravello no mesmo dia. Quem está de ônibus ou barco vai ter que fazer malabarismo e provavelmente passará mais tempo no transporte do que aproveitando com calma as cidades.

Costa Amalfitana Roteiro Amalfi

Além disso, também conta a sua disposição e estilo de viagem. Quem quer só ver as vilas coloridas, tirar fotos da paisagem e comer bem consegue fazer tudo de mais importante em até dois dias. Mas para aqueles que curtem um estilo de viagem mais lento, acho que quatro dias, no mínimo, são ideais.

A minha sugestão de roteiro para a Costa Amalfitana e arredores.

Um dia para Amalfi e Ravello

onde ficar na costa amalfitana italia amalfi

Um dia para Positano e Praiano

onde ficar na costa amalfitana italia positano

Um dia para Ilha de Capri e Sorrento

onde ficar na costa amalfitana italia sorrento

Um dia para Salerno e Paestum 

Costa Amalfitana Roteiro Salerno

Costa Amalfitana Roteiro Paestum

Quem estiver de carro consegue acrescentar vilas como Maiori, Minori, Vietri Sul Mare, Cetara, Atrani, Tramonti, Scala e Furori. Aliás, também é possível ficar hospedado em qualquer um desses lugares.

Além da Costa Amalfitana

Ali do ladinho da Costa Amalfitana fica Nápoles e as ruínas de Pompeia e Herculano. Esse é um passeio que eu já escrevi aqui no blog e que recomendo a leitura para quem pensa em combinar as duas regiões italianas.

Saiba mais: O que fazer em Nápoles

Visita às ruínas de Pompéia e arredores

Outra sugestão para continuar o passeio é seguir para os outros lados da “bota italiana”. Como descer mais ao Sul, para a Sicília, que foi o passeio do pessoal do blog Turista Profissional, ou fazer como eu e seguir para a região de Basilicata e Puglia, com destinos como Matera, Bari, Alberobello e Lecce.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite “morar no aeroporto”. Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

23 comentários em Costa Amalfitana: roteiro de viagem e guia de cidades

  1. Oi Luiza!
    Me dá uma dica,estou indo semana que vem para italia com esposa,vamos descer de milao,florença,roma e teremos 3 dias para conhecer a costa,estaremos de carro.Qual melhor roteiro podemos fazer para aproveitar e conhecer a costa?Quais cidades devemos pernoitar?
    obrigado

  2. Oi Luiza,

    Vou passar 4 dias na Costa Amalfitana em agosto, hospedada em Salerno. Gostaria de saber qual servico de barco/ferry voce usou.

    Voce mencionou no post que “O trajeto entre Amalfi e Salerno levou 20 minutos e custou 8 euros por pessoa. De Positano para Salerno foram 30 minutos e 12 euros por pessoa.”, o que e mais rapido do que eu estava esperando, por isso seria otimo saber qual empresa voce usou.

    Obrigada 🙂

  3. parabéns pelo post, chegaremos em Nápoles no dia 24/09/17 e estamos pensando em locar uma vespa para conhecer a região de Nápoles, pompeia e costa, você acha que 3 dias é o suficiente, grato por nos ajudar:

  4. Ola, Luiza

    Refiz meu roteiro, mais sera ainda muito tempo? Fico perdida pois vou utilizar onibus e fico imaginando as distancias. Pode dar pitaco novamente por favor?

    26/9 – Brasil / Roma / Napoles
    27/9 – Napoles / Capri
    28/9 – Capri
    29/9 – Capri / Amalfi (barco)
    30/9 – Amalfi + Atrani
    01/10 – Amalfi + Ravelo (onibus)
    02/10 – Amalfi + Furore (onibus)
    02/10 – Amalfi / Sorrento (onibus ou barco?)
    03/10 – Sorrento
    04/10 – Sorrento / Positano
    05/10 – Sorrento / Positano (fazer um passeio de barco)
    06/10 – Sorrento / Napoles (onibus)
    07/10 – Napoles
    08/10 – Napoles / Roma

    • Oi Tania,

      Eu ainda acho muitos dias, mas acho que vocês vão aproveitar de qq forma. Até porque, se vocês verem que tá “sobrando” dias, tem bastante coisas em volta, como Pompeia ou Paestum, que são incríveis.

  5. Olá Luíza! Adorei todo o site, está me ajudando demais, principalmente esse post. Gostaria de saber o roteiro mais detalhado das cidades da costa, se possível. Muito obrigada!

  6. Oi Luiza,

    Parabéns pelo Post. Vou de Sorrento para Salerno, de barco, parando em Amalfi. Pretendo conhecer Amalfi nessa parada de 5 ou 6 horas. Como vou estar com as malas, gostaria de saber se tem onde deixa-las em algum guarda-volumes no porto ou imediações.

  7. Olá Luiza,

    Suas informações estão sendo preciosas para mim. Eu e mais três amigos estamos planejando uma viagem à Grécia na segunda semana de setembro, passando pela Costa Amalfitana. Vou analisar com mais atenção as suas dicas que, de início, achei as melhores que encontrei até agora. Muito obrigado pela generosidade de compartilhar suas experiências de viagem. É bem possível que precise de algumas informações e sugestões para planejar esta viagem. Você certamente irá no nosso pensamento. Obrigado.

  8. Bom Dia!!
    Pode dar uns pitacos nesse meu roteiro por favor?
    Seremos 3 adultos solteiros em viagem de férias e não vamos alugar carro.
    1º. Dia – Brasil / Roma
    2º. Dia – Roma / Napoles / Capri (Trem/Ferry)
    3º. Dia – Capri
    4º. Dia – Capri
    5. dia – Capri / Sorrento (Ferry)
    6º. Dia – Sorrento
    7º dia – Sorrento
    8º. Dia – Sorrento / Positano (Ferry)
    9. Dia – Positano
    10. Dia – Positano
    11º. Dia – Positano / Praiano (Taxi ou Ferry)
    12º. Dia – Praiano
    13º. Dia – Praiano / Amalfi / Atrani – hospedagem em Atrani – (Taxi ou Ferry)
    14º Dia – Amalfi / Atrani
    15º Dia – Amalfi / Atrani
    16º Dia – Amalfi / Ravello ( Taxi ou Onibus)
    17º Dia – Ravello
    18º Dia – Ravello/ Minori / Maiori – bate e volta de taxi
    19º. Dia – Ravello / Salerno (Taxi)
    20º. Dia – Salerno
    21º. Dia – Salerno / Roma / Brasil

    • Oi Tania,

      Eu pessoalmente acho que é muito tempo para ficar na Costa. A maior parte da cidades se esgota com 1 ou 2 dias de passeio. Daria para incluir Nápoles e Pompeia com tranquilidade no seu roteiro

  9. Adorei o post, conhecer esta parte da Itália é um dos meus maiores sonhos! Estradas estreitinhas já estou habituada, faz-me lembrar algumas estradas da ilha da Madeira (estrada entre Sao Vicente e o Porto Moniz, que entretanto já caiu)

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: