Tags:

Hurb é confiável? Como são as viagens do Hotel Urbano

O Hurb é confiável? Com tantas promoções lançadas nos últimos dias, em plena pandemia de coronavírus, essa é uma das muitas perguntas que todo mundo está se fazendo. Elas costumam vir acompanhadas de: posso comprar o meu pacote de viagens para 2021 com eles? Eles vão falir? Quais as condições para viajar pagando assim, tão pouco?

Muito provavelmente você já se deparou com promoções do tipo: voo + hospedagem para Cuba por R$999 ou 8 dias na Tailândia por R$1999. E se questionou: isso é verdade ou golpe? É tentando responder a essas – e várias outras perguntas  – que estamos aqui hoje. No final das contas, vale a pena comprar viagens do Hurb?


O Hurb é confiável? Como é a empresa?

“Make Travel Easier”. Esse é o lema da empresa, tornar a sua viagem cada vez mais simples. O Hurb nasceu em janeiro de 2011 e atualmente conta com mais de 20 milhões de viajantes cadastrados, 35 mil destinos no mundo e mais de 12 milhões de fãs no Facebook – a maior Fanpage de turismo do mundo – e a maior agência de viagem online do Brasil. Com 700 funcionários, o principal produto deles é a venda de diárias em hotéis. Segundo eles, a cada cinco segundos, uma diária é reservada diretamente no site.

O Hurb, que antigamente era conhecido como Hotel Urbano, é uma empresa grande, que já está consolidada no mercado e que leva a fama por fazer promoções muito chamativas. Já venderam pacotes a R$1 e até prometeram Iphone novo pra quem viajasse com eles. Mas, afinal, se é uma empresa que está há tanto tempo no mercado, qual o motivo de tanta gente ainda se perguntar: comprar esses pacotes promocionais para 2021 é seguro? O Hurb é mesmo confiável?

Entre as dúvidas, uma que tem assustado os consumidores é: o Hurb vai falir? Estariam eles fazendo caixa pra dar o golpe em todo mundo? Pra responder essa e a outras questões, no dia 10 de abril eles fizeram uma live no YouTube, que você pode conferir nesse link aí.

Na live, o João Ricardo Mendes, fundador da empresa, foi quem respondeu a essa pergunta, dizendo: “Na primeira semana do coronavírus, foi uma semana de caos e a gente cresceu muito em março. Tava todo mundo reclamando, falando do dólar subindo, pedindo dinheiro pro governo, mas tem oportunidade em qualquer lugar. Em vez de nos desesperarmos, a gente viu a oportunidade, a gente cresceu. Esse trimestre foi o melhor trimestre da nossa história. É muito mais provável a gente comprar um concorrente nosso do que falir”.

Ele também disse que a empresa tem um bom caixa e que tem dinheiro pra aguentar até 2022, mesmo se eles fizerem “muita besteira”, e que eles estão na melhor fase do Hurb.

Reputação do Hurb no Reclame Aqui

A pontuação do Hurb no Reclame Aqui é considerada boa, com uma nota 7.6/10, com 100% de taxa de resposta, o que é um bom sinal. Eles já estão há nove anos no sistema do Reclame Aqui e, como toda grande empresa, têm várias reclamações. A gente aconselha a sempre dar uma olhada no Reclame aqui antes de fechar um negócio e ver quais são os principais problemas enfrentados pelo consumidores.

No caso do Hurb, as reclamações mais atuais, em sua maioria, são de pessoas que não leram atentamente as condições das promoções. São casos de gente que comprou o pacote pra uma pessoa e não viu que o quarto era duplo ou sobre as opções de datas e quais delas não estão disponíveis (como feriados e período de férias escolares).

Outras reclamações recentes são sobre o tempo de demora para a empresa responder aos consumidores, pacotes que não foram finalizados com o preço anunciado e o tipo de reembolso que a empresa oferece. A justificativa do Hurb para essa reclamação é a de que, em tempos de pandemia, o sistema de atendimento ao cliente está sobrecarregado e eles estão tentando resolver os problemas mais urgentes primeiro, mas sem deixar os outros casos de lado. Eles garantem que todos serão atendidos.

A nossa dica é: preste bem atenção nas condições de cada pacote, leia tudo detalhadamente, pra não ter problemas no futuro.


Como são os pacotes promocionais de viagens do Hurb

Muita gente está duvidando que o Hurb será capaz de cumprir com os pacotes vendidos. Para quem faz as contas com os preços encontrados nos sites de companhias aéreas e nos hotéis, o número realmente não fecha. São valores MUITO mais baixos que os que geralmente encontramos.

A justificativa do Hurb para tais promoções é a de que, nesse momento de incertezas, de fronteiras fechadas e que sequer sabemos se poderemos viajar em 2021, eles são os únicos que estão dispostos a vender e a fazer negócios com as companhias aéreas e com os hotéis.

“A gente sempre teve pacotes desse tipo, não é a primeira vez que a gente lança pacotes assim, nesse preço. Não tem como comparar o valor que vocês vêem pesquisando no site de companhia aérea, pesquisando no hotel. O volume das negociações que a gente tem, isso não fica exposto. Então é por isso que a gente faz esses pacotes. É movimentar o turismo brasileiro. É nesse momento que a gente precisa movimentar o turismo. Não é parando de vender que a gente vai salvar o turismo brasileiro, é a gente estimulando, é a gente conseguindo falar isso”, disse Karyna Accioly, chefe de Operações.

Entre os principais destaques deste momento, estão os pacotes nacionais para alguns dos destinos mais requisitados do país, como Jericoacoara e Gramado. Para fora do Brasil, há opções de viagem até para 2021. A gente separou alguns dos destinos que mais estão atraindo os compradores atualmente:


Tela de promoções do Hurb. Os valores mostrados podem não estar mais disponíveis

Hurb e as formas pagamentos: boletos e cartão de crédito

Uma das grandes vantagens apresentadas pela empresa foi a opção de dividir o pacote em até 12 vezes sem juros, no boleto, além do pagamento por cartão de crédito, que também pode ser parcelado em até 12 vezes sem juros. Se for pagar no boleto, fique atento a algumas instruções:

Item 4.1.1 dos Termos de Uso: “Caso o pagamento seja realizado através de boleto bancário: (a) o boleto deverá ser impresso após a finalização do pedido, pois não o enviamos via correios; (b) o boleto poderá ser pago em qualquer banco ou qualquer agência bancária; (c) a data de vencimento do boleto é de 1 (um) dia útil após o fechamento do pedido. Após esta data, este perderá a validade e o pagamento não poderá ser realizado; (d) na impossibilidade de imprimi-lo, o pagamento poderá ser realizado através do Home Banking do seu banco. Para isso, utilize o código de barras localizado na parte superior esquerda da ficha de compensação do boleto; e (e) O pagamento será confirmado em até 3 dias úteis”.

Com o que você deve se preocupar ao comprar um pacote do Hurb?

Uma das coisas que muita gente não tem prestado atenção sobre os pacotes do Hurb é o fato do preço promocional estar sujeito à compra de dois pacotes, pois são pacotes em quarto duplo, no mínimo (em alguns casos, os quartos podem ser triplos ou quádruplos).

Se você está viajando sozinho, terá que pagar uma diferença que é sobre o valor da tarifa do hotel, já que um quarto single sai mais caro do que um duplo. Para as pessoas que vão viajar sozinhas, a Karyna Accioly, chefe de Operações do Hurb, disse na live do YouTube: “Não é nenhuma taxa abusiva, não é nada além da realidade. A gente não consegue passar um valor fixo, pois depende do hotel daquele pacote”.

Outra questão importante é a flexibilidade de datas. Na hora de contratar o pacote, o Hurb te pede três opções de datas para o embarque. Essas datas precisam estar dentro de um período de tempo estipulado pela empresa. Atualmente, até novembro de 2021.

Depois de concluído o pagamento do pacote, o Hurb vai entrar em contato com você em até 45 dias antes da primeira data sugerida, para informar a data da sua viagem, detalhes do voo e dados pessoais para sua confirmação. O intervalo entre cada uma das opções precisa ser de, no mínimo, cinco dias. Por isso, você precisa ter uma flexibilidade maior de férias, por exemplo. 

A equipe do Hurb informou que não necessariamente você ficará sabendo a data da viagem com 45 dias de antecedência, que eles geralmente costumam avisar antes, mas o prazo final são os 45 dias que antecedem a data  informada.

Ou seja, pra quem precisa marcar férias no trabalho, pode ser que você só tenha a certeza na última hora. E que caso o Hurb não consiga te encaixar em nenhuma das três opções que você sugeriu, eles podem te oferecer outras datas a critério deles, e caso essa não te agrade, eles podem te devolver o dinheiro do pacote.

As letras miúdas do contrato

Como em qualquer situação da vida, é muito importante que você pare para ler o contrato com calma. Como já dissemos, é preciso entender a questão das datas flexíveis e a necessidade de comprar dois pacotes, para garantir as promoções.

Fora isso, é preciso que você leia atentamente os Termos de Uso e a Política de Cancelamento. Para te ajudar, separamos alguns trechos importantes.

Termos de uso:

No item 1.9 dos Termos de Uso – “… o Hurb se reserva no direito de reembolsar os Usuários compradores dos pacotes turísticos cuja entrega venha a ser comprometida em razão de caso fortuito ou força maior. Tais casos serão comunicados via e-mail informativo, onde serão apresentadas duas opções para reembolso: créditos para uso no site com prazo de 1 (um) ano de validade a partir da emissão ou estorno no valor do pagamento efetuado na compra do Pacote, de acordo com as regras ditadas pelo sistema de processamento de pagamento em vigor. Caso não haja manifestação no período de 7 dias, entender-se-á que o Usuário optou tacitamente pela conversão em créditos para uso no site”.

No item 4.6 dos Termos de Uso: “O Usuário terá o prazo de 14 (quatorze) dias corridos após a compra para solicitar seu cancelamento e ser ressarcido integralmente pelo valor pago. Após este período, pedidos de cancelamentos poderão ter o valor a ser cancelado convertido em créditos para serem usados em uma nova compra no site do Hurb. Para a contratação de diárias de hotéis com check in e check out, a devolução será de acordo com a política de cancelamento informada no ato da compra”. O prazo para a utilização desses créditos, segundo o Hurb, será de 1 (um) ano a contar da data de sua primeira concessão.

Sobre os cancelamentos

A gente sabe que 2021 está longe e muitas incertezas ainda nos cercam nesse período. Durante a live do YouTube, os diretores do Hurb foram questionados sobre a multa em caso de cancelamento, que era gratuita até 14 dias após efetivada a compra e de 20% até antes da emissão das passagens. Eles anunciaram uma alteração na política de cancelamento, que passou a ser gratuita até a confirmação do voo.

De acordo com o apresentado na área do cliente do site do Hurb, depois de efetuada a compra essas são as condições:

  • Antes da confirmação do voo – o cancelamento é GRATUITO. Se acontecer algum imprevisto antes da confirmação do seu voo, você tem a facilidade de cancelar em Crédito Hurb ou estorno sem qualquer multa ou cobrança extra!
  • Após a confirmação do voo – será cobrada uma multa de 40%, para qualquer forma de cancelamento.
  • Com menos de 48h para o embarque – será cobrada a multa de 100%.

Conclusão: o Hurb é confiável? Compro ou não?

Após ouvirmos vários depoimentos de quem já viajou com eles e de conversarmos com a equipe do Hurb, resolvemos testar e compramos alguns pacotes com eles, para 2021. Sim, alguns. Também passamos a indicar promoções deles para nossos leitores, por meio de um programa de afiliados.

Esperamos que o cenário no turismo para 2021 esteja novamente favorável e que possamos, de fato, curtir os pacotes. Esse é um ponto que você, leitor, deve prestar muita atenção: é impossível saber como a crise causada pelo coronavírus vai seguir e quando a vida voltará ao normal – e qual será esse novo normal. Pese muito isso – e sua própria situação financeira, seja hoje, seja daqui alguns meses, caso a pandemia demore a se resolver, antes de tomar uma decisão e comprometer seu orçamento.

Clique aqui para ver as últimas promoções disponíveis para 2021

Se optar por comprar um pacote promocional, invista em viagens só para o ano que vem, principalmente se forem para o exterior. Ou para o fim deste ano, no caso de destinos nacionais. Essa atitude não garante que a crise vai ter passado, mas certamente aumenta as chances disso.

*O 360meridianos é afiliado da Hurb. Isso significa que se você fizer alguma compra com um dos links indicados nesse texto, nós recebemos uma comissão. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o blog a se manter.


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer nosso kit de Planejamento de Viagens?
Contém um Ebook, tabelas de orçamento,
roteiro e check-list (DE GRAÇA!)




Fernanda Pádua

Tenho BH como meu ponto de partida e o meu porto seguro. Entrei pela primeira vez em um estádio de futebol aos 10 anos e ali descobri que queria ser jornalista. 20 anos depois, me tornei repórter esportiva e viajante nas horas vagas. Fiz intercâmbio na Irlanda em 2016/2017, pra estudar inglês. Tenho um objetivo de visitar todos os estados brasileiros e metade dos países do mundo e já percorri boa parte do trajeto, mas várias histórias e paisagens legais ainda estão por vir.

  • 360 nas redes
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

6 comentários sobre o texto “Hurb é confiável? Como são as viagens do Hotel Urbano

  1. Gosto demais de voces, porem esse post parece pago. Varios blogs estao alertando sobre os altísimos riscos de comprar os pacotes do hurb. Ademais eles nao estao pagando varios parceiros. Esperava bem mais do 360 meridianos

    1. Oi, Pedro. Tudo bem? Antes de mais nada, quero agradecer pelo comentário e por nos acompanhar aqui no 360. 🙂

      Este texto não foi pago. Se fosse, teria um aviso de publicidade, logo na primeira linha, como fazemos sempre.

      Resolvemos fazer esse texto depois que vários membros do 360 e alguns de nossos amigos compraram pacotes, por verem aí uma oportunidade de viajar daqui 1 ano, até 1 ano e meio. Eu mesmo comprei, pra Tailândia, pro ano que vem.

      Antes de aderirmos ao programa de afiliados deles – o que também está avisado no texto – conversamos bastante, marcamos uma reunião com a Hurb e tiramos todas as dúvidas que poderíamos ter. Também tive o cuidado de conversar com dois parceiros de longa data do Hurb, um deles uma multinacional, para verificar se estava tudo em ordem e se eles tinham algum medo ou reclamação. Como dito no texto, a resposta foi satisfatória e, por isso, optamos por entrar no programa.

      Mas note que, mesmo assim, deixamos claro no texto que alguns cuidados devem ser tomados: é preciso se lembrar que não sabemos quando a pandemia vai acabar e que as coisas podem piorar. Por isso, é melhor optar por viagens no ano que vem. Também é preciso entender as regras do contrato, ler tudo com muito cuidado, entender as taxas de cancelamento e a flexibilidade das datas.

      E deixamos até um aviso, de nível individual, de que cada leitor deve analisar com muito cuidado a própria situação financeira. Não só hoje a de hoje, mas a possibilidade das coisas estarem piores daqui 1 ano.

      Enfim, tudo isso precisa ser analisado e muito bem.

      Abraço.

        1. Aparentemente, você não acompanha o 360meridianos e não conhece a idoneidade deles. Se eles estão falando que é confiável, é porque é. O fato de eles terem se afiliado no programa do Clube Hurb só mostra que eles sentem confiança na marca, pois eles jamais venderiam algo em que não acreditam!

          1. Obrigado pela confiança, Bruna. Pode ter certeza: se indicamos aqui, antes disso pesquisamos muito, tivemos reuniões com a empresa e estudamos profundamente as reclamações de consumidores.

            Pode dar problema? Claro, pode acontecer em qualquer transação comercial. Mas só indicamos depois desse estudo.

            Acho que a questão mais importante, nesse momento, é pensar menos na Hurb e mais na situação. Antes de comprar, se perguntar: como está minha situação financeira com a pandemia? Li as regras atentamente? Posso gastar esse dinheiro?

            E, claro, pensar que a própria pandemia é imprevisível.

        2. Oi, Mônica. Tudo bem?

          Sim, a gente recebe comissão se algum leitor fechar por meio dos nossos links. Mas isso só prova nossa transparência, já que deixamos isso claro no texto.

          O 360meridianos é uma empresa, responsável por pagar as contas de algumas famílias. Como tal, precisa se monetizar de alguma forma. A monetização via programa de afiliados – que são essas comissões por venda – foi a maneira encontrada para permitir que a gente consiga produzir conteúdo de qualidade e de graça.

          Além do mais, praticamente todos os blogs e sites de viagem do Brasil – e também no exterior – se monetizam da mesma forma que a gente. Te garanto: se você reserva um hotel no Booking, compra um seguro, uma passagem aérea ao ver uma promoção, compra um pacote no Hurb, quase que certamente alguém está ganhando comissão na venda.

          Muitos sites avisam isso, como deve ser – nós estamos entre eles. Alguns não avisam, mas ganham comissão mesmo assim.

          No nosso entender, a ética está em deixar a comissão clara ao leitor, sempre.

          Abraço e obrigado pelo comentário. 🙂

2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.