10 castelos de Portugal para você se sentir numa viagem no tempo

10 castelos de Portugal para você se sentir numa viagem no tempo

Portugal tem mais de 350 castelos e cerca de 100 deles são considerados monumentos nacionais. Ao contrário do que dizem os contos de fadas, os castelos eram estruturas medievais de segurança, verdadeiras fortalezas que poderiam ou não abrigar cidades nos seus interiores, ou servir apenas como estrutura de defesa para uma região.

As muralhas de um castelo podem guardar muitos séculos de história, visto que esses edifícios construídos em pontos estratégicos, como alto de colinas, beira de rio ou mar, muitas vezes foram erguidos no período romano ou na época moura e só mais tarde adaptados para uso da nobreza europeia.

Se você tiver outras sugestões de castelos portugueses que merecem uma visitinha, deixe nos comentários, por favor!

Castelo de Marvão, Alentejo

Não vou negar, meus castelos favoritos em Portugal ficam no Alentejo. E o castelo de Marvão é sem dúvida o mais incrível deles. Localizado no pico mais alto da Serra de São Mamede e próximo ao rio Sever, um afluente do Tejo, dá para ver a construção impressionante de vários pontos.

castelos de portugal marvão

Esse território estratégico já era ocupado desde a pré-história, foi alvo de disputa entre os Lusitanos e os Romanos por volta do século 1 e foi dominado pelos mouros no século 9, de onde vem a sua formação original. Foi modificado e integrado ao novo reino de Portugal mais tarde, no século 12, sem perder sua importância. O milenar castelo de Marvão seguiu como uma importante estrutura de defesa, sofrendo mudanças constantes até o século 19.

Hoje, é possível visitar a pé toda a vila que forma a cidade murada de Marvão e dentro do castelo. Do alto das torres a vista é impressionante. Também há ali uma cisterna enorme, que acumulava água para seis meses, para que a vila pudesse resistir a um cerco prolongado.

Castelo de Monsaraz, Alentejo

castelos de portugal monstras

O castelo de Monsaraz faz parte do conselho de Reguengos de Monsaraz e fica no alto de uma colina, que hoje permite uma vista privilegiada da Barragem de Alqueva. Tal como o castelo de Marvão, esse é um local ocupado desde a pré-história e que por volta do século 8 foi dominado pelos povos islâmicos, passando a fazer parte do reino de Badajoz – um dos maiores focos da cultura árabe na península ibérica.

Foi conquistado dos muçulmanos em 1167, mas caiu novamente no domínio dos árabes, até que em 1232 foi reconquistado por D. Sancho II, com o apoio dos templários, para quem foi doado posteriormente.

As muralhas e o castelo, feitos de xisto, são bem altos e circundam toda a vila. Também é um charme ver todas as construções internas pintadas de branco e com flores decorando as janelas. Essa é uma região famosa por artesanato e produção de vinho.

Castelo de São Jorge, Lisboa

castelos de portugal sao jorge

Foto: Shutterstock

Construído no século 11 pelos mouros, o castelo de São Jorge só ganhou esse nome no século 14, após a reconquista definitiva e quando tornou-se residência dos monarcas portugueses. Todo o bairro de Alfama era parte da vila que ficava dentro da cerca moura. Você pode ler um post completo com a história do castelo de São Jorge aqui.

Hoje, além das várias torres e muralhas que formam a estrutura e da vista linda de Lisboa que se tem lá do alto, há também um pequeno museu, jardins, algumas exposições e até uma lente especial que permite uma vista 360º de Lisboa.

Castelo de Linhares da Beira, Serra da Estrela

Aldeias históricas Portugal Linhares

Linhares da Beira é uma das doze aldeias históricas de Portugal e fica localizada bem no meio da Serra da Estrela. O primeiro povoamento ali foi registrado no século 8 a.C. Romanos, Visigodos, Árabes e Portugueses passaram por lá.

O castelo que está hoje na vila foi construído por D. Dinis, no século 13. O interessante é que toda a pequena vila é feita de pedra, o que aumenta ainda mais o charme do local. Leia o post sobre Linhares da Beira.

Castelo de Almourol, Centro

Castelo Portugal Almourol

Situado numa ilhota no meio do Rio Tejo, o castelo de Almourol também era de propriedade dos templários na linha de defesa de Portugal. Claro, a construção também já havia sido dominada durante séculos por romanos, visigodos e muçulmanos

Há uma inscrição sob o portão principal que indica a conclusão das obras em 1171. Para chegar até o castelo é preciso pegar um barquinho.

Castelo de Óbidos, Centro

bate-volta-arredores-de-lisboa-obidos

O castelo de Óbidos é provavelmente um dos mais conhecidos e visitados desta lista. Eu até gostei muito da visita, mas acho que é o menos interessante dos dez castelos de Portugal aqui listados. Por quê? Apesar de Óbidos ter uma programação bem legal de feiras literárias, medieval, do chocolate, entre outras, o castelo de Óbidos hoje é uma pousada de luxo. Assim, é possível caminhar ao longo das muralhas que circundam a vila e pelas ruelas e suas casas coloridas, mas não dá para visitar o castelo em si. A história do castelo é basicamente a mesma de todos os outros: foi ocupado por diferentes povos ao longo dos séculos até a reconquista cristã.

Castelo de Tomar, Centro

castelos de portugal tomar

Crédito: Shutterstock

Dentre as opções de Castelos de Portugal aqui listados, o Castelo de Tomar, também conhecido como Convento de Cristo, é o que mais tem coisas para ver. Por ter servido como um convento para os templários, tinha uma função além de fortaleza. Espere ver muitas esculturas, gárgulas e outros detalhes artísticos, belos claustros, capelas e salas.

Foi fundado em 1160, como um dos espaços doados aos cavaleiros templários que ajudaram na reconquista de Portugal. A ordem aqui era chamada de Ordem dos Cavaleiros Nosso Senhor Jesus Cristo, desde a dissolução dos templários ordenada pelo papa Clemente. Leia aqui toda a história e detalhes da visita. 

Castelo de Belmonte, Serra da Estrela

castelos de portugal belmonte

Belmonte é a vila onde nasceu Pedro Alvares Cabral. Localizada no pé da Serra da Estrela, também faz parte do grupo das aldeias históricas portuguesas. Desde 1398 o Castelo de Belmonte passou a ser administrado pela poderosa família Cabral. Foi no século 15 que Fernão Cabral, pai de Pedro, ganhou o título de alcaide-mor e transformou a antiga fortificação em residência.

A cidade também é importante porque ali formou-se uma comunidade de judeus que fugiam da inquisição, mas precisaram esconder sua fé por mais de 500 anos. Você pode ler um post com a história de Belmonte aqui. 

Castelo de Guimarães, Minho

castelos de portugal guimarães

O castelo de Guimarães tem uma importância histórica enorme para Portugal. Foi fundado no século 10, como estrutura para proteger o mosteiro de Santa Maria de ataques dos normandos, vindos do norte da Europa, e dos muçulmanos, vindos do sul. Um burgo foi crescendo no entorno do castelo e foi ali que, no final do século 11, nasceu Afonso Henriques, futuro primeiro rei de Portugal responsável pela conquista dos territórios ocupados pelos mouros.

Dentro do castelo de Guimarães hoje há uma pequena exposição que conta essa história, além de ser possível visitar as torres e muralhas. Leia aqui o que fazer em Guimarães.

Castelo dos Mouros, Sintra

castelo-dos-mouros-sintra-portugal

O Castelo dos Mouros, em Sintra, é um forte erguido no alto da serra de Sintra, pertinho do Palácio da Pena (construído muitos anos depois). Ocupa uma área de 12 mil metros quadrados, com muralhas restauradas, diversas torres, uma antiga capela e cisterna. A fortificação primitiva vem da época da ocupação moura, até que D. Afonso Henriques tomou o castelo e seus sucessores fizeram as reformas.

No século 19, quando estava bastante degradado, foi reformado com inspirações no romantismo, transformando de vez o castelo em atração turística. Leia também sobre o passeio de um dia por Sintra.

Sou jornalista, tenho 29 anos e moro no Porto, Portugal, quando não estou viajando. Eu já larguei meu emprego três vezes para viajar e finalmente encontrei uma profissão que me permite "morar no aeroporto". Já tive casa em quatro países diferentes, dei a volta ao mundo e cumpri minha meta de visitar 30 países antes dos 30. Mas o mundo é muito maior e, se puder, quero conhecer cada canto dele e inspirar vocês a fazer o mesmo. Siga @afluiza no Instagram

5 comentários em 10 castelos de Portugal para você se sentir numa viagem no tempo

Deixe um comentário

RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem
ABBV - Associação Brasileira de Blogs de Viagem

Parceiros: