Tags:
Atlas: Índia

Dicas de viagem para a Índia

Desde que desembarquei na Índia descobri que o mundo é dividido entre dois grupos de pessoas. Há aqueles que, ao descobrirem o exótico país onde moro atualmente, soltam um “você é louco”, rapidamente emendado com um “não iria nem morto”, como que com medo de um convite para me visitar.

Os do segundo grupo, mais aventureiros (membros do primeiro grupo chamariam isso simplesmente de falta de bom senso) costumam querer detalhes, informações, tudo o que for necessário saber para visitar a Índia também. Este post foi pensado para as pessoas do segundo grupo. É hora do passo a passo: como planejar sua viagem para a Índia.

Como chegar

A rota tradicional passa pela Europa e de lá é feita a conexão até Nova Delhi. A British Airways faz o percurso e pode ser a melhor alternativa (pelo menos o voo Londres – Índia costuma ser barato, muito embora o trecho Brasil – Londres não tenha fama de econômico), a não ser que você viaje durante a alta temporada na Europa. Air France e Emirates Airways também fazem o trecho.

Dicas de viagem para a Índia

Visto

Brasileiros precisam de visto para entrar na Índia.  O visto para turismo custa R$ 145,00 e vale por seis meses. Pode ser solicitado diretamente na embaixada da Índia, em Brasília, ou nos consulados, em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. Mais informações no site da embaixada, ou pelo telefone   (61) 3248 4006.

Mais: Como tirar o visto da Índia

Vacina

A única vacina obrigatória é contra febre amarela. É preciso ser vacinado no mínimo 10 dias antes de embarcar e isso pode ser feito gratuitamente em qualquer posto de saúde. Mas atenção! Aquele cartão fornecido pelo posto não serve. É preciso levar o documento até um escritório da Anvisa, que vai fornecer a Carteira de Vacinação Internacional. Uma dica interessante é manter esse documento na última página do passaporte.

Outras vacinas são aconselháveis, embora não obrigatórias. Tétano, raiva, paralisia infantil e hepatite A são algumas delas. Paralisia infantil? Sim, pode ser que alguém te aconselhe a tomar uma dose de reforço e você entre na fila do Zé Gotinha, junto com todos os seus amiguinhos de 5 anos de idade. Acredite, aconteceu comigo.

Mais: Quais vacinas tomar antes de viajar para a Índia?

Dicas de viagem para a Índia

Idioma

Mais de 20 idiomas são reconhecidos oficialmente, além de incontáveis dialetos. O hindi é uma espécie de língua comum, mas tem quem fale urdu, bengali, kashmiri, punjabi, kannada, gujarati, telugu e até… português. Goa, um pequeno estado indiano famoso por suas praias, fazia parte de Portugal há poucas décadas.

Mas e inglês, não rola? Claro que sim. Nas grandes cidades e lugares turísticos a comunicação é fácil. Mas não se iluda: muita gente não domina o idioma dos colonizadores. Nessas horas a saída é usar todos os seus conhecimentos de Imagem & Ação – só a mímica te salvará.

Fuso Horário

A Índia está 8h30 adiantada em relação ao horário oficial do Brasil. Ou seja, quando em Brasília for 19h, em Delhi os relógios marcarão 3h30 da madrugada. Durante o horário de verão brasileiro a diferença diminui: apenas 7h30. Pouca coisa.

Telefone e internet

O código de telefonia internacional (o tal do DDI) é +91. Ligações da Índia para o Brasil  são muito baratas (pelas taxas das empresas locais, óbvio). A ligação para um telefone fixo custa cerca de 10 rúpias por minuto, ou seja, R$ 0,35. É possível encontrar internet Wi-Fi em hotéis e restaurantes.

o-que-fazer-mumbai-Índia

Moeda

A moeda nacional é a Rúpia indiana, em circulação desde o século 16. Cada Rúpia vale R$ 0.034, o que significa que com 1 Real é possível comprar 28 Rúpias.  Vale dizer também que tudo na Índia é muito barato. É possível pagar R$ 15,00 para ficar num quarto duplo em um hotel 3 estrelas. Quem não tiver frescura faz negócios ainda melhores: Em Rishikesh, tradicional destino turístico, paguei R$ 2,50 pela hospedagem simples (quarto, cama, roupa de cama, banheiro e nada mais). Uma longa corrida de tuk-tuk – o triciclo usado como táxi em boa parte da Ásia – pode sair por menos de R$ 3; e um combo do McDonalds’s por  R$ 4.

Atenção: a regra na Índia é pechinchar. Todos esperam que você faça isso –  é quase um esporte nacional, mais importante do que o críquete. Nunca, mas nunca mesmo, aceite o primeiro preço por um produto ou serviço. Em regra vale a estratégia da metade: o cara pediu 500 rúpias por aquele elefante de madeira fantástico? Pode saber que vale 250 Rs. E se você tiver muita cara de turistão (câmera pendurada no pescoço e camisa I s2 Taj Mahal) o calote pode ser maior. Já vi vendedor pedir 2000 rúpias por um produto e, 5 minutos depois, fechar a venda em 200 Rs. E feliz da vida.

Veja também: Guia para pechinchar e fazer compras na Índia

Agra, Taj Mahal, Índia

Roteiro básico pela Índia

O ponto obrigatório é o Taj Mahal. O resto – simplesmente dezenas de lugares – vai ser encaixado aos poucos. Assim como o tradicional roteiro Rio, São Paulo, Salvador e Foz do Iguaçu não representa todo o Brasil, você certamente não vai conseguir esgotar a Índia em 20 e poucos dias. A ideia é ver pelo menos o básico. Um bom exemplo de roteiro para Índia é:

Delhi (a capital e porta de entrada).

Agra (a cidade do Taj Mahal).

Jaipur (a cidade rosa, no Rajastão).

Jaisalmer (a cidade dourada, também no Rajastão).

Varanasi (uma das cidades mais sagradas e onde rolam as cerimônias no Rio Ganges).

Khajuraho (a cidade dos templos do Kama Sutra).

Rishikesh (conhecida como a capital mundial do Yoga).

McLeod Ganj (aos pés do Himalaia, é a cidade onde vive o Dalai Lama e os tibetanos no exílio).

Amritsar (onde fica o Golden Temple, sagrado para os Shiks).

Todas as cidades sugeridas estão no norte. Quem tiver mais tempo pode tentar outros lugares mais distantes, como Mumbai e Goa, por exemplo.

Dois dias em cada cidade bastam (três nas maiores), mas leve em consideração o tempo de deslocamento, que é enorme. Na Índia você vai gastar 7, 8 horas para percorrer 200 quilômetros. Então não faça um roteiro apertado demais, caso contrário vai ser  impossível tirar tudo do papel. Temos um post inteiro sobre como montar um roteiro de viagem pela Índia.

Para quem for fazer só o Triângulo Dourado (Nova Délhi, Jaipur e Agra), uma boa dica é ver também a lista que fizemos com alguns hotéis nessas três cidades.

Jaipur, Índia

Transporte

Se possível evite viajar de ônibus. É que as estradas são ruins, o trânsito caótico e os motoristas dirigem muito, muito lentamente. E ainda bem, já que o trânsito da Índia, segundo a Organização Mundial de Saúde, é o que mais mata no mundo, e isso mesmo com a velocidade média de 50 km nas estradas.

Uma alternativa ao transporte rodoviário é o ferroviário, que conta com uma rede de mais de 60 mil quilômetros. Existem diferentes tipos de tickets (você certamente não vai querer o mais barato) e o seu conforto depende de quanto você está disposto a pagar (mesmo a opção mais cara é barata para padrões brasileiros). As passagens podem ser compradas pela internet. Para quem preferir viajar de avião a boa notícia é que existem muitas empresas low-cost na Ásia, então basta pesquisar um pouquinho para achar verdadeiras pechinchas. Air India, Kingfisher, IndiGo e Spicejet são algumas das empresas que voam no país.

Mais: Como viajar de trem pela Índia

Clima e monções

Não tem essa de na Índia faz calor o ano inteiro – isso depende da região que você pretende visitar. Durante o inverno (dezembro a fevereiro) muitas cidades do norte experimentam um frio que nenhum europeu colocaria defeito.  Há lugares onde chega a nevar, e sim, existe até estação de esqui na Índia. De março a maio é a época do calor, principalmente no sul.  As temidas monções acontecem de junho a setembro.

Mais: Guia de monções asiáticas

Qual é a melhor época para viajar para a Índia?

Tudo anotado, é só planejar e começar a viagem. E lembre-se que nada vai te preparar para o que a Índia tem de melhor (e pior) a oferecer: um gigante choque cultural. Por isso, por mais que você se planeje, saiba que é impossível não passar por vários perrengues enquanto estiver por lá. Durante os seis meses que vivemos no país, nós enfrentamos vários! Boa viagem. 


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

187 comentários sobre o texto “Dicas de viagem para a Índia

  1. Olá. Tudo bem? Vocês acham que é melhor visitar a Índia com esses pacotes customizados de agência ou por conta própria? Seria nossa primeira vez no país e não somos viajantes inciantes (estamos viajando o mundo há 7 meses e já passamos por países como Marrocos e Egito). Obrigado!

    1. Oi, Paulo.

      Uai, nesse caso não acho que tenha necessidade de pacote não. Podem até optar por um, se quiserem o conforto de não tomar as decisões, a convivência com o grupo, etc. Mas me parece que vocês são viajantes mais que experientes e que tirariam a Índia de letra por conta própria, se assim quiserem.

      Abraço.

  2. ola td bem??
    gostaria de saber se voce tem alguma indicação de cursos de yoga pode ser em qualquer cidade mas rishikesh é a mais conhecida e tradicional
    tudo que acho é muito caro

  3. Oi, Rafael!

    To indo pra Índia na próxima semana, vou ficar em Rishikesh por dois meses.

    Você acha que vale a pena eu fazer o cartao visa travel money?

    A ideia principal e ter o dinheiro no cartão e ir sacar algumas quantidades ao longo da viagem.

    Mas ainda não descobri se tem caixa eletrônico em Rishikesh.

    E tb é bacana saber se os lugares costumam aceitar, além do cartão de crédito.

    Obrigada!

  4. Olá….Estou planejando ir a Índia em outubro ou novembro/2018, este país está em meu imaginário há muito tempo e por isso tenho receio de não fazer a coisa certa!! Tenho uma lista de lugares que não poderei deixar de ver nesta viagem: Varanasi, Amristsar, Khajuharo, Udaipur,Jaipur, Jaisalmer e obviamente Agra, Delhi. A dúvida é fazer “caber” tudo isso em 20 ou 25 dias e ainda conseguir alguém para ir comigo….rsrsrs Estou maratonando os post’s de vcs sobre a Índia….amando tudo e cada dia mais com a certeza que quero conhecer este país!! Obrigado pela ajuda ….até mais!!

    1. Ola isabel…Meu nome e Leonilda Almeida Pereira,eu tambem estou planejando ir pra india no meio do ano se eu conseguir o visto,tambem gostaria de encontrar alguem pra ir comigo,so que eu vou para punjab onde mora meu namorado,se voce quizer entrar em contato comigo pra nos conversar porfavor meu whtsapp 35 98882 6209 abraço…

  5. Poderia atualizar o post na questão de como chegar de avião (BRASIL – ÍNDIA)

    A melhor rota (mais rápida e mais barata) é pela “Ethiopian Airlines” !!!

    [GRU – DEL] Ida/Volta (857 USD)

    São Paulo [GRU] (Brasil) – Addis Abeba [ADD] (Etiópia) – Delhi [DEL] (Índia)

    Sai do Brasil, troca de aeronave na Etiópia e segue para Índia.

    Ida/Volta São Paulo-Mumbai fica 600 BRL mais caro.

    Então o ideal é explorar a Índia e ao final da sua jornada pegar um voo low-cost (IndiGo, Air India, SpiceJet e etc) de volta pra Delhi.

      1. Cara, ultimamente acredito que não, é realidade/preço normal/atual !!!

        Eles te levam para “Thailand/Bangkok – (BKK)” pelo mesmo preço da “Índia/Delhi – (DEL)”
        .
        (Pé de ‘pobre’ não tem número)

        Conhecer o incrível Cambodia (Sudeste Asiático) é através de “Thailand/Bangkok”.

  6. Oi, Rafael
    Tudo bem?
    Você acha possível uma viagem sozinha? Já ouvi falar que para mulher é complicado ir sozinha e que ser for, o melhor seria com um guia. Você que morou lá o que acha?

  7. Olá,

    estou planejando viajar para a Índia e conhecer os países vizinhos(Nepal, Bangladesh, Butão e Sri Lanka.É algo possível, sendo que é necessário o visto para a Índia? Vcs chegaram a conhecer esses outros países?Alguma recomendação?

  8. Olá! Tudo bem??
    Quero muito ir para India,só que ninguém se arrisca em me acompanhar.rs
    É um país muito arriscado para turismo feminino?! Posso ir tranqüila?!
    Você já morou lá poderia me passar umas dicas. Por favor.

    1. Oi, Jaqueline, tudo bem? Meu nome é Larissa e trabalho na Vem Comigo Para Índia e a gente leva pequenos grupos pra lá, num esquema diferente das agências de viagens tradicionais. Se você ainda tiver interesse em conhecer a Índia mas tem receio de ir sozinha, envia um email para [email protected]
      beijo!

    2. Oi pessoal ano que vem faço essa louca viagem para índia, OBS irei sozinha
      Pretendo 15 dias, quase 1 ano me organizando pois irei fazer tudo por conta própria
      se tiver alguém para ir
      Entre em contato comigo
      (98)98125-6110

      [email protected]

  9. Oi, Rafael! Adoro o site.
    Me tira uma dúvida? Estou indo passar uma temporada em Sydney e gostaria de saber se não há vôos da Oceania para a Índia.
    Não estou conseguindo cotar.
    Obrigada

    1. Oi, Ana.

      Olha, olhando no Google vi que a Air India tem voos diretos entres Sidney e Nova Delhi, embora não seja todos os dias da semana (parece que os voos são aos domingos, terças e sábados). Além disso, dezenas de empresas fazem essa rota com conexão em outro país da Ásia. No Kayak você consegue cotar:

      kayak.com.br/in?p=1%2F20151023%2F360meridianos&a=360meridianos&url=%2Fhorizon%2Fsem%2Fflights%2Fgeneral%3Flang%3Dpt

  10. Ola, primeiramente quero parabenizar pelo site maravilhoso. Ele, pra mim, é um dos mais completos sites de viagens que já visitei. Agora eu queria tirar uma dúvida. Em janeiro de 2018 estava pensando em fazer um intercambio de inglês de um mês para India, especificamente Nova Delhi e queria saber se vale a pena. Queria saber se o contato com os indianos vai me ajudar a melhorar o meu inglês, porque eu sei que em carga cultural será perfeito. Obrigada pelo site novamente.

  11. ola, gostaria de ir a india mas por conta própria pois um pacote de viagens é muito caro. alguem ja viajou sozinho, é facil se deslocar para os pontos turisticos?

  12. Eu pretendendo ir a Índia em fevereiro de 2017,mas precisamente Nova Delhi, não consigo achar um pacote de viagens com passagens e hospedagem em conta,tudo muito caro, em resido em Recife, por favor pode me ajudar?

    1. Oi, Ana. Eu não sei de pacote pra te indicar, infelizmente. Ainda está um pouco cedo pra comprar as passagens com os melhores preços. Partindo de São paulo, tenho visto passagens por 3 mil reais, com taxas, para julho deste ano. Acho que é um bom preço pra tentar achar. A questão é entrar nos metabuscadores de passagens, tipo o Kayak, e criar alertas para a data que você quer.

      Veja esse post:

      https://www.360meridianos.com/2015/12/como-encontrar-passagens-aereas-baratas-na-internet.html

      Abraço.

      1. Ola Ana!
        Eu também pretendo ir para India em Fevereiro de 2017, está tendo uma promoção pela ethiopian airlines e a passagem está por volta de R$ 2600,00.

    2. Ola Ana!
      Eu também pretendo ir para India em Fevereiro de 2017, está tendo uma promoção pela ethiopian airlines e a passagem está por volta de R$ 2600,00

  13. prezados
    viajo a india logo apos o natal e gostaria de saber se é melhor levar dolar/euro ou cartões vtm/credito normal.
    para a troca de usd por rupia há alguma dica especial – tipo: local para trocas de moeda (eh facil?), taxas de conversão, taxas que são cobradas para a conversão de dolar para rupia, etc.
    vou ficar mais em jaipur.
    uma abraço
    mario

    1. Oi, Mario.

      Não cheguei a usar casa de câmbio na Índia. Eu ganhava em rúpias, porque morei lá, então isso mudou todo o processo pra mim. Ou seja, não tenho casas de câmbio pra te indicar, mas no aeroporto mesmo você deve achar algumas.

      Leve dólares (ou euros) em espécie e cartões prontos para uso no exterior. É bom ter as duas opções disponíveis.

      Abraço.

  14. Olá gente, Parabéns pelo Blog!!! o melhor e mais completo sobre viagem!!!
    Ja explorei bastante por aqui, mas queria mais uma ajudinha básica rs, queria saber a forma mais barata pra comprar as passagens, to achando um pouco salgada, vcs tem alguma dica de conseguir passagens mais em conta??
    ja vi em datas diferentes, horarios etc…
    obrigada

    1. Oi, Diana.

      Você tem que monitorar a passagem durante bastante tempo. Entra no Kayak, faz a busca e pede para eles te mandarem alertas por email em qualquer variação de preço.

      Daí você compra quando houver uma promoção.

      Abraço.

    1. Oi, Marlon.

      Provavelmente você vai ter que comprar dólares ou euros e fazer outra troca lá na Índia. Outra saída é usar cartões de crédito, débito ou travel card.

      Abraço.

  15. Olá Rafael, sou de Portugal e tenho “devorado” vosso blog para aprender e planejar. Meu avô viveu 4 anos em Goa em serviço militar e por isso nasci e cresci sempre escutando suas histórias. Isso criou em mim o sonho de ir conhecer a Índia, principalmente a zona de Goa onde ele esteve mas queria também ir a Jaipur pelos motivos óbvios de uma das 7 maravilhas do mundo.
    Eu e minha esposa estamos a planejar ir a 21 ou 22 de Fevereiro de 2016.

    Estamos com muitas muitas dúvidas: se vamos com tudo planejado um peck feito pela agência de viagens ou se compramos apenas o voo e fazemos viajem mochilando.

    12/13 dias no máximo é o tempo que podemos estar.

    1. Oi, Tiago. Que legal a história do seu avô. Tenho certeza que você vai gostar de conhecer os lugares por onde ele passou.

      Dá pra fazer bastante coisa em 13 dias. Sobre o modelo da viagem, isso depende do seu gosto e estilo. Não há nada de errado em pacotes e viagens de agências, assim como também não é ruim mochilar e viajar por conta própria.

      Já publicamos uns 100 textos sobre a Índia. Você acha eles aqui:

      https://www.360meridianos.com/india

      Abraço.

  16. Olá, meu chefe viaja para a Índia em novembro de 2015 e estou com dúvidas em relação ao visto do Brasil. Ele só pode ser feito Online agora? Eu vi que existem restrições de aeroportos que aceitam esse visto, é isso mesmo?

  17. Olá, gostaria de saber se 14 dias na índia são suficientes. Claro que eu gostaria de ficar mais tempo… Mas queria saber se pelo menos vale a pena. Obrigada e abraços!

  18. Bom dia Rafael, parabéns pelo blog, muito legal e está me ajudando muito com as informações.
    Minha mensagem é para Helena, que disse que está indo para a Índia, eu também vou e gostaria de companhia, pois estou com receio de viajar sozinha. Ou outra pessoa que vá também, gostaria de fazer contato, pretendo ir em agosto desse ano.
    Abraços a todos.

      1. Oi Maria, Celina ( já tomei a liberdade de mandar e-mail para vocês) e Helena, vc poderia me passar seu e-mail também? Gostaria de conversar à respeito da viagem.
        Obrigada e ao pessoal do site tb pelo espaço 😉

  19. Olá, Rafael!

    Minha esposa e eu costumamos viajar no mínimo 2 vezes por ano e essas viagens são solitárias. Vez ou outra, marcamos encontrar com amigos que moram nos destinos que visitamos, fazemos amigos no caminho, compramos alguns passeios em lugares onde isso é prudente que se faça e, assim vamos andando pelo Mundo baseando nossas andanças em guias, blogs e informações de amigos. Não valorizamos excursões com muita gente ou coisas do tipo.

    Queremos ir à Índia e África do Sul – no retorno ao Brasil – e perguntamos:
    PARA A ÍNDIA:
    1. Qual a melhor época do ano?
    2. Seria necessário termos um guia?
    3. Na Índia, pensamos em dispor de 16 dias (poderá ser um pouco mais, se necessário) chegando em Délhi. Qual a sua sugestão de sequência para visitar essas cidades (sugestão de roteiro): Délhi, Agra, Varanasi, Khajuraho, Rishikesh e McLeod Ganj? Seria possível incluir Katmandu (Nepal)?
    4. Nossas idades estão em torno dos 57 anos com saúde e disposição, embora achemos que a viagem deva ser para nos satisfazer, alegrar e não para nos penitenciar (embora, isso possa acontecer…). Portanto, para que tenhamos um pouco de conforto, segurança e agilidade, quais os meios de transporte que você sugere e as formas de adquirirmos?

    Se, por acaso, você achar que deva informar mais (rsrsrs) do que perguntamos, fique à vontade!

    Moramos em Salvador-Bahia e sairemos de São Paulo. Nosso inglês é de mau a pior, mas temos outros idiomas.

    Caso tenham alguma necessidade em Salvador, estamos à disposição!

    Abraço grande e obrigado!

    1. Oi, Fred. A Índia é incrível, tenho certeza que vocês vão gostar. 🙂

      Sobre a melhor época, veja esse texto:

      https://www.360meridianos.com/2015/03/melhor-epoca-para-ir-india.html

      Não acho que seja necessário ter um guia o tempo todo, a não ser que vocês estejam acostumados a viajar assim. Me parece que vocês viajam bastante, então deve ser tranquilo. É interessante ter guias para passeios específicos, que demandam explicações. Mas isso vocês acham na hora mesmo.

      Sobre o roteiro, eu faria assim:

      Délhi, Agra, Rishikesh e McLeod Ganj (volta para Délhi) Varanasi e Khajuraho.

      Dá para incluir Katmandu, mas sua pergunta foi feita antes do terremoto, então não sei se as visitas ao país serão possíveis na época do sua viagem. Uma pena – o Nepal é incrível.

      Se por acaso for para o Nepal, vá de avião. Ir por terra é muito complicado.

      A melhor forma de transporte é de trem e, claro, de avião, quando disponível. No caso do trem, escolha as classes 2AC e 1AC (primeira e segunda classes com ar-condicionado). Evite ônibus, se possível.

      Temos um guia de viagem, um ebook, sobre a Índia. Vocês já viram?

      https://www.360meridianos.com/prepare-se-para-conhecer-a-india

      Abraço.

  20. Hola queridos! parabéns pelo blog, já estou conhecendo quase todas as cidades da India só de futicar aqui no bog rs.
    Queridos preciso de ajuda, vou visitar a India, e gostaria de visitar as seguintes cidades: Deli, Agra, Varanasi e Rishikesh. vou desembarcar em Deli, Qual seria o melhor roteiro e meios de transportes para me levar a cada cidade, levando em conta meu orçamento apertado?! Lembrando que ao final preciso voltar para Deli para pegar o avião de volta ao Brasil. Help me!!!

  21. bom dia … curiosidade … trabalhar em bangalore … seria ruim ?? ou é possivel levantar um cash durante um ano … ou mais … agradeço .. pergunto porque apareceu uma oportunidade de emprego nessa cidade … grato pela atenção

    1. Oi, Marcelo.

      É uma cidade boa, com boa estrutura. Muita gente vai trabalhar lá. Não sei se os salários são bons, francamente, afinal a rúpia é muito desvalorizada. Então depende da proposta.

  22. Bom dia.

    primeiramente parabéns pelo site.

    gostaria de saber quanto tenho que levar, mais ou menos, para passar 6 meses na índia, para duas pessoas. sem colocar no roteiro hoteis 5 estrelas, taxi todos os dias, essas coisas. pontos turisticos, algumas pequenas compras, restaurantes são nossos ponto forte.
    dei uma olhada nos preços e msm assim continuo inseguro.

    gostaria de saber também os 6 melhores meses para viajar o 1° semestre ou o 2°?

    estou meio que sem noção.

    abraço

  23. Estou encantada com o blog de vocês!
    Estou planejando uma viagem para Índia faz algum tempo.
    Encontrei tudo o que precisava saber aqui.
    Ainda não tenho data marcada, mas lendo tudo sobre o que vocês relataram, tenho certeza que farei a viagem da minha vida!
    Talvez meu maior problema seja a comunicação, meu inglês e ruim :/. Mas isso não irá me desanimar!
    Obrigada! Abraços

  24. Gente estou amando esse site. Queria ir ao Peru e agora mudei para a India! Quero ir sozinha, embora já tenha visto que não é aconselhável. Tenho 46 anos, acho que a idade impõe um pouco de respeito. No total quanto se gasta em uma viagem?

  25. Desde que achei esse blog, tenho tido a sensação de viajar pra longe não é um bicho de 7 cabeças. Sempre tive vontade de ir à Índia, me identifico com a cultura, mas fui desenconrajada, e esse blog reacendeu minha vontade de ir pra lá de uma maneira gigantesca. Obrigada, gente. Sucesso pra voces! em breve estarei lá!

    1. Oi, Bárbara!

      Fico feliz de saber disso, afinal essa era nossa intenção. 🙂

      A Índia é incrível e vale MUITO a viagem. Tem seus problemas, claro, mas muitas coisas incríveis também.

      Abraço.

      1. hehehe até os Problemas se tornam incríveis na Incredible India…To louco pra voltar quem sabe 2016…na verdade minha essência ainda está lá pelas no sopé dos Himalaias…na beira do Ganges…_/\_ AbraçOmmm

  26. Olá. Primeiro, excelente o site! Parabéns.

    Bom, irei a Índia em fevereiro, para um congresso em Calcutá. Antes de Calcutá, terei 4 dias em Delhi. Consigo fazer Delhi, Agra e Jaipur nesses 4 dias? Em Calcutá serão mais 4 dias. Sugerem algo?
    Queria umas dicas…
    MUito obrigado

    1. OI Henrique

      4 dias apenas p/esses tres lugares, acho muito puxado devido às distancias. Por mais que Jaipur seja digna de visita, eu deixaria de ir a Jaipur mas não perderia Agra por nada desse mundo! Obviamente pelo Taj Mahal que é incrível. A menos que geograficamente seja lógico para quem vai estar em Calcutá, fazer outra montagem de roteiro.

      Boa viagem!
      Marcia

    2. Oi, Henrique.

      Concordo com a Márcia. Até dá tempo, mas seria uma correria tremenda. Ainda mais se você tiver acabado de chegar na Índia, depois de um voo internacional bem longo e sofrendo de todo o impacto de fuso horário (e o cultural também, claro).

      Acho que o melhor seria dedicar tempo para Delhi (que tem suas atrações) e Agra. Deixa Jaipur de lado. 🙂

      Já em Calcutá não tem muito o que fazer. Além de ver as atrações da cidade, um passeio comum é fazer uma viagem de um dia para Mayapur, que é uma cidade de peregrinação Hare Krishna, a 140 quilômetros de Calcutá.

      Outra sugestão seria você gastar esses 4 dias em Varanasi, que é incrível. Você poderia ir de avião ou pegar um trem noturno para lá. Mas aí teria que gastar todo o tempo em Varanasi e se esquecer de Calcutá. Eu acho que pode ser uma boa troca. 🙂

  27. Amigos do blog acompanho o belo trabalho de vcs que enriqueceu e muito minhas pesquisas..Muito bom todo o conteúdo..
    Estou com passagem comprada para Índia dia 22-10 fiz todo o planejamento financeiro para ficar 4 meses Índia e Sudeste Asiático (Laos, Vietna, Camobja e Thai) .Fiquei sabendo hoje que minha amiga vai mais fazer a viagem.Pior ela fala ingles e eu não!! Ja morou na Índia e eu estava super segura de de fazermos este roteiro juntas
    Não sei o que fazer..Se peço reembolso…Se vou adiar..

  28. Amigos do blog acompanho o belo trabalho de vcs que enriqueceu e muito minhas pesquisas..Muito bom todo o conteúdo..
    Estou com passagem comprada para Índia dia 22-10 fiz todo o planejamento financeiro para ficar 4 meses Índia e Sudeste Asiático (Laos, Vietna, Camobja e Thai) .Fiquei sabendo hoje que minha amiga vai mais fazer a viagem.Pior ela fala ingles e eu não!! Ja morou na Índia e estava super segura de de fazermos este roteiro juntas
    Não sei o que fazer..Se peço reembolso…Se vou adiar..

  29. Oi Rafael!

    Esse blog tem me ajudado muito!!! Embora eu esteja acostumada viajar para a Europa, eu nunca fui a um pais da Ásia. A Índia é o meu alvo agora, e tenho pego as dicas da Luíza, mas agora pintou a duvida quanto a vacinação e a carteira internacional de vacinação. Li no blog, que vamos ao posto de vacinação e depois na Anvisa??? Como assim??? Anvisa??? Onde acho isso???
    Eu moro no ES, que órgão eu procuro aqui, como funciona esse processo???

    Desde já agradeço!

  30. Olá Rafael!! Comprei o guia que vcs fizeram e já estou na página 196 e claro estou super satisfeita com todas as dicas que vcs oferecem. Estou querendo fechar Índia em Fev /15 e passar uns 15 dias lá, essa época será inverno lá, vc acha tranquilo esse período?
    Katia

    1. Que ótimo, Katia. Qualquer dúvida, crítica ou observação sobre o guia é só falar.

      Sobre sua pergunta, depende da parte Índia que você vai visitar. Na região do Himalaia ainda está frio, mas esquentando. Nessa área os meses mais gelados são dezembro e janeiro, quando neva e as temperaturas ficam abaixo de zero.

      No sul está quente, enquanto em regiões ao norte (mas não no Himalaia, tipo na região de Delhi, por exemplo), as temperaturas ficam entre 12° e 24°.

      Abraço.

  31. Minha Viagem no final de 2013 foi muito Auspiciosa…Gratidão sempre as dicas maravilhosas do Rafael…fui com uma parceira que conheci na Net…nos conhecemos no Aeroporto do Galeão…voamos pela EMIRATES com serviços excelentes..e fizemos uma experiência Incrível na Incredible India e até estendemos ao o NEPAL sensacional…não tenho palavras para expressar…pretendo voltar e ir mais ao Norte…Caxemira…na Caverna de Amarnath…gostaria de Adicionar a Maria pra falarmos sobre a Caxemira…no facebook AleyShanti…AbraçOmmm…Namastê!!!

    1. Roubo roubo, a mão armada, eu acho que não tão comum, Dennis. Há furtos, batedores de carteira, gente assim.

      Mas isso tem em qualquer lugar do mundo, inclusive na Europa. É preciso tomar cuidado.

      Abraço.

  32. Olá Rony Lima, acabei de chegar da Índia fui para Amritsar, em relação a ruppia é só na Índia mesmo que vc consegue trocar. Vc precisa trocar o dollar pela ruppia, tem no aeroporto da Índia, em hotéis e até em algumas lojas de roupas/acessórios. Consegui trocar 1 dollar por 59 ruppias. Abraço Valeria.

  33. Boa noite !! Vou fazer uma viagem de 12 dias para a india em nnovembro 4 dias em Deli !! 3 em Jaipur, 2 em Agra e mais 3 dias em deli !! Qual e a melhor dica para torcar real por rupia ?? La na casa de cambio ?? aceitam real ??? ou no aeroporto ?? Teria mais algum que me indicaram por perto ??
    Att Rony !! e Muito bom o blog devcs tem me ajudado muito !!

    1. Oi, Rony.

      Sinceramente, não sei se você consegue comprar rúpias no Brasil. O melhor caminho deve ser trocar seu dinheiro para dólares e lá na Índia trocar por rúpias.

      Qualquer dúvida é só falar.

      Abraço.

  34. Estou meio perdida fazendo um planejamento de viagem a Índia e peço ajuda. Já estive lá em 2009, mas apenas no sul. Agora meu filho vai mochilar um mês, começando por Nova Deli e eu vou apenas uns 12 dias para conhecer “meu sonho” Taj Mahal e o que mais for possível nesse prazo de tempo. Comecei a ler tudo quanto possível e o que mais está me preocupando são os transportes. Já descartei usar ônibus, pq já vi que é punk demais para minha natureza rsrs. Vocês acham que uns 12 dias será suficiente p/ fazer a sugestão de vocês do roteiro básico, indo de ND a Varanasi e voltando a Delli p/meu retorno ao Brasil (visitando obviamente, Agra, Jaipur e Jailsalmer)? Alguém já me disse que o único trecho longo desses mencionados seria esse para Varanasi (mas não sei se considerou direto de Delli p/lá) e seria interessante nesse trecho em especial cogitar a ida de avião. O que vocês pensam disso também? E estando em Jailsalmer, fica ainda longe para chegar a Varanasi?
    Já fiz várias reservas em sites de trens pela Europa e nunca me senti tão insegura, como dessa vez!
    Obrigada!

  35. Bom demais suas dicas Rafael, parabens mesmo!!

    POderia me falar como anda a economia lá na india? estou pensando em investir algum dinheiro lá, sabe comprar algumas casas e montar uma empresa de TI, poderia me falar se os valores de casas são acessiveis e se conhece alguma “imobiliaria” de lá?

    Abraços cara 🙂

    1. Opa, só agora vi seu comentário.

      Rapaz, sinceramente não sei te responder suas perguntas.

      Desculpa, mas vai além do que eu consigo te ajudar. 🙂

      Abraço.

  36. Olá, Rafael… É de grande interesse meu ir conhecer a Índia e, desde já, agradeço a postagem no seu blog, pois me ajudou bastante. Como você já foi a Índia, gostaria de saber se é de seu conhecimento algum site que vende passagens em rúpias. Caso sim ou não, peço que recomende alguns sites, por favor.
    Desde já, Agradeço…

  37. Namastê Rafael & Amigos do Blog, Quarta feira 29 de Janeiro estou embarcando para INDIA via DUBAI…gostaria d Agradecer mais uma vez as preciosas dicas postadas e compartilhadas…agora é mente e Coração abertos para essa sonhada Vîvência que esta só começando…Luz Paz Amor a Todos…e Akele AbraçOmmmmmmmmm…

  38. Olá Rafael,
    Sinceramente esse foi o blog mais sensato e esclarecedor que encontrei até agora em relação a viagens à Índia. Parabéns!
    Estou pesquisando a algum tempo tudo relacionado a viagem ao país, passagens, hotéis documentação entre outros. (hotéis achei que estavam baratos tendo em vista o padrão que ví no site). Pretendo conhecer o país, conheço pessoas no norte (Shimla), pesquisei tudo em relação a pontos turísticos e períodos viáveis (amo neve), quanto as questões culturais, estudar tudo a respeito do país é extremamente importante já estou fazendo isso a um tempo, bem como aprimorando meu inglês. No entanto, minha preocupação na verdade vem do que ouço diariamente, em relação de que é um país onde há um grande número de violência contra mulheres (isso me preocupa), mas isso acontece no Brasil todos os dias sob nossos olhos também. Tendo em vista que é uma viagem que terei que fazer sozinha, e sem o boa sorte de ninguém que conheço no Brasil. Seu blog já está salvo em meus favoritos e irei consultar sempre que tiver dúvidas, e em uma breve consulta agora a noite, ví que o trajeto feito através de Londres, (na data que pesquisei), sai um pouco mais barata do que por Jhoanesburgo. Ficarei atenta a suas dicas.
    Abraçosssss

    1. Oi, Eliane.

      Fico feliz de saber que você gostou do blog!

      Infelizmente há mesmo esse problema na Índia. Te garanto, sem medo de errar, que essa é a questão mais complicada de qualquer viagem para lá. Dá uma olhada nos dois textos que já publicamos sobre o assunto:

      https://www.360meridianos.com/2012/01/as-mulheres-na-india-ou-falta-delas.html

      https://www.360meridianos.com/2013/02/guia-para-mulheres-india.html

      Espero que te ajude. Em caso de dúvida, basta perguntar.

      Abraço.

  39. Oi tudo bem?
    Adorei deu blog, são dicas muito boas eu estou querendo viajar para Índia ainda este ano mais precisamente para Cochin no estado de Kerala. Eu gostaria de saber se você tem alguma dica sobre essa cidade do sul da Índia?
    Desde de já agradeço sua atenção.
    Abraços e até mais.

  40. Ola, Rafael. Acabei de ver o seu blog e esta me ajudando bastante.
    Pretendo viajar para a India em dezembro/2014 a passeio entre 15/20dias em Punjab/Amritsar.
    Minha duvida é em relaçao ao visto. Li em outro blog que é necessario o envio do passaporte para o consulado, vc sabe se a devolução é rapida? Pergunto porque viajo para Orlando em Setembro. Neste caso o que vc recomenda, tirar o visto depois de Setembro? Ou antes?

  41. Olá Rafael, tudo bem!! 🙂

    Amei seu site, principalmente relacionado a Índia, pois realmente a reação da maioria das pessoas quando falo que quero conhecer a Índia é realmente igual a como você cita..rs a escolha deste país para mim é uma questão pessoal e espiritual, quero muito conhecer este lugar, mas estou tentando criar coragem, quero ir para Pune na Índia, se você tiver alguma coisa relacionada a está cidade por favor publique rsrs, gostaria de mais dicas até mesmo a voos pra Índia se puder é claro, dicas de gastos em gerais estadias em hotéis, alimentação, passeios.. enfim tudo o que for possível! rsrsr

    Abraços!

    1. Oi, Meryellen. Tudo bem, e você?

      Antes de mais nada, fico feliz de saber que você gostou do blog. E corre atrás do seu sonho de viajar para a Índia, porque o país é incrível mesmo!

      Dá uma olhada neste link aqui, com tudo que já publicamos sobre a Índia. Certamente você vai achar muita coisa por lá:

      https://www.360meridianos.com/viajar-para-india

      Infelizmente não conheço Pune, então não posso te ajudar nisso. Pesquisando na internet, achei o relato de um brasileiro que foi lá. Olha só:

      http://maefuipraindia.blogspot.com.br/2009/08/pune-que-raio-de-cidade-e-essa.html

      Sobre a passagem, o negócio é ficar atento em promoções mesmo. Acompanhe sempre o site Melhores Destinos (http://www.melhoresdestinos.com.br). Eles postam notícias de promoções diariamente.

      Qualquer coisa volte a perguntar.

      Abraço!

  42. Rafael,
    Parabéns! Adorei as dicas.
    Estou planejando ir para a Índia em fevereiro de 2014. No entanto, os valores do aéreo são muito altos, se comparados a outros destinos (inclusive o da British que você cita). Você tem alguma dica quanto a isso?
    E quanto a pacotes turísticos? Recomenda algo ou vale a pena ir na coragem?

    Abraço

    1. Oi, Gabriel.

      Dá uma olhada nas passagens da South Africa Airways, com escala em Johanesburgo e chegando na Índia por Mumbai. Pode ser que esteja mais em conta.

      Além disso, fique sempre de olho no site Melhores Destinos. Eles costumam postar umas promoções para a Ásia lá.

      Sobre o pacote, isso depende de você. Por um lado, certamente deixará sua viagem mais cara, além de você perder um pouco de independência. Por outro, deve ficar mais tranquilo de enfrentar a Índia. Enfim, é uma escolha pessoal e envolve o tipo de viagem que você costuma e gosta de fazer.

      Qualquer coisa é só perguntar!

      Abraço!

  43. Boa tarde,Esta tudo?,eu estava procurando umas dicas para presentes e ca vim
    ao seu blog.
    Fiquei fascinado com o seu texto e decidi colocar o seu site
    aos meus marcadores.

    Prometo que irei ler os restantes artigos do seu blog pois tem muita informação interessante.

    Tenha um resto de bom dia
    Ana Matos

  44. bom dia, queria receber dicas para viajar para índia, pois só falo português e não sei o que fazer para viajar, pois é um sonho conhecer esta região.
    obrigada
    fatima

  45. eu e meu marido queremos ir á INDIA em março/2014;porém não falamos inglês e iremos sem agencia de turismo e sim de forma independente.Você acha que por conta disso teremos grandes dificuldades.Ficaremos em torno de 20 dias.

    1. Oi, Catarina.

      A dificuldade maior deve ser a comunicação. Vocês não falam nada de inglês mesmo?

      O inglês é como um segundo idioma por lá, todo mundo fala. Já o nosso português ou o espanhol são desconhecidos pela maioria absoluta.

  46. Olá Rafael,

    Depois de muitos vai não vai, já está certo e vamos mesmo à India 😉 vamos para Mumbai a meio de Novembro (por causa dos valores de avião optámos por Mumbai em vez de Delhi) e por causa da falta de tempo que temos (pois só podemos ficar 15 dias) e porque já não conseguimos bilhetes de comboio para alguns trajectos, preferimos fazer algumas viagens de avião, gostaria de saber se viajaram nas companhias low cost da India?
    Estávamos a pensar na Indigo, Spicejet e Jetairways.

    O nosso roteiro será Mumbai, Jaipur, Agra, Delhi e Varanasi.

    Obrigada

    Beijos

    Téu

    1. Legal seu roteiro, Téu.

      Voamos de Indigo e Jetairways. Foi tudo tranquilo, naquele esquema de low cost mesmo. Não tenho reclamações e nem nada de muito especial a dizer sobre elas.

      Francamente, viajar de avião é uma ótima escolha, principalmente para quem vai fazer trechos mais distantes.

      Depois conta pra gente como foi sua viagem.

      Abraço!

  47. Rafael, eu adorei as dicas! Já estou planejando minha viagem para o ano que vem! 🙂
    Meu principal objetivo é ir até as fábricas artesanais de tecidos, especialmente aquelas que imprimem manualmente as padronagens, sabe? Os famosos block printers… Voê visitou algum lugar desse? Tem algum info para me passar, por favor?

    Obrigada!
    Abraço!

  48. Namastê Rafael…Muito Auspicioso Blog…realmente esclarecedor…Estou me organizando pra realizar o sonho de Vivenciar a India a primeira vez possivelmente em Fevereiro 2014…O meu desejo é fazer d forma Independente como peregrino…assim vou d Mala ou Mochila?…hehe…pois desenvolvo a espiritualidade, sou Yogaterapeuta e Músico…gostaria de ficar uma Temporada em Rishikesh…sentir o que é praticar Yoga e meditar aos pés do Himalaia entoando Mantras…e tbm viajar conhecer outras lugares cmo Varanasi…Vrindavan…Agra…Amritsar…

    Parabéns plo Blog c Posts Interessantíssimos…

    1. Obrigado pelo comentário, Aley!

      Quando eu voltar por lá quero fazer como você: ficar uma temporada em Rishikesh, e não somente poucos dias, como fiz da outra vez! Certamente deve ser uma experiência fantástica.

      Abraço!

  49. Ola Rafael, voce nao faz ideia como suas palavra clarearam minha mente e me passou seguranca…estou para ir a india entre dezembro e janeiro, mais o desespero esta batendo pq sera primeira viagem internacional de alguem que tem quase zero em ingles e nao conhece nada fora do Brasil. Estou com muito medo e tudo que leio na internet sobre dicas de visto,moeda,detalhes culturais…tudo isso me interessa. O fato real e que estou em panico mais totalmente decidida a ir pq meu coracao esta pedindo. Tem alguem la que esta esperando por mim e nao fala meu idioma. o relacionamento virtual ja dura ha quase 2 anos com frequencia diarai,comprometimento e respeito que talvez eu nunca tenha encontrado com alguem proximo de mim….encontrar tua pagina hj foi um presente por ser tao esclarecedora. Bem se vc puder me ajudar mais um pouquinho, estou vendo trecho rio de janeiro, paris com pernancencia no aeroporto de 2 horas e meia apenas, achei interessante por eu ficar o menos tempo possivel em um lugar totalmente estranho para mim. o que vc acha? alem disso acho que a preocupacao com o tempo nessa epoca e as roupas adequadas para uma mulher turista nesse pais tambem estao me aterrorizando…kkk. te agradeco pela ajuda,abraco…

    1. Oi Lara,

      Que bom que o blog foi útil! =)

      Para que parte da Índia você vai? Sobre roupas e a questão de ser uma mulher turista por lá, leia os posts abaixo:

      https://www.360meridianos.com/2012/01/as-mulheres-na-india-ou-falta-delas.html

      https://www.360meridianos.com/2013/02/guia-para-mulheres-viajar-india.html

      A Índia é um país incrível, mas realmente desafiador. Francamente, eu não aconselharia ninguém a fazer a primeira viagem internacional para lá, ainda mais não falando inglês e sendo mulher, sem a companhia de um brasileiro. Por mais que você conheça alguém lá, vai ser sim difícil.

      Isso não significa impossível, claro, mas acho que preciso te dar essa palavra de cautela. As coisas funcionam de forma completamente diferente por lá. Por isso, pense com calma e planeje bastante. O mais importante é saber o máximo sobre o país.

      Enfim, boa sorte! Depois conta para gente o que você decidiu, tá?

      Abraço!

  50. Olá, Rafael!

    Adorei o seu blog!!! eu tenho muita vontade de conhecer a Índia um dia. Parece ser um país incrível mesmo. Eu nunca fui para o exterior, e quem sabe, essa não será a primeira vez? Parabéns, pelo blog! e a suas dicas serão de muita valia pra mim. Quando eu tiver alguma dúvida, já sei aonde procurar.
    Abraço, Lila.

  51. Rafael estou pretendendo ir para a India no dia 05 de SETEMBRO, o roteiro é Delhi, Agra e Jaipur a empresa de turismo contratou um ônibus para nos levar ao roteiro, você acha que é viável? estou quase desistindo por dois motivos 1-periodo de monções 2-como você disse ônibus não seria uma boa opção o que você me aconselha?

    1. Oi Helbert,

      Acho que o ônibus é a pior opção, mas isso não significa que é desaconselhável completamente. Nós viajamos muito de ônibus por lá – acho que a maior parte das viagens, inclusive, foi assim. Só verifique como é esse ônibus. Provavelmente deve ser um Volvo, o que significa que você pode ir tranquilo, já que seria um ônibus confortável e não muito diferente do que temos no Brasil.

      Sobre as monções, setembro é o final do período. Muito provavelmente não estará tão ruim como em junho e julho.

      Enfim, pesa as coisas direitinho antes de descartar uma viagem que pode ser bem legal. =) E boa sorte!

  52. Boa noite Rafael,

    Vou para a India agora em agosto a trabalho. Ficarei uma semana em Bangalore e 1 semana em Mumbai.No meio tem um final de semana livre. Vc acha mais interessante ficar em Bangalore ou em Mumbai neste final de semana. Acho que uma viagem mais longa (Delhi ou Agra) não compensa. O que vc acha. Parabéns pelo blog e pelo post. Muito bons.
    abs

    1. Oi Catarina,

      Confesso que nunca tinha lido nada a respeito das clínicas de barriga de aluguel da Índia. Não sei o endereço de nenhuma, mas achei alguns links que podem te ajudar. Em alguns deles há nomes de empresas, inclusive. Dá uma olhada:

      http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1225026-casais-vao-a-india-em-busca-de-barrigas-de-aluguel-assista.shtml

      http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1225062-ao-menos-3-casais-brasileiros-foram-a-india-em-2012-para-ter-bebes-com-barriga-de-aluguel.shtml

      http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/07/110728_india_barriga_aluguel_cc.shtml

  53. Olá,

    Fantástica as dicas, parabéns pela inciativa, elas me orientar na viagem que farei com meu marido a Índia no ano que vem.

    Grata,
    Abs

  54. Ola!

    Estou planejando uma viagem de 40 dias por toda a India no final de dezembro… Como vou viajar so e ja fiz duas viagens com Contiki, procurei algum tour parecido que fizesse a India e encontrei Imaginative Traveller, que atraves da Dragoman tem um tour que chama India Unpluged… ja ouviu falar? Queria saber se sao bons.
    Outra duvida e se e seguro viajar de trem pela India…
    Abs e parabens pelo excelente blog!
    Mariana Aguiar

    1. Oi Mariana,

      Não sei se essas agências são boas porque viajamos de forma independente. Desculpa, mas não posso te ajudar nisso.

      Sobre viajar de trem, nós fizemos isso por todo o país. É bem mais seguro que viajar de ônibus. Opte pelas classes mais confortáveis, tipo 1AC, 2AC ou 3AC. Tome muito cuidado com sua bagagem – vale acorrentar à cama. Para mais detalhes veja esse post aqui:

      https://www.360meridianos.com/2012/06/trilhos-da-india-um-guia-sobre-como.html

      Qualquer dúvida é só falar!

  55. Amei o post!
    Meu sonho é conhecer a Índia. Sou apaixonada pela cultura e principalmente pela dança indiana. Estou juntando dinheiro pra isso a algum tempo.

  56. Olá, estou gostando muito do blog, muito útil para quem deseja viajar, mas minha dúvida é a seguinte, pretendo viajar a India no ano que vem eu e minha esposa, mas estou na duvida pois tenho um filho de 3 anos e queria viajar sem um pacote de turismo será que terei muita dificuldade por estar com uma criança de 3 anos e por ter um inglês ruim?

    Obrigado e desculpa pela pergunta se parecer meio idiota.

    1. Oi Vagner,

      Olha, isso depende um pouco do seu caso. Você já viajou alguma vez de forma independente, sem agências de viagens, para fora do país? Se a resposta for positiva, certamente vai facilitar na hora de lidar com a Índia. É um país incrível, mas complicado. Então acho que é bom que o viajante já tenha testado as habilidades em outro lugar antes. Fora isso, acho que é possível sim. Você vai passar por algumas dificuldades, mas nada de muito terrível.

      Sobre o inglês, não é necessário ser fluente ou dominar completamente o idioma, até mesmo porque os indianos não são. Mas é preciso ter um inglês básico, que garanta alguma conversa, tipo para pedir comida, negociar o preço de uma corrida de taxi, um hotel, pedir informações, etc… Não conte com o portunhol, que é inútil por lá.

      Espero ter ajudado! Qualquer coisa volte a perguntar. E não, sua pergunta não foi nada idiota. =)

    1. Oi Flávia! Eu fico muito feliz toda vez que alguém fala que o blog foi útil e ajudou numa viagem.Afinal, esse é nosso objetivo.

      E eu também quero voltar lá! Fiquei seis meses, mas ainda tem tanta coisa pra ver.

      Abraço!

  57. Olá, Rafael! Você acha que vale a pena viajar pra Índia com uma excursão? Deve ficar mais caro que um roteiro independente, mas a segurança deve ser maior, não é?
    Pelo que li aqui, não é preciso gastar muito pra ficar em um bom hotel na Índia, mas isso se aplica também aos hotéis internacionais lá?

    1. Oi, Marina.

      Sim para as duas perguntas. Certamente fica muito mais caro, mas acho que é mais seguro se a outra opção for você viajar sozinha. Mesmo que viajar pela Índia não seja exatamente a mais perigosa das coisas, é sempre prudente evitar andar sozinha por lá, principalmente para as mulheres. O único problema é que viagens assim podem ficar um pouco engessadas. Enfim, é uma escolha a ser feita.

      Não consigo te falar sobre os preços desses hotéis internacionais simplesmente porque não fiquei neles. Mas te garanto que você vai achar ótimos hotéis bem mais baratos do que os que existem no Brasil. Todo o custo de vida é mais barato, seja sua viagem com mais conforto ou uma do tipo econômico. Como regra, vale pesquisar e barganhar sempre. Espero ter ajudado! Qualquer dúvida volte a perguntar!

      Abraço!

      1. Parabéns, Rafael! Muito bom mesmo!
        Fiquei ainda mais animado para ir para lá.

        Sabe me dizer se a Gets Holidays é confiável?
        Eu tinha visto um pacote deles…

        Fico com receio de eu mesmo procurar os hotéis e passeios e me enrolar.

        Obrigado.
        Abs

        1. Oi Edson! Que bom que gostou do blog! Infelizmente não tenho como te dar essa informação, já que eu nunca testei para garantir se é confiável e funciona legal. Como ficamos muito tempo por lá, preferimos fechar as coisas nós mesmos. Qualquer outra dúvida é só falar! Se eu souber, terei prazer em te ajudar. Abraço!

  58. Rafael, estou pesquisando porque quero viajar, masi tempo mesmo somente em setembro. Pergunta tonta ha uma época de chuvas? Porqeu ai sim eu evitaria bem isso.
    Com faço com hoteis e para contratar o serviço (guia turistico)
    Fiz varias viagens mas todas elas no Brasil Amazonas, Acre, Piaui, Maranhão. Agora vamos a novas descobertas.
    Otimo el blog felicitações.

    1. Oi Monica. A época das monções na Índia vai de junho a setembro. Eu acho que o pior mesmo é entre junho e julho, quando o calor é insuportável e as tempestades são muitas. Setembro já é o fim dessa época, então a situação não é tão grave. A partir de outubro as temperaturas ficam mais amenas e as tempestades mais raras.

      Sobre hotéis, você tem várias possibilidades. Pode contratar uma agência aqui no Brasil, que já fecha tudo para você. Ou você pode reservar hotéis por conta própria, via internet, depois de consultar as referências do hotel em sites como o TripAdvisor. Ou você pode achar o hotel na hora e na marra mesmo. Foi esta última a nossa opção, mas a gente tinha muito tempo, ou seja, podíamos fazer isso sem nenhuma pressa. Qualquer dúvida volte a perguntar! Abraço.

  59. O melhor blog de viagens me acendeu a chama de mais de 10 anos de amor a esse lugar e a coragem de conhece lo, todos falam de aromas e cores e sem duvida eu que descobrir muito mais!!! Ainda esse ano!

    1. Olá Carol! Obrigado pelo elogio. Ficamos muito felizes toda vez que alguém diz que resolveu acordar aquele sonho antigo e viajar para algum lugar. É exatamente esse o nosso objetivo com o blog. Se tiver qualquer dúvida na hora de planejar sua viagem é só falar com a gente! Abraço.

  60. Olá, Rafael,
    Suas informações me foram muito úteis, obrigada!!
    Estou pretendendo ir a Varanasi e McLeod Ganj em agosto ou setembro. De sua experiência, o que você acha? Chove muito, ainda há muito calor?
    Agradeço imensamente pela atenção,
    Um abraço,
    Stella

    1. Olá Stella,

      De junho a setembro é época das monções na Índia. Chove bastante e o calor é muito intenso. McLeod é no Himalaia, então lá você não teria o problema do calor. Já as chuvas são um problema, já que a estrada até lá é muito ruim e as monções só pioram a situação…
      Espero ter ajudado. Qualquer dúvida pode perguntar.
      Abraço!

  61. Oi Rafael! Que dicas bacanas!
    Pretendo ir à Índia em 2013 e queria saber se março é um bom mês. Muito quente?
    Qual valor aproximado diário de gastos com alimentação?
    Obrigada pela atenção! E parabéns!
    Abs

    1. Oi Flávia! Em março o calor é suportável na maior parte da Índia. Em algumas cidades já é quente, mas dá pra aguentar. Sobre o orçamento, não se preocupe. Comida é uma coisa muito barata por lá. Com R$ 40 por dia você toma café da manhã, almoça e janta em bons restaurantes. É lógico que é possível gastar mais ou até mesmo menos – nós gastávamos uns R$ 15 por dia com todas as refeições – mas acho que dificilmente alguém precisa economizar tanto durante uma viagem. Qualquer dúvida pode perguntar!
      Abraço!

  62. Rafael!

    Faço parte do segundo grupo, corajosa e curiosa!! 😀
    Morei na India por 7 meses, mais precisamente em Nova Delhi! E posso dizer que amei a experiência e tenho certeza que voltarei para a “Incredible India”!
    Adoro o seu blog!
    Abs

    1. Olá Beatrice, que bom que você gostou! Fevereiro é melhor do que julho, já que em julho o calor é intenso na Índia. É quente mesmo, em algumas cidades chega a ficar insuportável, tudo por causa do período de monções, que vai de junho a setembro. Em fevereiro as temperaturas são mais amenas. Qualquer dúvida é só perguntar!

    1. Boa noite.
      Parabéns! O seu blog está ótimo!
      Rafael, eu quero muito conhecer a Índia, mas quero chegar até a Caxemira, você tem alguma informação para me ajudar? Há muitas restrições devido aos conflitos?
      Abraços
      Maria

      1. Oi Maria! Eu também quero muito ir à Caxemira! Conheci muita gente que foi, mas infelizmente não consegui ir no tempo em que estive lá, então tenho que marcar uma segunda viagem. hehehe

        Olha, que eu saiba o maior problema é como chegar lá. Se você for por terra, partindo de Nova Délhi, pega uma das rodovias mais perigosas do mundo. E que fica fechada boa parte do tempo, já que as estradas congelam. É possível também ir de avião.

        Este ano eu sei que houve um ataque num quartel lá, mas a situação estava calma há alguns anos já. Enfim, creio que o mais importante é escolher a época certa para ir.

        Lamento não poder ajudar mais.

        Abraço

        1. Bom dia Rafael!
          Obrigada por sua resposta, você é muito gentil.
          Eu sou historiadoda e faço parte de alguns grupos pelo facebook, em prol da liberdade da Caxemira. Sei que eles estão sempre em estado de alerta, de toque de recolher. Isso me deixa preocupada mas não consegue diminuir a vontade que tenho de ir e conhecer toda aquela beleza hahaha. Caso eu decida ir irei de avião. Eu não consigo encontrar pacotes de viagem, ou grupos de pessoas que queiram fazer o mesmo que eu.
          Você conhece algo para me informar? Eu sei que não é muito interessante uma mulher viajar sozinha pela Índia, principalmente por uma região tão cheia de conflitos. Por favor se possível me informe.
          Eu te agradeço muito!
          Abraços
          Maria

          1. Nem precisa agradecer, Maria, estamos aqui pra ajudar =) . Olha, eu fiz minha viagem de forma independente, então não tenho como indicar uma agência de viagens, simplesmente porque não testei nenhuma pra garantir que funciona. Mas acho mesmo que o melhor é fazer a viagem com algum acompanhante.

            Tem sido muito comum aparecerem pessoas aqui no blog que procuram por companhia ou grupos para viajar. Se você tiver interesse, posso tentar te colocar em contato com elas.

            Abraço

  63. Parabéns!!!!! O blog está demais!
    Viajarei para a India em novembro próximo e tudo que voces escreveram é muito útil nos prepativos.
    A linguagem, o modo de escrever nos fazem sentir o que deve ser a Índia.
    Belo futuro como reporteres de revistas e/ou guias de viagem .

    Aguardo mais postagens.

    1. Rafael, voces já deram dicas de como as mulheres devem se vestir, e os homens? Pelo que vejo nos vídeos, filmes, os indianos estão sempre de calça e camisa de manga comprida. É isso mesmo? Não é muito quente? Viajarei em nov/12 (Mumbai/Jaipur/Agra/Varanasi/Delhi)
      Agradeço um dica.
      Um abraço.
      Antonio Sergio

  64. ADOREI!!As dicas são essenciais para alguém que assim como eu esta planejando viagem para Índia. Vou em Julho passar 6 semanas,e é muito bom ter colegas que compartilham essa experiência maravilhosa.

  65. Fui para a Índia em setembro/11 pela South African Airway. Foi bem mais barato que ir por uma companhia europeia e o serviço é primeiríssima qualidade. Recomendo!
    O único porém é que eles só voam para Bombaim e não todos os dias da semana.

    1. Verdade, Roberto. A South African é uma ótima empresa mesmo. Essa é uma boa opção, principalmente se for temporada na Europa, o que pode encarecer as passagens com escala por lá. Várias pessoas que iam fazer o trecho Brasil – Índia com escala em Londres me contaram que os preços subiram muito por conta das Olimpíadas,por exemplo. Valeu pela dica!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.