10 roteiros de viagem pela Europa: de 10 a 30 dias prontos para usar

O que não falta nos comentários deste blog e em grupos de discussão na internet é gente querendo ideias de roteiros de viagem pela Europa. Essa é uma pergunta das mais difíceis de se responder, porque cada um tem seu gosto, seu tempo e seu orçamento. Mesmo assim, vou dar algumas dicas sobre como montar vários roteiros de viagem pela Europa Ocidental, com 10 ideias prontinhas para usar.

As sugestões incluem os destinos mais procurados por brasileiros. Por isso, foquei principalmente nas cidades maiores. Você quer visitar outro lugar? Tudo bem, é só eliminar uma das minhas sugestões e trocar por outra. Ah, e não se esqueça que os dias de viagem, aqueles nos quais você vai trocar de destino, podem ser considerados dias nos quais você não conseguirá aproveitar muito os destinos, por isso, eles não entram na nossa conta.

Veja também: Roteiros de viagem pelo Leste Europeu.

Além as ideias de roteiro, também recomendo que você leia nossas outras dicas de viagem pela Europa:
Saiba quanto custa um mochilão pela Europa
Qual a melhor época para viajar pela Europa?
Quantos dias ficar em cada cidade européia?
Como viajar pela Europa de trem
Como viajar pela Europa de ônibus
Aluguel de carro na Europa: como economizar e evitar pegadinhas

4 dicas essenciais parar montar um roteiro pela Europa

goeuro trem europa

  • A ordem da viagem não é tão importante

Muita gente fica na dúvida sobre qual a ordem certa para conhecer as cidades na hora de montar o roteiro. A resposta é: não existe ordem certa! Tudo depende de qual de em qual país você vai desembarcar, e isso depende de uma série de fatores, entre eles, preço e disponibilidade das passagens. E lembre-se de que há sempre a opção de comprar as passagens estilo “múltiplos destinos”, ou seja, a chegada por um local e volta por outro. 

Para fazer descobrir quais os melhores trajetos entre as cidades indicadas, minha sugestão é que você pesquise no site da Omio quais são as melhores opções de transporte entre os países. A Omio permite buscar e comparar os trajetos de trem, ônibus e avião. É possível comprar as passagens dentro do sistema deles, que é bastante seguro. 

  • Imigração na União Européia

Boa parte dos países da Europa fazem parte do Tratado de Schengen, que estabelece, entre outras coisas, o livre trânsito de pessoas entre os países signatários. De acordo com as regras do Tratado, turistas brasileiros podem ficar até 90 dias e circular livremente dentro do espaço, sem a necessidade de visto. Basta chegar e apresentar o passaporte, passagem de volta, seguro de viagem com cobertura de 30 mil euros e comprovantes de hospedagem ou carta convite.

Atenção: É imprescindível contratar um seguro de viagem para a Europa. Além dele ser documento obrigatório dentro do Espaço de Schengen, é comum que a apólice seja pedida pelo fiscal da imigração. Para encontrar o melhor custo-benefício, experimente utilizar o buscador de seguros de viagem da Seguros Promo, que te ajuda a encontrar o seguro perfeito para a sua viagem e ainda economizar sem deixar de atender a exigência de cobertura mínima. E leitores do 360meridianos ainda tem 5% de desconto: basta usar o código 360MERIDIANOS05

Leia também nossos textos que explicam como e onde você vai passar pela imigração na Europa e Quais documentos exigidos na imigração na Europa.

  • Não considere os dias de chegada e partida no seu roteiro

Isso é o principal mandamento de todos os viajantes, mas que muitos ignoram solenemente. O dia que você chega e o dia que você vai embora não devem contar como um dia de passeio no seu roteiro, mesmo que você chegue as 6h da manhã! Lembre-se que além de todo o cansaço das quase 10 horas de voo, você estará sujeito a atrasos tanto das companhias aéreas quanto no trajeto até o seu hotel e, uma vez lá, é preciso esperar o check-in, largar as malas e se organizar para os passeios. O ideal é que esse dia você deixe para atividades mais leves e tranquilas.

  • Não carregue seu armário inteiro na mala

Por mais que os cenários europeus vão ser garantia se sucesso no seu Instagram, aconselho que você preze pelo seu bem estar e pelo seu bolso nessa viagem. A Europa não é chamada de velho continente à toa! A maior parte dos edifícios e atrações são antigas e, por isso subir e descer escada é a regra, mesmo em acomodações mais caras e estações de trem e metrô. Há locais adaptados para acessibilidade, mas essa é a exceção. Além disso, é você o responsável por colocar sua mala em bagageiros de trens e ônibus. Quer mais más notícias? O limite de bagagem em companhias aéreas low cost é, em geral, apenas um volume de no máximo 10kg por passageiro. Se quer mais que isso, tem que pagar em euros.

Então, seja consciente e prático ao arrumar sua mala. E lembre-se: precisando, não faltam lavanderias automáticas por lá.

Viagens de 10 dias ou menos

Se você tem 10 dias ou menos, minha dica é que respire fundo, controle a ansiedade e foque em um país só ou, no máximo, em duas capitais. Já temos várias dicas de como fazer isso em Portugal, Grécia, Itália, Espanha e França. Você terá a chance de fazer passeios incríveis, vai por mim, que eu garanto!

Roteiro de viagem de 15 dias na Europa

Atenção, se você só tem 15 dias no Velho Continente, não tente conhecer cinco países achando que isso é uma boa ideia. Três cidades maiores é tudo que você conseguirá fazer bem nesse tempo, no máximo com a inclusão de algumas cidades menores, no estilo bate-volta. Abaixo indicamos algumas boas ideias!

Além disso, aqui também cabe a sugestão do tópico anterior, você pode com sucesso, dedicar esses 15 dias a apenas um país, uma vez que certamente gastará menos tempo e dinheiro com deslocamento e conseguirá ver mais coisas por lá. 

  • Roteiro Clássico: Londres – Paris – Roma

mochilão pela europa roma

Esse é o mais clássico dos roteiros de viagem pela Europa. Talvez porque ele inclua as capitais europeias que a maioria das pessoas sonha em conhecer. Londres, Paris e Roma são algumas das cidades mais visitadas do mundo, têm muitas atrações famosas, possibilidades de bate-volta e com certeza renderiam, sozinhas, um mês de viagem.

Como nem todo mundo tem esse tempo sobrando, com cinco dias em cada uma delas dá para ver bastante. A locomoção entre essas cidades funciona bem de avião, mas também é possível considerar fazer o trajeto entre Londres e Paris de trem. 

  • Roteiro Ibérico: Lisboa – Porto – Madrid – Barcelona

Roteiros de viagem pela Europa: Barcelona é uma das cidade mais vibrantes do continente

Taí um roteiro com algumas das cidades mais vivas da Europa. As portuguesas Lisboa (3 dias) e Porto (3 dias), e as espanholas Madrid (3 dias) e a Barcelona (3 dias) são cidades lindas, festivas, cheias de atrações e com noites pra lá de animadas. Como ponto positivo para os brasileiros, há a facilidade de comunicação e preços mais camaradas quando comparadas a outros países do continente.

Nesse roteiro é possível pensar bate-voltas interessantes, já que nos arredores dessas cidades ficam vários lugares legais, a cerca de uma hora de trem ou ônibus. Alguns exemplos são Sintra ou Fátima, pertinho de Lisboa; Braga, Guimarães ou o Douro, partindo do Porto; Toledo e Segóvia, a partir de Madrid. E de Barcelona dá para ir a Montserrat ou Girona.

É possível fazer todo esse roteiro de trem, já que há um comboio noturno entre Lisboa e Madrid, ou ônibus. Mas também dá para achar passagens aéreas muito baratas entre os países.

  • Roteiro da Cerveja: Berlim – Amsterdam –  Bruxelas – Bruges (ou Gent)

Ponte Bonifacio roteiro de 1 dia em bruges

Há muitos jeitos de chamar esse roteiro, mas acho que roteiro cervejeiro é o nome certo, já que nesses lugares são produzidas algumas das melhores cervejas do mundo. Berlim é uma das minhas cidades favoritas na Europa, misturando muita história com ambientes descolados e bons preços – fique lá entre quatro e seis dias.

Amsterdam é lindíssima, com seu canais e museus, mas também muito animada. Em quatro dias dá para aproveitar bem. No próximo destino, a Bélgica, dá para conhecer duas cidades: três dias em Bruxelas e dois dias em Bruges ou Gent, ambas cidades históricas que parecem saídas de conto de fadas.

Roteiro de viagem de 20 dias na Europa 

  • As Clássicas: Londres – Paris – Roma + (Madrid ou Barcelona ou Lisboa ou Berlim ou Amsterdam ou bate-voltas)

Acrescente uma – mas só uma, hein?! – das cidades listadas no título. Mais uma vez, a ordem dos fatores não altera tanto o preço das passagens low cost. Lembrando que com esse roteiro dá para pensar bate-voltas das cidades-base, sem a necessidade de trocar de hotel e perder tempo.

Ou seja, de Londres você pode fazer um bate-volta a Oxford. De Paris, pode ir para Rouen. E de Roma, pode seguir para Tivoli ou Pompeia.

  • As Clássicas + Itália: Londres – Paris – Roma – Florença + (Nápoles ou Veneza ou Milão)

Esse é um roteiro bem legal para quem vem pela primeira vez na Europa e quer conhecer as capitais mais famosas e também dar uma voltinha maior pela minha amada Itália. Faça as clássicas como sugerido no roteiro de 15 dias. Deixe Roma como o último destino. O legal é que as viagens de trem pela Itália são confortáveis e bem rápidas – e podem ser bem baratas se você conseguir comprar com três meses de antecedência no site da Trenitália.

Depois de Roma, fique três dias em Florença (o tempo é curto, eu sei, mas pelo menos dá para ver o basicão). De lá siga para Nápoles, ou Veneza ou Milão. Dá para ficar os dois dias inteiros nessas cidades e, se sobrar tempo, fazer uma curta viagem para conhecer seus arredores.

  • Portugal e Espanha: Lisboa – Sintra/Cascais – Coimbra – Porto – Madri – Córdoba – Sevilla – Granada – Toledo

Esse é um roteiro focado na Península Ibérica. Com ele dá para ver o essencial (mas certamente não tudo) de Portugal e Espanha. Se você fizer as contas, na verdade são 21 dias. Fique quatro dias em Lisboa, reserve um dia para Sintra e depois siga para um dia em Coimbra e, de lá, mais três dias no Porto.

Pegue um avião para Madrid, onde você pode ficar mais quatro dias. Seguindo então para Córdoba, dedique dois dias ao local. Passe três dias em Sevilha. Depois, é a vez de Granada, por duas noites. Por fim, fique um dia em Toledo antes de voltar para Madri. 

Leia também: Roteiros de viagem pela Andaluzia

  • A Escandinávia: Copenhagen – Oslo – Flåm – Bergen – Estocolmo – Helsinque

Eu nunca fiz essa viagem, mas está na minha lista, então já pesquisei muito sobre ela. Os links sobre as cidades são de blogs bem legais. Comece a viagem pela capital da Dinamarca e dedique quatro dias a ela. De lá, siga para Oslo, na Noruega, onde você pode ficar três dias. Hora de ver fiordes, recomendável ir de trem para ver paisagens maravilhosas: dois dias em Flam, três em Bergen.

De lá, pegue um voo para Estocolmo, capital da Suécia. Dedique quatro dias a ela. Depois, pegue a ferry ou um voo até Helsinque, na Finlândia. Tenha em vista que todos esses países são ultra-mega-caros. Essa é uma viagem para quem tem uns 90 euros por dia para gastar, no mínimo.

  • Roteiro da Cerveja versão ampliada: Amsterdam – Bruxelas – Bruges – Berlim – Munique – Praga

Esse é o roteiro da cerveja ampliado, incluindo uma cidade do Leste Europeu que não pode ficar de fora quando o assunto é a bebida. Comece em Amsterdam e dedique quatro dias para terra da Heineken. Siga para Bruxelas, que você pode explorar por três dias, e faça um bate-volta em Bruges e um em Gent.

De lá, siga para Berlim, a cidade mais cool da Europa, e por cinco dias, aproveite as cervejas baratas e baladas como você nunca viu. Siga para a terra da Oktoberfest, Munique, onde você pode explorar algumas das cervejarias mais antigas do mundo. Fique lá dois ou três dias. Por fim, pegue um ônibus ou trem para Praga, capital da República Tcheca, país que inventou a Pilsen. Aproveite as belezas de Praga por quatro dias (se você quiser, pode fazer um bate-volta à mágica Cesky Krumlov).

Outra opção nesse roteiro é eliminar os dois dias em Bruges e usá-los para conhecer algumas das tradicionais cidades cervejeiras perto de Praga: Pilsen ou Ceske Budejovice.

Roteiro de viagem de um mês pela Europa

  • Lisboa – Porto – Madrid – Barcelona – Londres – Paris – Roma – Florença – Veneza

Roteiros de viagem pela Europa: não deixe a Itália de fora!

Esse é um roteiro legal para quem tem um mês na Europa, tempo que permite conhecer bem cidades clássicas que todo mundo tem vontade. Começando por Lisboa, onde você pode ficar cinco dias e aproveitar para fazer alguma daytrip ou fazer três dias em Lisboa e dois dias no Porto. De lá, siga para Madrid ou Barcelona, a escolha é sua, dê uma lida nos posts que temos sobre ambas para decidir. Seja qual for sua escolha, dedique cinco dias a ela ou divida o tempo entre as duas. 

Depois, vá para Londres, onde você deve ficar cinco dias. Em Paris, cinco dias também são suficientes. 

Siga para Roma, outra capital que pede pelo menos cinco dias do seu roteiro. Fique três dias em Florença e aproveite para explorar um pouco a região da Toscana. Depois, vá para Veneza, onde nos próximos três dias você poderá se perder entre as ruelas e os canais. 

  • Europa do Norte:  Amsterdam – Bruges – Bruxelas – Luxemburgo – Estrasburgo  – Zurique – Munique – Viena – Praga – Berlim 

free walking tour berlim brandenburgo

Fique três dias circulando pelos canais de Amsterdam, depois siga por dois dias na pequenina e charmosa Bruges e para três dias na capital da Bélgica, Bruxelas. Acrescente no seu roteiro um destino pouco comum: a Cidade de Luxemburgo. Fique lá três dias.

Siga para dois dias na encantadora Estrasburgo, cidade de conto de fadas que hoje é parte da França. De lá, vá para Zurique, na Suíça, onde o recomendado é passar três dias. O destino seguinte é Munique, a capital da Bavária e da cerveja. Fique dois dias. Depois, passe três dias na belíssima Viena, uma cidade verdadeiramente imperial. 

A próxima parada é Praga, a incrível capital da República Tcheca, onde você deve ficar três dias. Por fim, suba para Berlim, uma das capitais mais incríveis e diferentes de toda a Europa! Dedique cinco dias à cidade alemã.

E você? Tem mais dicas de roteiros de viagem pela Europa? Deixe sua sugestão nos comentários!


Compartilhe!



Com o 360meridianos, você encontra as melhores opções para planejar a sua viagem. Confie em quem já tem prática no assunto!

 

Reserve seu hotel com o melhor preço e alto conforto

 


Veja as melhores opções para seguros de viagem

 


Transfira dinheiro para o Brasil e exterior com menos taxas

 


Alugue veículos com praticidade e comodidade

 




Quer 70 páginas de dicas (DE GRAÇA!)
para planejar sua primeira viagem?




Luiza Antunes

Sou jornalista, tenho 30 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

  • 360 nas redes
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

306 comentários sobre o texto “10 roteiros de viagem pela Europa: de 10 a 30 dias prontos para usar

  1. Já usei muitas dicas deste Blog. São sempre excelentes. Desta vez tenho um período de 60 dias para fazer uma viagem e gostaria de conhecer estes paises, permanecendo nestas cidades específicas: Ida Brasil x Lisboa. Porto, Berlin, Dresden, Praga, Grecia, Barcelona, Córdoba, Granada, Sevilha, Madri x Brasil. Fiz esta sequência mas não sei se é viável ou se preciso inverter algumas ordens. Ainda tenho dúvida também quanto ao meio de transporte para deslocamento. Terei o mínimo de bagagem possível de forma que possa me deslocar de carro, trem, avião ou ônibus. Pretendo ficar inicialmente 15 dias em Lisboa e 15 dias no Porto. Aguardo.

  2. Aadorei! Estamos montando nosso roteiro Europa 30 dias – Amaterdã, Bruxelas, Paris, Colônia, Dresden e Berlim, e as tuas dicas são valiosas. Não encontrei Amsterdã. Qual o link? Alguma dica de bate e volta destas cidades. Pensamos em Praga. Vale a pena?

    1. Oi Cristina!

      Segue a página com dicas de Amsterdam: https://www.360meridianos.com/dicas-de-viagem?atlas=holanda&categoria=o-que-fazer

      Acho que Praga merece muito mais do que um bate-volta! Você pode ver cidadezinhas pequenas perto das cidades que vai. Por exemplo, Bruges e Ghent perto de Bruxelas. Ou Rouen perto de Paris.

      Seguem os textos desses lugares: https://www.360meridianos.com/dica/o-que-fazer-em-rouen-franca
      https://www.360meridianos.com/dica/bruges-belgica
      https://www.360meridianos.com/dica/10-coisas-para-fazer-em-gent-na-belgica

Carregar mais comentários
2018. 360meridianos. Todos os direitos reservados. UX/UI design por Amí Comunicação & Design e desenvolvimento por Douglas Mofet.