Tags:
Atlas: Barcelona, Espanha

O que fazer em Barcelona: 10 principais atrações e outras dicas

Barcelona é uma rara unanimidade turística. Já vi gente dizer que Paris é sem graça, que Londres é muito cinza e que Roma é só um monte de pedras caídas. Ok, gente doida, eu sei. Mas a verdade é que nunca conheci alguém que não tenha gostado de Barcelona. Vai ver é o clima da cidade, ótimo para quem quer aproveitar as férias e relaxar, seja na praia ou num bar. Neste post vamos te contar o que fazer em Barcelona, listando os principais pontos turísticos da cidade e outras dicas imperdíveis para conhecer na capital da Catalunha.

Esse é um guia completo de Barcelona, porque também incluímos dicas que só quem já viveu em Barcelona conhece. Ou seja, tem sugestões de onde comer, como aproveitar a vida noturna e programação cultural da cidade, onde ficar hospedado, para onde fazer bate-volta e muito mais. Vale dizer que não é um roteiro fechado – dependendo da quantidade de tempo que você ficar por lá, será necessário fazer escolhas, deixando atrações interessantes de lado.

Vai viajar? O Seguro de Viagem é obrigatório em dezenas de países da Europa e pode ser exigido na hora da imigração.. Veja como conseguir o seguro com o melhor custo/benefício e desconto!

O que fazer em Barcelona: 10 principais pontos turísticos

  • Templo da Sagrada Família

Principal atração de Barcelona, a Sagrada Família é daquelas igrejas que vale a pena pagar para entrar. E olha que o ingresso passa longe de ser baratinho – a entrada custa a partir de 15 euros e pode ser comprada diretamente no site oficial.

Projeto máximo de Antoni Gaudí, a construção começou em 1882 e Gaudí trabalhou nela durante 40 anos – e morreu durante esse processo. Mesmo assim, a Sagrada Família segue sem ser finalizada. A previsão atual é que a Igreja esteja finalmente pronta em 2026, ano do centenário da morte do arquiteto.

Igreja da Sagrada Família

Reserve algumas horas para visitar o Templo da Sagrada Família, principalmente se você não comprar o ingresso com antecedência, que permite a entrada com hora marcada. A fila da bilheteria pode ser bem demorada. Também é possível subir nas torres da igreja e observar a vista lá de cima.

Veja também: Um tour pela Barcelona de Gaudí

Interior da Sagrada Família, Barcelona

  • Hospital Saint Paul

Pode parecer estranho, mas um hospital é um dos cartões-postais de Barcelona. O Saint Paul aparece em praticamente qualquer lista das maiores atrações turísticas da cidade. Por mais que seja um lugar tradicional para viajantes, está elencado em segundo lugar na nossa lista apenas por uma questão geográfica – ele fica perto da Sagrada Família, cerca de 15 minutos de caminhada.

Construído a partir de 1901, esse antigo hospital é Patrimônio Mundial da Unesco e famoso em todo país por conta da arquitetura. O prédio funcionou como hospital até 2009, mas foi restaurado e hoje é um museu. A entrada custa a partir de 14 euros e pode ser comprada online. 

  • Parque Güell

O Parque Güell é outro lugar para quem quer conhecer os trabalhos de Antoni Gaudí. Fica um pouco afastado das demais atrações, mas basta pegar o metrô e descer na estação Lesseps.

barcelona, pontos turísticos

Mas afinal, o que tem nesse lugar? Localizado numa parte alta da cidade, lá fica um mirante com ótima vista de Barcelona. O lugar está cheio de obras do Gaudí, que morou numa casa lá durante 20 anos. Hoje a casa virou um museu do arquiteto.

A parte do parque é gratuita, mas a zona monumental tem entrada paga. Você pode entender melhor onde é livre ou não para circular pelo Parque Güell aqui. A parte paga custa 8 euros, com um desconto de 50 centavos se comprar pelo site oficial. Veja aqui mais sore a vista ao Parque Güell em Barcelona.

parque guell, pontos turísticos de barcelona

  • Casa Batlló

A segunda mais famosa obra de Gaudí, atrás apenas da Sagrada Família, fica no Passeig de Gràcia, uma das ruas mais famosas de Barcelona, cheia de lojas de grife e restaurantes finos. O prédio leva esse nome por causa de José Batlló Casanovas, que no começo do século 20 contratou Antoni Gaudí para reformar sua casa. Da fachada ao interior, tudo na Casa Battló é fotogênico.

O preço de entrada é salgadíssimo – custa 24,50 euros online ou €28,50 na bilheteria. Mais caro que o ingresso de quase todos os grandes monumentos e lugares históricos europeus. Por isso, vale a pena dar uma lida no post que escrevemos sobre como é a visita à Casa Batlló e assim decidir se é um passeio para você ou não.

Além da Casa Batlló existem outras casas modernistas em Barcelona, feitas por Gaudi e outros grandes arquitetos. Escrevemos sobre esses lugares na rota das casas modernistas de Barcelona

  • Passeig de Gràcia e Plaça Catalunya

A avenida onde fica a Casa Batlló é bastante famosa e linda. Optando ou não por visitar a casa, aproveite a ocasião para caminhar pelo Passeig de Gràcia. Observar as lojas, cafés, casas modernistas e até mesmo o piso com decorações do fundo do mar.

Ao descer a avenida e você chegará a outro ponto importante, a Plaça Catalunya, uma espécie de centro da cidade. Como outras praças ao redor do mundo, ali ficam fontes, bonitos jardins e uma infinidade de pombas, além de prédios e ruas históricas. Mas o mais legal da Plaça Catalunya é que ela fica pertinho da região mais bacana de Barcelona: o Bairro Gótico.

plaça da catalunya, Barcelona

  • Bairro Gótico

Nem tudo é gótico no Bairro Gótico. Essa parte de Barcelona tem construções de várias épocas, incluindo algumas ruínas do Império Romano, como o Templo de Augusto. A Catedral da Cidade e a Igreja de Santa Maria del Pi são outras atrações desse bairro, que foi completamente reformulado antes de um grande evento que ocorreu em Barcelona e atraiu multidões de turistas para lá. Se você acha que foram os Jogos Olímpicos, errou, caro leitor. O Bairro Gótico passou por uma plástica antes da Exposição Universal de 1929.

Veículos não circulam por parte das ruas desse bairro. Por isso, caminhar por ali, sem destino definido e simplesmente entrando de uma ruela em outra, foi uma das minhas atividades favoritas na cidade. Vale dizer ainda que uma avenida importante serve de fronteira para o bairro: Las Ramblas. Leia mais história e curiosidades do Bairro Gótico

bairro gótico, atração de barcelona

  • Las Ramblas

La Rambla (ou, se preferir o plural, Las Ramblas) é uma avenida de Barcelona que vai da Plaça Catalunya até perto do mar, em frente ao monumento do Cristóvão Colombo. Essa avenida, que foi construída quando caiu o muro medieval de Barcelona, lá no século 18, e tem o nome assim no plural porque a cada quarteirão, mesmo sendo a mesma rua, tem um nome diferente: Rambla das Calhas (Rambla de Canaletes), Rambla dos Estudos (Rambla dels Estudis), Rambla de São José (Rambla de Sant Josep), Rambla dos Capuchinhos (Rambla dels Caputxins) e Rambla de Santa Mônica (Rambla de Santa Mònica).

O que hoje é uma louca mistura de comércio para turista, no passado era um local para vender flores. É por ali que você encontra pontos turísticos de Barcelona como o Mercado de La Boqueria e o Grande Teatro do Liceu. Fique atento com batedores de carteira nessa região.

  • Parque de la Ciudadela e Arco do Triunfo

O Parque de la Ciudadela, cuja entrada é gratuita, fica entre El Born e Eixample. Além de um espaço público para relaxar, ali você vai encontrar um lago, fontes e esculturas, algumas delas com contribuição de… Gaudí, na época um jovem estudante. Primeiro parque da cidade, foi erguido numa antiga área militar (daí o nome “Cidadela”) que era odiada pelo povo catalão.

parque da cidadela, barcelona

atrações de barcelona

O Parque foi reformulado durante outro importante evento internacional que rolou na cidade. Sim, foi uma Exposição Universal, a de 1888. Nessa região fica o Zoológico de Barcelona, alguns museus e o Parlamento Catalão.

E não podemos nos esquecer do Arco do Triunfo, afinal Barcelona não é Paris, mas também tem o seu. Só que o de Barna, apelido da cidade, foi construído para funções artísticas, não militares. Era a porta de entrada da Exposição de 1888, mesmo esquema da Torre Eiffel, construída para o evento do ano seguinte.

  • Barceloneta

Antigo bairro de marinheiros, Barceloneta é também o nome da mais famosa praia da cidade. Não espere nada muito deslumbrante – apesar de estar no litoral, Barcelona não é muito rica em praias na região central. De qualquer forma, vale a experiência de passar uma tarde de sol no estilo Catalão e tomar um banho no Mar Mediterrâneo.

Se isso não te convenceu, segura essa: Dom Quixote, herói nacional e símbolo da literatura latina, lutou uma batalha nas areias da Barceloneta. O nome da praia não é citado no livro, mas há quem garanta que foi ela a inspiração de Cervantes, que destinou acontecimentos importantes do segundo volume de Dom Quixote para Barcelona. Leia mais sobre a participação de Barcelona na obra prima de Cervantes.

barceloneta, praia de barcelona

  • Montjüic e Parque Olímpico

Outra visita interessante é ao Parque Olímpico, construído para os Jogos de Verão de 1992 e considerado uma referência positiva para todos os países que sediam as Olimpíadas. O parque, que continua aberto ao público e tem uma calçada da fama esportiva, foi construído na região do monte Montjuïc, expressão que significa Monte Judeu.

Esse monte é outro importante mirante da cidade – lá fica o Castelo de Montjüic, um forte militar do século 16, além de um teleférico e de dois museus importantes, o Museu Nacional de Arte da Catalunha e o museu da Fundação Joan Miró.

Para completar, todas as noites, a partir do pôr do sol, a Fonte Mágica de Montjüic se transforma num show de luzes e música, aberto ao publico gratuitamente. Vale a pena chegar mais cedo para garantir um bom lugar.

Leia um roteiro bacana por Monjüic e o Parque Olímpico.

O que fazer em Barcelona: mais atrações

Onde comer em Barcelona

A Natália fez mestrado em Barcelona e suas andanças pela cidade renderam boas dicas para quem quer aproveitar a vida noturna da cidade e também saber onde comer bem por lá.

Em primeiro lugar, saiba quais são as comidas típicas da culinária catalã. Durante o dia, enquanto faz turismo na cidade, dar uma passada no Mercado de La Boqueria é uma chance de descobrir os sabores e cheiros da cidade. Apesar dos turistas, o mercado ainda tem bastante charme e coisas gostosas. Já para quem quer começar a noite comendo bem, a experiência de comer tapas na Calle Blai é imperdível. Você escolhe as pequenas porções num grande balcão, lotado de gente, enquanto bebe alguma coisa. Depois, paga só o que comeu. Cada tapa custa entre 1 e 2 euros. E para quem quer ir além da culinária espanhola e provar temperos de países como Etiópia ou Peru, listamos 7 restaurantes étnicos na cidade. 

Vida Noturna e Festas em Barcelona

Depois de comer, se jogue na vida noturna animada de Barcelona com um dos 9 lugares para curtir a noite listados pela Naty, que incluem bares e boates. Se você gosta de música, também pode checar 5 lugares para escutar música ao vivo.

E para saber exatamente o que vai acontecer na cidade nos dias em que estiver por lá, não esqueça de conferir nossas dicas sobre a agenda cultural de Barcelona. Até porque, pode ser o período de festas na cidade, como as incríveis festas dos bairros ou o dia de Saint Jordi.

Bate-voltas a partir de Barcelona

Os arredores de Barcelona tem muito a oferecer, afinal do estado da Catalunha tem montanhas, tem praias e tem cidades históricas. E o melhor, dá para fazer muitos desses passeios de trem ou de ônibus. Confira:

Onde ficar em Barcelona

Com tantos bairros legais e que tem pontos turísticos específicos, sem contar preços que variam bastante, sempre existe a dúvida de onde ficar em Barcelona. Minha primeira dica é: corre para ler o nosso post que explica onde se hospedar, bairro a bairro. Além disso, se você estiver indo passar mais tempo na cidade, para um intercâmbio, por exemplo, também temos um post com dicas sobre como conseguir um apê em Barcelona.

Agora, aproveitando o espaço, deixo também uma lista de todas as acomodações em Barcelona, com opções para todos os bolsos, basta filtrar de acordo com o seu perfil:

Hospedagem em Barcelona


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Rafael

Quando criança, eu queria ser jornalista. Alcancei o objetivo, mas uma viagem de volta ao mundo me transformou em blogueiro. Já morei na Índia, na Argentina e em São Paulo. Em 2014 voltei para Belo Horizonte, onde estou perto da minha família, do meu cachorro e dos jogos do América. E a uma passagem de avião de qualquer aventura. Siga minhas viagens também no instagram, no perfil @rafael7camara no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 comentários sobre o texto “O que fazer em Barcelona: 10 principais atrações e outras dicas

  1. Rafael, muito legal o post!
    Só uma coisa que já mudou… O Park Guell agora cobra 7 euros pra entrar na Monumental Zone (que acaba por ser a parte mais interessante).

  2. bom dia Rafael eu pergunto se e fácil conhecer Barcelona e Madri sem saber falar espanhol. Sou fascinado por essas duas cidades e gostaria de conhecer na cara e coragem, nesse caso vou passar aperto com o idioma

    1. Oi, Robson. Acho que é sim. Você vai precisar de muita mímica e de deixar a timidez de lado, mas a semelhança entre português e espanhol ajuda nisso.

      Abraço.

    2. Robson,
      Barcelona é incrível. Não se preocupe quanto ao idioma, eles fazem de tudo para te entender. Eu estudei espanhol por muito tempo, mas como não pratiquei esqueci muita coisa, ou seja, meu espanhol é bem xing ling kkkk.
      Fique tranquilo e faça boa viagem!

  3. Amo Barcelona um tantão! Esse post me deixou com saudade de lá. Não é uma unanimidade a toa. É Gaudí, a comida, a praia, o clima, as cavas, tudo favorece! Mas sou das loucas que acha Paris sem graça,rs. Não me mate, mas cada vez que volto gosto menos de lá.

    1. haha! Sobre Paris, não entendo, mas você não é a única!

      E Barcelona é incrível mesmo. Mas confesso que gosto ainda mais de Madrid (não me mate). =)

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.