Roteiros em Portugal: 15, 20 e 30 dias

Não canso de dizer que Portugal é um país pequeno, mas com tantas coisas para ver e fazer e tantas diferenças entre suas regiões, que o tempo sempre é curto para conhecer tudo. Não é a primeira vez que tento me aventurar montando roteiros em Portugal para vocês, afinal, já moro no país há quase três anos e sempre busco viajar por aqui em todas as oportunidades que tenho. A proposta hoje é pensar roteiros para quem tem mais dias disponíveis para explorar o país: 15, 20 ou 30 dias com dicas de onde ir em Portugal.

São sugestões que você pode seguir à risca ou adaptar. Ficar mais ou menos tempo em determinados lugares, trocar lugares ou riscar dos planos.

Vejam também o nosso post com 7 roteiros de viagem para conhecer Portugal em 7 dias e também a lista de 10 lugares imperdíveis para conhecer em Portugal. Ainda, veja 7 ideias de bate-volta para fazer a partir de Lisboa e outras 7 ideias de bate-volta a partir do Porto.

Sempre que possível, a sugestão de transporte será de ônibus (autocarro para os portugueses) ou trem (o comboio). Quando isso não for possível, faço uma indicação de que é necessário alugar um carro. Todos os links nas cidades ou regiões levam para posts com dicas de o que fazer, onde ficar e onde comer em cada lugar.

Se você quiser pesquisar qual a melhor forma de viajar (ônibus ou trem e até avião), dá uma olhada nesse post com dicas de como pesquisar qual forma de transporte mais barata na Europa.

Roteiro em Portugal: 15 dias

Comece com três dias em Lisboa, normalmente a porta de entrada dos brasileiros em Portugal. Reservei nesse roteiro um dia extra para fazer um bate-volta em Sintra: basta pegar o trem na estação Rossio, nem precisa comprar com antecedência. No dia seguinte, siga para Évora, a bela capital alentejana – o trajeto de ônibus é bem fácil.

Normalmente as pessoas só fazem uma bate-volta a Évora, mas vou sugerir que você fique lá uma noite para aproveitar a cidade com mais calma. Se você estiver de carro, fica uma outra sugestão (infelizmente, impossível de ônibus): siga para a vila de Marvão, no fim do dia, passe a noite e veja o céu estrelado e aproveite o dia seguinte para visitar o castelo, contemplar a vista e, se tiver tempo, visite a praia fluvial, tudo antes de seguir para Fátima.

roteiros em portugal marvao alentejo

Leia também: Como viajar de trem em Portugal

Como alugar um carro em Portugal

Se você não for católico ou não se interessar por esse turismo religioso, faça de Nazaré o seu destino – há opções de ônibus. No dia seguinte, faça a rota para Tomar, Alcobaça ou Batalha. Até dá para visitar os três no mesmo dia se você estiver de carro, mas eu acredito que seja extremamente cansativo.

No fim do dia, vá para Coimbra. Dependendo da hora que chegar, ainda dá para aproveitar um pouco da noite na cidade. No dia seguinte, explore Coimbra e fique lá uma segunda noite. Para o segundo dia, você pode aproveitar mais da cidade ou fazer um bate-volta para Conímbriga, a terra das ruínas romanas.

No final do dia, siga para a Serra da Estrela. Para isso, é imprescindível alugar um carro. Como o roteiro é curto, serão apenas dois dias na Serra. Sugiro que você explore Manteigas, Seia, Torre, os lagos e as aldeias históricas como Piódão, Belmonte e Linhares. Veja aqui ideias de roteiro na Serra da Estrela. Escolha se prefere passar a noite numa aldeia ou no meio das montanhas e aproveite.

Se você não quiser alugar carro, a sugestão é fazer outro roteiro: siga de Coimbra para Viseu, aproveite o dia na cidade, depois faça o trajeto até Aveiro, onde você pode passar a noite e no dia seguinte explorar a praia e a ria – os canais da cidade, bem à moda Veneza.

roteiros em portugal costa nova aveiro

É hora de seguir para o Porto. Explore a cidade por dois dias e tire um dia extra para fazer um bate-volta em Guimarães. Por fim, é hora de voltar para casa: você tanto pode sair do Porto quanto voltar de trem para Lisboa e seguir viagem.

Roteiro de 20 dias em Portugal

Comece com os três dias em Lisboa e mais um dia de bate-volta em Sintra. Nesse roteiro você também ganha um dia extra para fazer um bate-volta à cidade costeira de Cascais ou se preferir ao palácio de Queluz, ambas também alcançáveis de trem urbano (atenção, se você escolher essa opção para o dia extra, terá que sacrificar Braga mais pra frente).

Mais uma vez, siga para Évora por um dia. A partir daí, há duas opções: você pode explorar o interior do Alentejo nos quatro dias seguintes. Será preciso um carro, mas dá para visitar Marvão, Estremoz, Castelo de Vide, Aldeia da Luz, Monsaraz, Vila Viçosa e Elvas. Porém, se estiver mais quente, uma opção é seguir de Évora para Lagos e aproveitar a região do Algarve por quatro dias, veja aqui uma ideia de roteiro.

De lá, suba para Óbidos e use de base para explorar Tomar, Alcobaça, Batalha, Fátima, Nazaré e Peniche por dois dias – mais uma vez, sem carro você conseguirá visitar as cidades de forma limitada. Depois, siga para Coimbra, fique dois dias e no final do segundo dia vá para a Serra da Estrela. Explore a serra e arredores por três dias e depois siga para o Porto por dois dias. Você tem mais um dia para bate-volta em Guimarães ou use o dia extra no Porto.

roteiros em portugal serra da estrela

Roteiro de 30 dias em Portugal

Esse roteiro é um compilado do que já foi sugerido ali em cima, acrescentando algumas regiões bastante especiais. Sinceramente, é bem difícil fazer tudo isso sem carro, mas dá para tentar trocando algumas cidades. Além dos três dias em Lisboa e bate-volta a Sintra e Cascais ou Queluz, você tem quatro dias no Alentejo interior para explorar Évora, Marvão, Monsaraz, Vila Viçosa, Estremoz, Castelo de Vide, Elvas e as várias quintas de vinho alentejano. Um carro é essencial.

Dali, há duas possibilidades para os próximos três dias: ou você segue para o Algarve e faz de Lagos sua base para explorar a região ou vai para o Litoral Alentejano e explora Zambujeiara do Mar, Vila Nova de Mil Fontes e outras belezas do Parque Natural, com opções de caminhadas e paisagens que valem a pena mesmo no inverno.

passeio de barco em lagos algarve grutas

Siga para dois dias em Óbidos, Fátima, Nazaré, Peniche, Tomar, Alcobaça e Batalha. Depois, dois dias em Coimbra, com as possibilidades de bate-volta a Conímbriga e Serra da Lousã e aldeias do Xisto. Ainda, os três dias na Serra da Estrela, seguidos de três dias no Porto, e um bate-volta em Braga ou Guimarães. No dia seguinte, pegue o carro e se prepare para três dias no norte de Portugal, com os destaques do Douro Vinhateiro e Trás-os-Montes: explore as quintas, fazendo de Pinhão a sua base.

ilha de são miguel açores mosteiros

E os quatro dias finais? Bem, embarque num voo para as ilhas. Você terá que escolher entre a Madeira (veja aqui as dicas) ou os Açores (leia todos os posts). Pesquise os voos com antecedência para ver se vale mais a pena sair de Lisboa, no início da viagem, ou do Porto, no final.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração. Além disso, é importante em qualquer viagem. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e garanta promoções.


Compartilhe!







Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

126 comentários sobre o texto “Roteiros em Portugal: 15, 20 e 30 dias

  1. Olá Luíza, primeiramente quero te parabenizar, estou adorando seus posts.
    Estarei indo com amigos para Portugal em dezembro. Vamos desembarcar e embarcar no Porto. Estamos pensando em passar o Natal na Serra da Estrela e o reveillon no Valle do Douro. Vc tem algumas dicas de roteiro para nos ajudar?
    Ficaremos 17 dias…

  2. Olá!!
    Chego em Lisboa dia 11/10
    Pretendo ficar 2 dias em Lisboa e seguir de carro alugado para Porto
    Gostaria de orientação por onde seguir
    Ja estive em Lisboa por 2 vezes
    Conheci Sintra Cascais e a região do Oceanário
    Se possível me orienta por onde começar a minha visita até o Porto
    Tenho 07 dias para conhecer Fatima Nazare Óbidos Coimbra Aveiro Porto

  3. Olá
    Adorei suas dicas é tão difícil fazer um roteiro.
    Vou para Portugal em outubro só que o nosso caminho é contrário , vamos chegar por Porto e voltamos por Lisboa.
    Vamos alugar um carro no Porto para seguir viagem .
    As cidades que iremos nos hospedar serão Porto 4 , Coimbra 4 ,Obtidos 1 , Lisboa 5 .
    A ideia é fazer alguns bate e volta ja que estaremos de carro, mas estou com muita dificuldade , vc pode me ajudar?
    Me hospedar nessas cidades e fazer os bate e volta e uma no ideia ?

  4. Olá Luiza.
    Que vida agitada a sua !! Parabéns pela escolha .
    Estou indo à Portugal com meu marido e filho no final de julho . O período será de 12 dias ,tirando a viagem. Chego por Lisboa e volto p/Porto. A minha dúvida é :Vale a pena ir de Lisboa (reservei 4 dias) p/Algarve e de lá seguir p/Porto de carro ? Se vale , qual a cidade que vc.indica para pernoitar na volta? Em direção a Porto ?

    Obrigada pelas dicas .

    Abs.

    Beatriz .

    1. Oi Beatriz,

      Sim, é possível ir para o Algarve e depois seguir para o Porto. Seu único problema é o seguinte: muitas locadoras cobram uma taxa meio cara para devolver o carro em outra cidade. Veja bem isso antes de montar o roteiro.

      Coimbra é uma boa opção. Ou a região da Serra da Estrela.

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.