O que fazer em Colonia del Sacramento, Uruguai

O que fazer em Colonia del Sacramento, Uruguai

Visitar Colonia del Sacramento, no Uruguai, não tem segredo: a principal atração da cidade é a própria cidade. Cheia de casinhas coloridas, ruas de pedra, praças arborizadas e igrejas simpáticas, esse é um daqueles destinos de viagem que fazem a gente se encantar e querer voltar sempre, só para curtir o clima do lugar.

Colonia costuma entrar nos roteiros das pessoas como um bate e volta de Buenos Aires ou Montevidéu. A cidade uruguaia mais próxima da capital argentina é facilmente acessível de barco. Já quem sai de Montevidéu pode ir de ônibus ou carro. Seja qual for o meio de transporte que te levou até lá, pegue um mapa ao desembarcar e ande. Ande. Ande mais um pouco.

A cidade é pequena, você verá tudo em um par de horas, mas não tenha pressa. Pare para tomar um café em um dos charmosos restaurantes com cadeiras da calçada, descanse à beira do Rio da Prata, aprecie as casinhas, curta a vida da cidade. Se tiver tempo, passe a noite e aproveite um dos mais belos pores do sol que eu já vi na minha vida.

por do sol em colonia del sacramento

Rio da Prata em Colonia del Sacramento

E tire fotos. Muitas! Cada cantinho da cidade é charmoso e merece ser clicado. Capriche nos detalhes, porque eu nunca vi um lugar mais fotogênico que Colonia del Sacramento. De tanto que é, parece cidade cenográfica.

colonia del sacramento - uruguai

Azulejo português em Colonia del Sacramento

Veja também: Como chegar a Colonia del Sacramento

Fundada no século 17 pelos portugueses, a cidade ainda nem tinha completado um ano de vida quando foi tomada pelos espanhóis pela primeira vez. Depois disso, foi um século de disputas no maior estilo pega-pra-capar entre os dois impérios – cada hora um deles estava no comando.

No final, venceu a Espanha, mas a presença de Portugal ainda pode ser sentida na cidade, que ganhou, além de uma história interessante, uma arquitetura única no país, que mistura um pouquinho do charme lusitano com o espanhol.

Ruas de Colonia del Sacramento

Talvez seja por conta dessa influência portuguesa que eu achei a cidade com uma cara enorme de Minas Gerais – a vida tranquila e as construções históricas em ruas de paralelepípedo me lembravam Macacos ou Lavras Novas. Só que o Rio da Prata, que eu só conseguia chamar de mar de tão grande que é, estava sempre ali para me lembrar que a melhor comparação talvez seja com Paraty.

casa de Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento - Uruguai

Nas suas andanças, você certamente vai se deparar com a Rua dos Suspiros, a mais antiga da cidade. A idade da ruela é nítida tanto nas construções velinhas quanto no chão. É tipo como se essa única rua tivesse parado no tempo quando os portugueses fizeram morada por ali.

Rua dos suspiros - Colonia del Sacramento

Outra construção que chama a atenção é o Portón de Campo, a porta de entrada para a cidade antiga. O portão só foi construído no século 20, mas ainda é possível ver os resquícios da muralha construída para defender colônia. (Dica: esse é um bom lugar para pegar um mapa, no centro de informações turísticas que fica por ali).

Portão de Colonia del Sacramento

Se você gosta de ver os lugares de cima, vale a pena subir no farol (15 pesos), que fica pertinho da Plaza Mayor (a pracinha principal, perto da Igreja), das ruínas do convento e de uma feirinha de artesanato.

Farol de Colonia del Sacramento

A cidade tem alguns museus, como o Museu Português, o Museu do Azulejo ou o Museu Naval, mas sinceramente eu preferi não perder tempo dentro de quatro paredes com tanta coisa para apreciar do lado de fora.

Leia também: Onde ficar em Colonia del Sacramento

Depois de explorar o centro, aconselho você a fazer uma agradável caminhada junto ao rio e à muralha e, quem sabe, sentar-se um pouquinho por ali enquanto aprecia a paisagem e degusta um bom vinho uruguaio.

Orla Colonia del Sacramento

Quando fui, alguns amigos alugaram um desses carrinhos da foto e nós seguimos pela estrada que margeia a praia até o Plaza dos Toros, uma atração mais afastada do centro, a 3 km de distância. O lugar é uma antiga arena que recebia touradas até o início do século 20, quando elas foram proibidas no país. Hoje, o lugar está fechado para visitação e corre o risco de desabar. Se você fizer questão, pode dar uma volta ao redor dele e usar a imaginação para entender como era na época, mas não acho que o passeio seja indispensável.

carrinho em Colonia del sacramento

Praia de Colonia del Sacramento

Quer receber mais dicas de viagem?

Então curta nossa página no Facebook

 Siga o @360meridianos no Twitter

Veja nossas fotos no Instagram

Receba novos posts por e-mail

Já chamei de casa a Cidade do Cabo, Chandigarh, Buenos Aires e Barcelona, mas acabo sempre voltando pra minha querida BH. Gosto de literatura, cervejas, música e artigos de papelaria, mas minha grande paixão é contar histórias. Por isso, desde 2011 viajo o mundo e escrevo sobre o que vi. Também estou no blog sobre escrita criativa Oxford Comma.

Siga @natybecattini no Instagram

12 comentários em O que fazer em Colonia del Sacramento, Uruguai

  1. Olá Natália e pessoal do 360. Depois que comecei a ler o blog, simplesmente viciei. Estou indo fazer meu primeiro mochilão agora em novembro, nada de mais, apenas Argentina e Uruguai. Consegui uma promoção e estarei indo pro Peru em Abril também. Gostaria de tirar uma dúvida:
    Quando eu sair de Buenos Aires e pegar o ferry pra Colonia, como funciona com meu visto? Tenho que dar saída da Argentina e entrada no Uruguai. Como faço isso??

    No mais parabéns pelo blog e por serem inspirações para muitos de nós, mochileiros iniciantes.

    See you guys.

    • Ei Samoel, é normal. Você sai da Argentina no porto e entra no Uruguai. Depois faz o caminho reverso! Não sei se essa era sua dúvida…

      Abraços!

  2. Estou indo pra Buenos Aires em Setembro e me interessei pelo bate volta pra Colônia Del Sacramento…. A minha pergunta é os museus abrem todos os dias? Porque pretendo fazer o bate volta numa segunda. Mas não vi nada a respeito do fechamento das atrações da cidade. Grata!

    • Janny, segunda-feira é um dia ruim para visitar museus, mas não são todos que fecham. Sugiro consultar no site dos que você quer visitar. Mas museus não são as atrações mais incríveis de Colonia. Eu não fui em nenhum. O legal da cidade é ver as ruas e casinhas, comer alguma coisa no restaurante, ver o por do sol…

  3. Visitar Colonia vale muito a pena, fiz bate volta de Montevidéu (aproximadamente 3h30min por deslocamento).
    Lindas paisagens e belas fotos, subir no farol também é fantástico, é possível ver um cantinho de Buenos Aires lá de cima.
    A cidade é bem pequena mas tem muita coisa pra explorar, é possível também pegar um ferry boat e jantar em Purto Madero – Buenos Aires.
    História pura em Dezembro/15!

  4. Fui para Colônia em janeiro e passei uma noite lá… foi fantástico!
    O pôr do sol foi o mais bonito que já presenciei na vida e olha que moro em Ilhabela hahaha
    Ainda sonho com a cidade e morro de saudade…

  5. Natália, fui em setembro pra Colônia. Adorei! É bonito e charmoso. Acho mesmo que a melhor comparação seja Parati.
    Fiquei com dó da Plaza del Toros estar tão abandonada.
    Enfim, gostei muito da cidade e acho que se for pra Montevideo ou Buenos Aires vale muito a oena dar uma passada lá.
    Conto sobre minha viagem no meu blog, ficarei feliz se você me visitor, rs:

    http://fernandaeflaviabelletti.blogspot.com.br/2014/10/uruguai-3-colonia-del-sacramento.html

    Flávia

    • E Flávia! Obrigada pelo comentário! Colonia é uma lindeza mesmo, e tão facinho de ir seja de Bue ou de Montevideu!

      Vou conferir seu blog! Abraços!

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: