fbpx

O que fazer em Porto Seguro: roteiros, praias e guia completo

Há tanto o que fazer em Porto Seguro que se você só pensa em se esticar na praia, pode se surpreender. Descobrir os cenários que marcaram os primeiros passos do processo de conquista e colonização portuguesa desse lado do oceano é quase uma obrigação para o viajante brasileiro, afinal a Costa do Descobrimento transpira história e cultura, além de contar com algumas das praias mais bonitas do país, das lotadas às desertas.

Além dos badalados Axé Mói e da Passarela do Álcool, a cidade coleciona marcos históricos, museus, casarões coloniais e agitação, além, é claro, dos seus belos cartões postais e dos célebres distritos de Arraial d’Ajuda, Trancoso e Caraíva.

praias de porto de seguro mundai

Praia de Mundai. Crédito: Marcio Filho/MTur

Para te ajudar na missão que é desbravar esse que foi o primeiro assentamento português desse lado do Atlântico, preparamos esse guia com algumas dicas do que fazer em Porto Seguro. Vamos lá?

desembarque de cabral

“Desembarque de Cabral em Porto Seguro”, do pintor Oscar Pereira da Silva

Como chegar em Porto Seguro

Porto Seguro tem um aeroporto que fica pertinho do centro e oferece voos diretos para algumas capitais brasileiras. A boa notícia é que, como há uma boa oferta de voos de todas as principais companhias do país, dá pra encontrar bons preços, em especial se você está saindo das capitais do sudeste ou nordeste. O aeroporto está só a 5 quilômetros do local de onde saem as balsas para Arraial.

Dependendo de onde você estiver e da sua animação, também dá pra ir por terra para Porto Seguro. Tem ônibus diretos partindo de Salvador, Vitória da Conquista, Vitória (ES) e outras cidades importantes da região. A rodoviária fica no centro da cidade, também próxima aos principais locais de interesse.

De carro, o trajeto é pela BR-101 até Eunápolis e, dali, pela BR-376.

Quando ir a Porto Seguro

Porto Seguro pode tem um clima predominantemente agradável, sendo possível visitar a cidade o ano inteiro. A alta temporada é o verão, de dezembro a março, quando os termômetros podem registar temperaturas acima de 40°C em alguns dias.

É nessa época que ocorrem também grandes eventos que fazem a cidade ferver, como o Réveillon, o Carnaval e o Carnaporto, que ocorre nos três dias posteriores ao fim oficial da folia no resto do país.

No inverno, as temperaturas caem um pouco, pra casa dos 20°C e você pode enfrentar dias nublados, mas não é nada que estrague a viagem.

Onde ficar em Porto Seguro: 8 dicas de hotéis

Em Porto Seguro, as opções de hospedagem se distribuem, em sua maioria, ao longo a orla ou no Centro Histórico.

Ficar na beira da praia tem suas óbvias vantagens, e alguns dos hotéis mais procurados estão ali, de cara para o mar.

Veja também:
Onde ficar em Porto Seguro: melhores pousadas e regiões

Algumas recomendações de hospedagem na orla de Porto Seguro:

  • Hotel Mundaí Praia: Aconchegante e com carinha de pousada praieira, é um dos campeões de reserva em Porto Seguro e conta com bar, salão de jogos, piscina e outras facilidades. Tem restaurante no local, que oferece café, almoço e jantar, porém nenhuma dessas refeições está incluída na diária (nem o café).
  • Capoeira Village: Complexo de apart-hotéis a 700 metros da praia, com duas piscinas e jardins espaçosos.
  • Vila Miola Hotel: A 450 metros da Praia de Taperapuã e a 300 metros do Axé Moi e Tôa Tôa. Os apartamentos térreos contam com varanda e vista para a piscina.
  • Studio & Spa conforto e design na Praia do Mutá: Casa para temporada completamente equipada para até 2 hóspedes. Tem estacionamento e piscina privativa.

No entanto, se hospedando no centro você fica mais perto da vida noturna e a praia continua a uma distância caminhável da maioria das pousadas ali. Lá também você encontra preços mais em conta que na orla.

Algumas recomendações no centro de Porto Seguro:

  • Pousada Tapuia: Oferece piscina ao ar livre e café da manhã. Está situada a 500 metros da praia, sendo um bom meio termo entre o mar e as casas históricas.
  • Hotel Galeão: Outro campeão de reservas, fica a poucas ruas da praia e a dois passos da popular Passarela do Álcool. Oferece café da manhã, piscina, bar e sala de jogos.
  • Hotel Kalifornia: Hotel simples, mas com bom custo-benefício e café da manhã honesto. Conta com piscina e área de churrasco.
  • Amora Pousada: Aconchegante pousada praiana, com piscina e café da manhã. Os quartos contam com uma varandinha com redes. Decoração aconchegante.

Encontre hospedagem no Centro de Porto Seguro

O que fazer em Porto Seguro

Praias de Porto Seguro

Para quem é de praia (e de axé), não faltam opções em Porto Seguro. As praias mais badaladas têm uma atmosfera jovem e ficam lotadas durante o verão. São elas:

quiosque toatoa praia de porto seguro o que fazer la

Quiosque Tôa Tôa na Praia de Taperapuã

  • Praia de Taperapuã: É ali que ficam as famosas barracas Barramares, Tôa Tôa e Axé Moi. Badaladíssimas, com ótima infraestrutura e que atendem os turistas que chegam com as agências de viagem. É a praia mais frequentada de Porto Seguro, com programação garantida tanto para o dia quanto para a noite.
  • Praia de Mundiaí: É mais tranquila e fica um pouco mais afastada do centro, rumo ao norte da cidade. O mar ali é calmo e a areia é salpicada de coqueiros que ajudam a compor a paisagem.
  • Praia do Mutá: A última praia da Avenida Beira-mar, já na divisa de Porto Seguro com Santa Cruz Cabrália. É uma boa opção para quem quer fugir do axé e da micaretagem das praias mais badaladas. O lugar tem águas mornas, calmas e cristalinas, clima de sossego e corais que ajudam a formar piscinas naturais quando a maré baixa.

Outra opção é o conhecer o Recife de Fora, uma área de preservação ambiental que fica no mar, a alguns quilômetros da costa. Passeios de escuna levam os turistas até lá, que podem mergulhar e fazer snorkeling numa região rica em corais e cheia de peixes de todos os tipos.

Centro histórico de Porto Seguro (Cidade Alta)

Além das praias, Porto Seguro merece ser visitada pela história. Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional, o lugar guarda tesouros como a cidade alta, onde ficam igrejas e casarões da época colonial.

centro historico de porto seguro na bahia

Crédito: Marcio Filho/MTur

O centro foi construído na parte alta da cidade, e era ali que ficavam os principais edifícios oficiais e igrejas. Essa região é um dos primeiros assentamentos portugueses no Brasil. Entre as construções mais importantes, estão o porto naval, o convento e a igreja Nossa Senhora da Misericórdia, erguidos em 1526 pelos jesuítas que fundaram a cidade.

Tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em 1973, o Centro Histórico de Porto Seguro conta ainda com diversas casinhas coloridas do século 16 que hoje abrigam restaurantes e lojinhas de lembranças e artesanato, o Museu do Descobrimento (que talvez devesse se chamar museu da invasão portuguesa?), um farol que é um ótimo cenário para fotos e mirantes que dão de cara parquete marzão azul.

Outro ponto interessante ali é o Marco do Descobrimento, um monumento que teria sido trazido de Portugal para marcar o domínio do Reino naquelas terras.

Quer mais? É também no Centro Histórico de Porto Seguro que fica a passarela do álcool, cheia de bares e restaurantes e que comanda a noite da cidade, que tem a fama de uma das mais animadas do Brasil.

Cidade alta de Porto Seguro

Coroa Vermelha

Oficialmente, Coroa Vermelha pertence ao município de Santa Cruz e Cabrália. As duas cidades, juntamente com Prado, disputam o título de local exato do descobrimento, que é incerto. Mas o que se sabe é que foi ali onde foram realizadas as primeiras missas portuguesas do Brasil.

Há um monumento para marcar o suposto local de chegada das primeiras caravelas. Foi batizado de Marco Zero, apagando a história de todos os povos que já habitavam essas terras antes daquele 22 de abril. É uma enorme cruz de aço, colocada na área no ano 2000 para marcar os 500 anos da chegada de Cabral.

Onde ficar em Porto Seguro: Coroa Vermelha

De qualquer forma, é possível chegar facilmente em Coroa Vermelha, partindo do Centro de Porto Seguro. São poucos minutos de carro ou mesmo de ônibus urbano. Na região fica uma reserva dos índios Pataxó.

Dá pra comprar artesanato típico diretamente com os indígenas na reserva. Eles aceitam cartão.

Porto Seguro, Brasil

Como ir de Porto Seguro a Arraial d’Ajuda ou Trancoso

E você acha que acabou por aí? Porto Seguro ainda tem vários distritos famosos que rendem uma viagem por si só. Ou vai dizer que você nunca cobiçou as praias de Arraial D’Ajuda, Trancoso e Caraíva?

Para acessar esses paraísos, é preciso pegar uma balsa que faz o trajeto entre Porto Seguro e Arraial d’Ajuda. Programe-se, em especial se você viaja em alta temporada, já que a fila pode ficar bem grandinha, fazendo com que o tempo do trajeto se alongue consideravelmente. A travessia custa R$ 22 por veículo nos fins de semana e feriados, ou R$ 18, durante a semana, mais R$ 4,50 por passageiro. Lembre-se de levar o valor em espécie, já que não é possível pagar com cartão.

Vai viajar para a Bahia? Então leia também:
O que fazer em Arraial d’Ajuda: guia de praias e da vila
O que fazer em Trancoso: as praias mais lindas do Brasil
O que fazer em Salvador: dicas, atrações e mais
Onde ficar em Itacaré, Bahia: dicas de praias, regiões e pousadas
Morro de São Paulo, um paraíso na Bahia
Chapada Diamantina: roteiro de 7 dias, como ir, melhor época e mais

Se você viaja em alta temporada, um truque para evitar a fila enorme é fazer a travessia em horários pouco convencionais. A balsa opera 24h por dia e sai a cada meia hora, então cruzar de madrugada, antes do nascer do sol, é uma boa ideia. Lembre-se de combinar o horário de chegada no seu hotel, caso você vá optar por isso.

Se optar por alugar um veículo, não deixe de ler nosso guia completo e com dicas práticas para garantir os melhores preços e coberturas.

Se você viaja sem carro, pode pegar a balsa em Porto Seguro como pedestre. Nesse caso, a travessia custa apenas R$ 4,50 por passageiro. De lá, você pode pegar alguma das vans que ficam paradas ali, esperando os passageiros e que levam tanto pra Arraial quanto pra Trancoso. Ou esperar pelo ônibus que faz o trajeto até o centro da cidade (R$ 3,50). Se você estiver com muitas malas, o ônibus é a melhor opção porque os motoristas da van cobram à parte pelos volumes.


Compartilhe!







KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGENS
Receba nossas novidades por email
e baixe gratuitamente o kit




Natália Becattini

Jornalista, escritora e mochileira. Viajo o mundo em busca de histórias e de cervejas locais. Já chamei muito lugar de casa, mas é pra BH que eu sempre volto. Além do 360, mantenho uma newsletter inconstante, a Vírgulas Rebeldes, na qual publico crônicas e contos . Siga também no instagram @natybecattini e no twitter.

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

6 comentários sobre o texto “O que fazer em Porto Seguro: roteiros, praias e guia completo

  1. Olá Rafael, tudo bem?

    Planejo ir para lá em agosto e me hospedar no La Torre Resort All Inclusive. Como esse hotel, por si só, já é caríssimo, quero economizar para andar pela cidade.

    Vi que a praia do Mutá, onde está o hotel, e a praia da Coroa Vermelha são bem próximas, cerca de 30 minutos de caminhada.

    sabe me dizer se é tranquilo andar por lá? Vivemos em um país bem inseguro né? Já ouvi horrores sobre andar por alguns lugares nas praias de Natal, por exemplo.

    Sobre Trancoso, li muitas coisas dizendo que as praias são distantes e caras (quiosques caros e estacionamento cobrado), conhece alguma que não seja assim e que valha a pena a visita?

    Obrigada!

    1. Oi, Patrícia. Desculpa pela demora na resposta. Acho que é tranquilo sim. E tem um ônibus urbano que faz o trecho e custa coisa de três reais.

      Trancoso é caro mesmo. Muito. Arraial é mais barato, para você ter uma ideia. Mas vale dar uma passada, nem que seja para conhecer. O quadrado, em Trancoso, é lindo.

      Abraço.

  2. Oi Rafael!
    Estive em Porto Seguro em março e, infelizmente, a praia de Coroa Vermelha está cheia de barraquinhas e essa vista maravilhosa que você registrou na foto não existe mais. Uma pena!

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.