Como viajar de trem pela Tailândia

A melhor forma de se locomover pela Tailândia é de trem. O país tem uma boa estrutura ferroviária, que permite que você vá de norte a sul. Ou, quem sabe, até para os países vizinhos em locomotivas de luxo. Sem frescura? Não se preocupe, passagens de segunda classe garantem conforto e economia.

Eu viajei sobre trilhos na Tailândia duas vezes: para ir para Chiang Mai e Ayutthaya. Pode ser que meu julgamento estivesse afetado, porque eu tinha acabado de sair da Índia, mas eu achei os trens muito satisfatórios. Relativamente modernos, limpos e seguros, achei as viagens tão tranquilas que cheguei a me arrepender amargamente quando peguei um ônibus para voltar para Bangkok.

Mesmo que você possa bancar todos os deslocamentos de avião, o trem compensa mais que o transporte aéreo em viagens de até quatro horas. Nesses casos, você gasta menos tempo indo por terra. Afinal, o tempo no ar pode até ser mais curto, mas todos aqueles procedimentos para embarcar e desembarcar das aeronaves levam quase uma eternidade.

Viagem de trem pela Tailândia

Como comprar passagens de trem na Tailândia

É bem fácil: basta se dirigir à estação e procurar o Booking Office. Expressos de longa distância exigem reserva, que pode ser feita no próprio dia do embarque desde que haja disponibilidade. As passagens começam a ser vendidas 60 dias antes da viagem. O processo é computadorizado e as estações principais em todas as cidades fazem reservas para qualquer rota dentro do país.

Já os trens locais, como o que vai de Bangkok para Ayutthaya, não precisam de reserva. Basta comprar o ticket e embarcar.

Como comprar passagens de trem antecipadas

Está no Brasil e quer deixar todas as passagens reservadas? Tem como, embora isso não seja necessário. É bem tranquilo conseguir bilhetes direto nas estações com poucos dias de antecedência, ainda mais se você tiver alguma flexibilidade.

Mas se você é daqueles precavidos ou precisa desesperadamente chegar em um lugar numa data específica, sugiro procurar uma agência de viagem online. A Thailand Train Tickets faz o serviço pelo preço normal da tarifa mais uma comissão de 200 bath, o que dá mais ou menos R$15. Agências costumam aceitar reservas com menos de 15 dias de antecedência.

Outra forma é entrando em contato com o pessoal da Thai Railways pelo email [email protected], entre 60 e 15 dias antes da data que você pretende viajar. Você precisa informar a rota desejada, data, número do trem, horário de partida, classe, se quer um trem comum ou sleeper e o número de tickets que você deseja comprar.

Depois de um período de tempo que só o pessoal da Thai Railways pode prever, você deve receber uma confirmação por email. Quando estiver na Tailândia, precisa ir até a estação Bangkok Hualamphong para efetuar o pagamento e retirar a passagem. Isso precisa ser feito com até uma hora de antecedência. A Thai Railways cobra 200 bath por reserva via email e você ainda precisa lidar com um processo mais chato e que pode ser bastante demorado.

Até o ano passado era possível fazer isso direto do site da Thai Railways, o que era bem mais fácil e conveniente, mas o serviço foi descontinuado e não se sabe ao certo se voltará algum dia.

Monges na Tailândia

As classes

Primeira Classe

Os vagões possuem cabines para duas pessoas, que podem ser trancadas. Além disso, todos os quartos possuem ar-condicionado, lençóis, cobertores, sabão e toalhas. É quase um hotel! O banheiro é compartilhado com as outras cabines do vagão. No meio da viagem, um funcionário passa recolhendo os pedidos de jantar, que são preparados no restaurante do trem e custam entre 100 e 180 baths.

Essa classe não está disponível em todos os trens. Em geral, é possível encontrá-la nos expressos noturnos. No entanto, costuma haver apenas um vagão de cabines de primeira classe por trem. Por isso, se você faz questão de viajar assim, compensa reservar antes.

Segunda Classe Sleeper

Essa é a classe mais usada entre viajantes na Tailândia. As camas não são arranjadas em cabines, mas uma ao lado da outra ao longo do corredor do trem. Cada uma possui cortinas individuais para garantir privacidade, travesseiro e cobertor. Durante o dia, elas podem ser transformadas em cadeiras. As camas superiores são um pouco mais baratas, mas também menos espaçosas que as inferiores.

Existem vagões de segunda classe com ou sem ar-condicionado. Quando estiver disponível, é sinal de que o trem é mais moderno e limpo. Por outro lado, trens sem ar-condicionado permitem que você abra a janela para tirar fotos e apreciar a vista. Nosso trajeto até Chiang Mai foi em um desses e não tivemos problemas.

As refeições também são servidas no seu assento, mas você sempre pode ir até o restaurante se preferir.

Segunda Classe Seat DRC

Disponível nos trens diesel railcars (DRC), é uma opção confortável para viagens diurnas em rotas longas. As cadeiras reclinam e os vagões possuem ar-condicionado. Uma atendente serve refeições pré-preparadas durante o trajeto.

Segunda Classe Seat Ordinary Express

Também confortável para longas viagens diurnas, mas os trens são um pouco mais lentos que os DRC. A cadeiras reclinam e há vagões com ou sem ar-condicionado.

Terceira Classe Ordinary Express e Trens Locais

Essa classe é a mais barata e a ideal para viagens mais curtas, como de Bangkok para Ayutthaya. Não costuma ser cheia ou suja. Os assentos são como os de metrô, porém podem ser acolchoados ou em madeira.

Bagagem

O limite de bagagem para cada passageiro é de 60 kg na primeira classe, 40 kg na segunda e 30 kg na terceira. Bicicletas são permitidas na maior parte dos trens mediante o pagamento de uma taxa extra que varia entre 90 a 13o baths (R$6 a R$9). Para isso, no dia do embarque, você deve se dirigir ao “cargo desk” da estação e comprar o ticket da bicicleta. Não é possível fazer isso com antecedência, por isso, sugiro que você avise na agência ou na Thai Railways que você vai levar sua bike. Em geral, os trens que não permitem essa carga são os da diesel railcar (DRC).

Proteja suas malas

As viagens de trem pela Tailândia não são particularmente inseguras, mas existem algumas precauções que você deve tomar em qualquer lugar do mundo.

Os trens possuem, em geral, compartimentos para bagagem próximos aos assentos ou das camas sleepers. Eu sugiro que você, no mínimo, tranque sua mala com um cadeado, em especial para viagens noturnas nas quais você não vai vigiar a bagagem o tempo inteiro. Além disso, é recomendado que você prenda, com outro cadeado ou um tranca, a mala em algum lugar, para evitar que alguém saia carregando. Eu ainda costumo colocar tudo de valor em um mochila pequena que viaja junto comigo o tempo inteiro.

Consulte tarifas e rotas

A Ingrid Bello, do blog Cinco Cantos, passou aqui para contar pra gente que o sistema oficial de vendas de passem de trem na Tailândia passou a funcionar. Agora dá pra comprar tudo online de forma bem fácil e com uma taxa de emissão bem pequena quando comparada ås outras. Basta preencher o cadastro.

Outros sites podem te ajudar a montar seu roteiro de viagem pelos trilhos da Tailândia. O Seat61 possui um mapa interativo com informações sobre cada um dos trechos. A vantagem é que eles também informam tarifas e rotas de outros meios, como ferrys e ônibus. Já o 12go.asia é bom para informações sobre ônibus.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países e importante em qualquer viagem. Na Tailândia, onde as coisas são bem diferentes em relação ao Brasil, ele é indispensável. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.

Imagem destacada: calflier001 (CC BY-SA 2.0).


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Natália Becattini

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma e compartilho minhas impressões de mundo também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

24 comentários sobre o texto “Como viajar de trem pela Tailândia

  1. Seu comentário está aguardando moderação.

    Olá! Adorei o relato de vocês! Parabéns pelo blog.

    O sistema de compra online oficial está funcionando, fiz um post no meu blog com o passo a passo de como comprar por lá. É bem fácil e o ticket imprime na hora, além da taxa ser baixinha quando comparada com as outras.

    Segue o link do passo a passo: http://cincocantos.com.br/como-comprar-passagens-para-o-trem-de-leito-de-bangkok-para-chiang-mai/

    Aqui coloquei as outras opções de BKK pra Chiang também, e fiz um pros e contras de cada pra ajudar os viajantes a se decidirem: http://cincocantos.com.br/como-ir-de-bangkok-chiang-mai-trem-ou-aviao/

    Espero que ajude 😉

  2. Olá Nat,tá boa?
    Muito bom o relato, obrigada!
    Estou organizando uma ida à Índia para estudar Inglês por uns 3 meses, e depois dá um rolê pela região. Sabe dizer se dá pra ir da índia até a Tailândia por trem? Ou pelo menos fazer maior parte de trem ou de forma mais econômica.

    Abraços

    1. Ei Mari, Não sei se dá para ir de trem, você teria que fazer muitas paradas e conexões e pegar outros transportes no meio do caminho, provavelmente… Mas acho que seria mais barato comprar uma passagem de avião mesmo. Tenta com low costs como a Air Asia…

      Abraços!

  3. Oi! Estou indo pra Tailandia daqui a alguns meses e queria saber se vale a pena comprar antecipadamente os tickets dos ferry boats para andar entre as ilhas nos sites… Sabe se vale a pena esperar para comprara na hora, ou em alguma agencia? Se o preço é muito diferente… Pq quero evitar de perder muito tempo tendo que esperar o próximo barco disponível…

    Obrigado!! E parabéns pelo blog!

    1. Leo, eu deixo para comprar na hora para não ter perigo de mudar os planos ou qualquer imprevisto. Mas se você se sentir mais seguro compre pelo site. Sobre o preço não sei informar…

      Abraços

  4. Ola! Estou indo viajar no final desse ano entre 23 dezembro até 15 de janeiro. Estou adorando a idéia de viajar de trem pelo pais, obrigada pelas informaçoes!
    Mas, minha dúvida é se posso pegar um trem da Tailândia até Myanmar? Vi que há trens muito bons para cruzar de um país à outro, mas especificamente este não vi nada…

  5. Natália,
    eu e meu namorado estamos indo passar o Ano Novo na Tailandia, vamos estar em Bangkok do dia 26/12 ao dia 30/12 e depois vamos para Koh Tao e passar o Ano Novo em Koh Phangan, mas estamos muita na dúvida se devemos comprar antecipado ou não esse trecho entre Bangkok e Koh Tao, eu vi que no 12go.asia vende os tickets, você sabe se é confiável? E mais uma coisa você acha melhor comprarmos lá ou comprarmos antecipado mesmo? Estamos com medo de não ter transporte por ser alta temporada ou não tem isso? Brigada.

    1. Nathani, nunca comprei pelo site. As duas passagens que comprei lá foram na hora. Isso vai muito da forma como cada um viaja, mas se vocês já têm os planos fechados, porque não garantir as passagens de uma vez?

      Abraços

  6. Boa tarde Natália!

    Eu e meu marido vamos para Tailândia em dezembro e estamos querendo ir para Chiang May de Bangkok. Estamos pensando em pegar o trem, porém pensamos em comprar até Ayutthaya, passar o dia lá e a noite pegar o trem noturno para Chiang May, mas estou procurando e não acho nenhuma informação se na estação de Ayutthaya, tem algum locker, que podemos deixar as malas / mochilas, enquanto fazemos o passeio pela cidade e pegarmos a noite antes de seguirmos viagem. Você saberia me informar se tem locker lá??

    Obrigada pela atenção!!

    E parabéns pelos posts! Estão sendo muito úteis na programação da viagem!!

    1. Olá Danielle, infelizmente não sei informar isso…

      Mas que bom que estamos ajudando com os posts, qualquer outra dúvida, é só falar.

      Abraços!

  7. nossa muito boa a sua explicação

    porem preciso de uma ideia – de bangkok para singapura – vi que é bem longa a viagem…vc saberia me dizer se posso parar e ficar na cidade 1 ou 2 dias….e depois prosseguir ate singapura??

    aguardo

    1. Olá Marcelo, para fazer isso você provavelmente teria que comprar duas passagens: uma para a cidade que você quer parar e outra dela até Cingapura.

      Abraços

  8. Olá, Natália!
    Adorei seu relato! Vou para a Tailândia em março e estou em dúvida entre ir de trem ou avião de Bangkok a Phuket. O trem vale a pena pelas paisagens ao longo do caminho? Vi que a viagem é bastante longa, então, acho que só optarei pelo trem se o caminho for bem bonito!
    Obrigada! Abraços!

    1. Ei Bárbada, eu fiz a viagem de ida de avião e a volta de ônibus, mas foi em uma viagem noturna. Mas, pelo que eu vi quando o dia amanheceu, não acredito que valha a pena fazer de trem só por isso.

      Abraços

  9. Meu espírito de aventura me colocou a caminho da Tailândia(02 nov – 12 nov), porém essa aventura se torna mais alucinante pois estou indo sozinho e falo pouco inglês. Pretendo ir pra koh phi phi e apenas me deslocar para passeios saindo da ilha onde eu possa com a ajuda do wifi usar o tradutor do celular para me comunicar rsrs. Mas antes disso preciso da ajuda de vocês para chegar na ilha. A previsão de chegada ´do meu vôo em bangkok é as 13:20 de segunda dia 03 de novembro… Como ja li aqui no blog, tenho duas opções, pegar um voo para krabi ou phuket e de lá uma balsa ou ir pra krabi ou phuket de trem! A dúvida está na logistica- na opção avião encontrei(pelo kaiak(thai airwais ou Bangkok airwais) voos tanto para krabi ou phuket saindo as 17:20->18:45
    mas nesse caso não sei qual hora da ultima balsa pra koh phi phi e então se não conseguisse ir no mesmo dia pra ilha teria que pernoitar em krabi ou phuket, o que elevariam os custos( passagem 250reais +ou- mais pernoite) na opção trem além de ser mais barato, o horário de saída é as 19:30(menos preocupante caso haja atraso no voo) e o pernoite seria no própio trem, seria a melhor opção mas o ruim é a parte de eu não saber a lingua, o que me preocupa para chegar até a estação, comprar as passagens e de lá ir até a balsa para enfim chegar a ilha(no site da thailandtrainticket, vi a opção de bangokok p/ koh phi phi, alem do trem ja estaria incluso outros meios de transporte?!), diante disso encarecidamente peço a vocês me ajudarem a chegar na ilha prevendo todas essas dificuldades !!! rsrs

    1. Olá Mikelle,

      As duas opções que você indicou são bem viáveis e tranquilas. Eu iria de trem, tanto pelos preços quanto por pernoitar no trem. Não sei se o inglês vai ser um problema tão grande. Você pode levar tudo escrito e pedir ajuda, mas se você estiver inseguro, vá de avião e arque com os custos a mais (passagem e pernoite). Às vezes vale a pena pagar mais caro para ter mais conforto e segurança.

      Abraços

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.